P A T R O C I N A D O R E S

“Só existe uma forma de evitar as críticas; 
não fazer nada, não dizer nada e não ser nada.” 
Aristóteles

Aveiro, 31 de dezembro de 2014 

Caros sócios do Clube dos Galitos 

Mantemos desde o mandato inicial e enquanto presidente do Clube dos Galitos a iniciativa de através das mensagens de ano novo, dar a conhecer o clube a Aveiro e, de alguma forma, integrar a nossa ação na sociedade. Cumprimos esse desiderato mais uma vez. 

1. O 110º aniversário do Clube dos Galitos. 
Comemorámos em 25 de Janeiro a data em que um grupo de ilustres conterrâneos deu a Aveiro um novo e grande Clube. Celebrámos o nosso aniversário com alegria mas com a sobriedade que os tempos difíceis que atravessamos aconselharam. 
Os 110 anos de vida do Clube dos Galitos marcaram decisivamente o movimento associativo aveirense. Como na primeira metade do século XX, em que fomos essenciais na vida desportiva, cultural e recreativa aveirense, temos sem vaidade, a consciência que marcámos indelevelmente a primeira década do novo século, retomando a atividade desportiva e cultural com a imaginação criadora que a fobia da crise nos impôs. Impusemos a nós próprios sermos guardiões do grandioso legado que temos acumulado. 
Mantemos com orgulho a regra fundamental que nos tem guiado até hoje. No Clube dos Galitos procuramos transformar os nossos sonhos mais criativos em projetos sustentáveis que colocamos ao serviço da comunidade aveirense e da formação dos nossos jovens. Muitas e diversas iniciativas marcaram o aniversário mas seria desajustado nesta mensagem relatar todas elas. A mais importante foi a inauguração de três novas embarcações de remo de competição. 

2. Um ano difícil. 
Em 2014 superámos os obstáculos que nos surgiram e também todos os que nos criaram. 
A crise que nos impuseram tem tirado recursos vitais às associações. No Clube dos Galitos esses recursos são essenciais para manter as instalações e fazer investimentos em ativos indispensáveis. Nunca usámos o dinheiro público para pagar as contas correntes pois essas são os sócios e os patrocinadores que as suportam. Não aceitamos que o Estado nos trate como um dano desprezível, que nos continue a criar normas quase insuperáveis e que nos eleja como financiador dos impostos que inventa e cobra. A administração deveria apoiar as associações que pugnam pela formação dos jovens, mas ao invés de regular a atividade e ser parceira no desenvolvimento, aparenta existir apenas para criar a teia de burocracia que a faz existir. Infelizmente os exemplos de incapacidade da administração continuam a ser diários. Desde respostas a simples pedidos oficiais ou informais que nunca chegam às lamentáveis e incompreensíveis demissões no processo preparação de atletas que representam Portugal nas mais altas competições planetárias, de tudo temos experimentado. 
Como sempre afirmámos nós mostramos que sabemos fazer bem mas não conseguimos fazer corridas que não conhecem meta ou que a burocracia altera a cada instante. 
É imperativo denunciar quem teima em premiar os medíocres, incentivar projetos insustentáveis e que beneficiam sempre os mesmos. Por isso e com a convicção que nos fez o berço, nunca devemos permitir que qualquer mordaça nos subjugue a liberdade de pensarmos e agirmos por nós próprios e de por receio tolerarmos estes comportamentos 

3. Um ano de partilha 
O ano de 2014 viu crescer o espírito de união entre atletas, dirigentes, sócios e familiares de atletas. Este ano foram-se fortalecendo laços entre os pais dos nossos atletas, sócios e dirigentes, dinamizando estruturas de apoio às diversas secções do clube e que estão a ser determinantes na solução de alguns problemas. 
É uma ideia errada que o clube viva de serviços. Sem o apoio dos sócios em tarefas essenciais não seria possível proporcionar formação aos quase 2000 jovens que participam nas nossas atividades
O clube são as pessoas e as pessoas são o melhor que temos no Clube dos Galitos. TODOS, sem exceção, somos chamados a diariamente construir a nossa história coletiva. Bem hajam pelo vosso contributo. 

4. Foi um ano com grandes e intensas alegrias mas também de perdas irreparáveis. 
Desportivamente foi um ano com muitas vitórias, culturalmente renovador mas em que perdemos uma das nossas grandes referências enquanto atleta olímpico, treinador, dirigente e sócio; o Sr. João de Sousa. Temos nos últimos anos, fustigados pela inevitável lei da vida, perdido alguns sócios que engradeceram o nosso devir. O Clube tem tentado lembrar com dignidade todos estes sócios. Resta-nos a alegria de saber, como cantou Camões, que ganharam um lugar na imortalidade galinácea e aveirense porque “por obras valorosas da lei da morte se libertaram” 
Foi o ano em que abandonámos o posto náutico velho no canal central. Referência para muitos atletas e aveirenses, este equipamento (que arrendávamos quase graciosamente) no centro da cidade foi vítima da natural pressão imobiliária e da cada vez maior dificuldade em fazer formação de remo por causa dos passeios de moliceiros. Fica a generosidade das famílias Boía e Soares Machado que apoiarão em cerca de um terço a construção de um novo tanque de remo na lota. 
O ano que passou também serviu para fazer uma pausa no projeto do rugby apesar de todo o empenho do dirigente João Quintela e preparar alterações substanciais no projeto do ciclismo. 

5. Não desistimos 
O posto náutico da lota continua à espera de acessos condignos que ajudem a chegada mais confortável, principalmente no inverno, de novos atletas e seus pais. Desejamos as tão prometidas ajudas de diversas entidades neste assunto. Confiamos que a história do remo na cidade possa ter mais algum peso para resolver este problema, e mais do que ele, que possa qualificar aquela zona proporcionando ao clube e à cidade um centro náutico de excelência, à semelhança do que todas as cidades congéneres já investiram. 
Também não desistimos de nos candidatarmos a uma piscina na cidade que potencie o enorme e valoroso trabalho que o clube tem feito na natação. Sabemos que a conjuntura não ajuda mas também sabemos que a cidade e a autarquia não aceitam a destruição de infraestruturas aquáticas desportivas sem a sua substituição logo que possível. 

6. Formação e competição 
O Galitos consolida-se como o clube referência da Formação e Olímpico de Aveiro. Devolvemos a chama olímpica à cidade e mostrámos que quase nada é impossível. O ano de 2015 é crucial na qualificação para os Jogos do Rio de Janeiro e temos fundada esperança em ter dois atletas do Galitos nesse grandioso evento global: Diogo Carvalho na natação e Pedro Palma no triatlo
Os títulos nacionais na natação, triatlo, remo e xadrez projetam-nos nacionalmente mas sobretudo mostram uma realidade bonita. Não há sucesso nacional ou regional sem escolas fortes, sem treinadores competentes e dirigentes empenhados. O resto e o principal, é fruto dos trabalhos dos atletas. No Clube dos Galitos fazemo-lo diariamente e bem. 
Não é possível resumir a atividade desportiva do Galitos em poucas linhas mas pecando por omissão fazemos uma síntese. 
O basquetebol voltou a ser a maior escola nacional de minibasquete e o maior clube nacional em atletas federados com muitas presenças em fases finais distritais e atletas em seleções distritais e nacionais. A organização cuidada e a gestão criteriosa da secção é uma mais-valia para todo o clube. 
A natação tem uma equipa renovada, liderada pela experiência dos mais velhos, e que já começou a dar títulos nas camadas mais jovens. O Diogo Carvalho continua a dar-nos muitas alegrias a nível internacional e nacional e mantemos uma estrutura de técnicos muito competentes e empenhada. 
O xadrez lidera o panorama distrital, conquistou títulos nacionais e remodelou a sua estrutura dirigente e desportiva durante este ano. Estão a reganhar atletas que se revêm neste projeto triunfador enquadrados tecnicamente por um reputado mestre internacional luso. 
O remo recuperou e consolidou as escolas de remo voltando a ter atletas nas convocatórias para estágio e seleção nacional. Vamos reconquistando a importância que já tivemos no remo nacional e que queremos voltar a ter. Os títulos nacionais obtidos ajudam a motivar atletas e treinadores que trabalham afincadamente tanto na preparação de atletas como na recuperação e manutenção das embarcações e outros equipamentos desportivos. 
O triatlo teve um ano fortíssimo com campeões nacionais, muitos pódios nacionais, um primeiro lugar numa Taça da Europa com Pedro Palma e mais de uma dezena de participações internacionais. A formação continua a dar passos seguros e os veteranos para além da competição ajudam na organização da secção. Cabe uma menção de gratidão, no ano em que faz uma pausa no dirigismo, ao nosso sócio Nuno Troia. 
O ciclismo teve um ano de maior acalmia mas com resultados nacionais relevantes em termos de equipa. O remo, xadrez, triatlo, ciclismo e basquetebol mudaram a estrutura dirigente este ano. 

7. Cultura 
A filatelia continua a atividade mais internacional do clube. A secção prossegue laboriosamente a edição da prestigiada revista Selos & Moedas e mantém colaborações em diversas exposições nacionais. No ano de 2014, promoveu o encontro de associado com a participação do Dr. António Diogo, investigador numismático, que fez uma apresentação muito interessante do Condestável de Portugal (D. Pedro de Portugal, 1429-1466) que foi rei do reino de Aragão. 
Ainda no âmbito cultural a fotografia manteve a atividade promovendo cursos de formação. 
O ano que finda é o ano da música no Galitos. Fundada a secção em finais de 2013, foi contudo em 2014 que esta atividade gerida por jovens sócios teve o seu ano de prova. Passaram com distinção pelo que a consolidação desta nova secção conquistou espaço e se tornou irreversível no clube. Tem aumentado o número de sócios interessados, alterou-se o local as aulas e foram estabelecidas parcerias com outras secções do Galitos. 

8. Projetos diferentes, inovadores e com sucesso. 
Temos sido pioneiros em projetos diferentes e inovadores que nos trazem valor. 
Certificámos as escolas de xadrez e basquetebol e iniciámos a certificação das escolas de natação e também o clube. A certificação permitirá mostrar a qualidade que sempre procuramos, trará confiança aos nossos sócios ao mesmo tempo que nos proporciona manter agentes desportivos devidamente qualificados e uma estrutura de ensino coerente e organizada. 
Fomos pioneiros na renovação da iluminação do Pavilhão da Forca com o projeto 1 led 1 amigo. Sabemos que esta ideia amiga do ambiente nos permite poupar nos custos da energia sem perda de qualidade na iluminação para jogos e treinos. O apoio e o interesse mostrado por empresas da região neste projeto foram fundamentais para o seu sucesso. 
O remo de lazer tem sido um projeto capital pois acreditamos que pode ter importância para o turismo desportivo na ria e na sustentação da secção náutica. Tivemos a colaboração do presidente da câmara, Eng. Ribau Esteves, na sua divulgação, participando num passeio de remo no verão, e já conseguimos ter um grupo de remadores de lazer a usufruir desta modalidade nos canais da nossa cidade. 
O Bar da Sede está a ser completamente remodelado e vai surgir ainda no final de 2014 com um novo e atraente visual. Vai ser uma inovadora forma de dar aos sócios um espaço de convívio agradável e confortável no centro da cidade. Fruto de mais uma parceria temos a certeza de poder dar uma nova vida ao espaço vital que é a nossa sede. Renovámos e estamos a explorar com a ajuda de sócios o bar da piscina. Está a ser um êxito e um complemento à atividade na piscina. 

9. Parcerias 
O clube tem sido cada vez mais requisitado para atividades de âmbito cultural e recreativo na sua sede. Temos com critério possibilitado o desenvolvimentos dessas atividades. Os sócios podem cada vez mais desfrutar das regalias propiciadas pelas parceiras estratégicas que temos vindo a estabelecer e a saber; parcerias desportivas: Academia Karate Shotokan de Aveiro, Escola de Ténis, Aauav, Associação de Basquetebol; parcerias de lazer e estudo: O Meu Spot, Triplo Saber, Restaurante Atrium; parcerias na área da saúde e bem-estar: Fisiomanual, Companhia do Fitness, Associação Quebra Tradição, Pilates. 
Algumas destas parcerias nasceram no Galitos e como tal ajudámos a criar empresas que hoje são sustentáveis e rentáveis tendo permitido dar trabalho a muitos aveirenses. Esta é uma das valências do nosso trabalho que mais nos orgulhamos e que podemos equiparar a uma pequena incubadora de empresas. 
Contamos já com 5 empresas que se fizeram apoiadas pela nossa estrutura e impulso inicial. 

10. Apoios 
A Junta da União de Freguesias da Gloria e Vera Cruz tem sido decisiva na concretização de alguns dos nossos projetos. Os nossos patrocinadores e doadores de cada modalidade têm compreendido a importância dos nossos projetos e têm apoiado com a certeza de que não desperdiçamos os recursos que põem à nossa disposição. A todos estamos muito gratos pela coragem de nos apoiarem em tempos difíceis. 
Caros sócios, 
Para termos sucesso no novo ano é determinante termos presente a grandeza humilde do nosso passado e saber manter o rumo traçado. Por isso repetimos as palavras da mensagem anterior porque ainda são ajustadas ao tempo de hoje e fazem parte do azimute que perseguimos. 
Devemos prosseguir com a mesma determinação na formação dos jovens, renovado rigor na gestão financeira, idêntico empenho dos treinadores, o mesmo espírito de sacrifício dos nossos atletas, o enorme amor ao clube dos seccionistas e colaboradores. Se assim fizermos o novo ano de 2015 só poderá ser aliciante para o Clube dos Galitos
Mas todo este fulgor clubístico não seria sequer possível sem o trabalho fantástico e absolutamente gracioso dos nossos melhores aveirenses que dedicam os seus tempos de menor ocupação ao clube e aos jovens. Sem os seccionistas e dirigentes das secções o clube simplesmente não existia. Cabe nesta hora uma palavra de apreço e gratidão para o trabalho diligente de todos os nossos colaboradores, treinadores e diretores. 
A direção do Clube dos Galitos deseja a todos os sócios, dirigentes, atletas, treinadores e colaboradores um ano de excelente 2015 com muita paz, saúde e sucessos pessoais. 
Bom Ano Novo de 2015 e Pelo Galitos Canta Canta ! 
António Granjeia 
Presidente da direção

6ª Jornada: Atómicos 40 – Galitos/MARQULHAVO 37

Fomos primeiros apesar da derrota…

No Domingo, dia 14 de Dezembro, deslocámo-nos a Oliveira do Bairro para defrontar a equipa local, os Atómicos. 
Desde o início apresentamo-nos desconcentrados, não conseguindo mudar a postura durante o jogo. O resultado esteve sempre equilibrado e apesar de termos passado a maior parte do tempo na frente do marcador, a vantagem nunca foi suficiente para nos deixar tranquilos. 
Continuamos a usar o drible em excesso e a não tomar as melhores decisões na altura certa, o que nos leva a realizar muitos lançamentos precipitados. 
O trabalho tem de continuar, percebermos que temos muito para aprender e nunca deixar-mos de trabalhar mesmo quando estamos em 1º na classificação, porque aí somos o alvo a abater. 
Mesmo nas vitórias cometemos erros que temos de corrigir para não os voltarmos a cometer. 
Carlos Tavares 
Parciais: 07-07; 12-16; 06-08; 15-06 
Marcha: 07-07; 19-23; 25-31; 40-37 

Galitos: Pedro Silva, Martim Santos, Diogo Soares, Luís Barbosa, Gonçalo Correia, Joel Simões, Manuel Loureiro, Nuno Marques, Diogo Gonçalves, Ricardo Vieira, Francisco Santos e Rui Brito.


 
Feliz Aniversário

A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita o atleta Sub-12 Duarte Lourenço pelos seus 10 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

Torneio 
Rodrigo Penicheiro

Os Clubes aos quais Rodrigo Penicheiro esteve ligado, Galitos, Illiabum e Esgueira criaram este Torneio que já via na 5ª edição, em parceria com a ABA, entidade com a qual também colaborou, de forma a prestar-lhe uma homenagem.

O torneio realiza-se de forma rotativa em cada um dos 3 Clubes e o escalão também vai mudando de ano para ano.


Histórico dos locais, escalões e vencedores:

1ª edição - 2010/11 - Pav. Galitos - 6, 7 e 8 de março de 2011
  • Sub-16 Masculinos: Vencedor: Galitos

 2ª edição - 2011/12 - Pav. Illiabum -19 e 21 de fevereiro de 2012
  • Sub-18 Masculinos: Vencedor: Galitos

3ª edição - 2012-13 - Pav. Esgueira -27 e 28 de junho
  • Sub-18 Masculinos: Vencedor: Illiabum

4ª edição - 2013-14 - Pav. Galitos - 28 e 29 de dezembro
  • Sub-16 Masculinos: Vencedor: Illiabum

5ª edição - 2014-15 - Pav. Illiabum - 27 e 28 de dezembro
  • Sub-16 Femininos: Vencedor: Illiabum


 
Feliz Aniversário

A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita a atleta Sub-10 Maria Neto pelos seus 9 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.



V Torneio 
Rodrigo Penicheiro


Realizou-se hoje a Final da 5ª edição do Torneio Rodrigo Penicheiro, com o Illiabum a vencer esta edição ao derrotar o Esgueira por uns claros 106-41, num jogo que não teve grande história.

No 1º jogo do dia e que servia para definir o 3º e 4º classificado o Galitos/INTERNATIONAL derrotou a Seleção de Sub-14 Femininos da ABA por 69-47.

Classificação do V Torneio Rodrigo Penicheiro
  • 1º - Illiabum
  • 2º - Esguueira
  • 3º - Galitos
  • 4º - Seleção de Sub-14 da ABA
1ª Jornada
  • 15h: Illiabum, 69 x Galitos/INYERNATIONAL, 53
  • 17h: Esgueira, 66 x Seleção de Sub-14 Femininos, 61
Finais
  • 09h15 - Galitos, 69 x Seleção de Sub-14, 47
  • 11h15 - Illiabum, 106 x Esgueira, 41

Resumo da 1ª Fase do Torneio Distrital


Alguns pontos positivos, mas ainda muito para melhorar. 
Finda a 1ª fase do Torneio Distrital, segue-se um pequeno resumo do que se passou nestes 4 meses de temporada. 
Apesar de termos começado a época em setembro, apenas em outubro começámos a competir. Desde então realizámos 6 jogos deste Torneio. 
Sentimos algumas dificuldades de adaptação à nova realidade deste escalão, uma vez que, para muitas, era a primeira vez que competiam num campo e tabelas “grandes”. Com o passar dos treinos e jogos, essa dificuldade foi sendo ultrapassada. 
Encontrámos alguns adversários claramente mais fortes física e tecnicamente, o que nem sempre nos possibilitou pôr em campo o que aprendemos durante a semana. 
No entanto, tendo em conta que aqui o resultado no marcador é o que menos importa, destacamos as pequenas melhorias técnicas e táticas que fomos notando ao longo dos jogos e treinos. 
Inicia-se em breve a 2ª fase do Torneio. Esperamos continuar a evoluir e a crescer como atletas e pessoas. 
Pelo Galitos canta, canta... 
Catarina Martins 

6ª Jornada: GICA 35 vs Galitos/SENDA 42 

Má entrada… 

Entrámos no jogo tão apáticos que quando acordámos já perdíamos por 9-0. 
No 2º período quando parecia que tínhamos encarreirado voltámos ao registo inicial. 
Na 2ª parte continuámos em péssimo registo permitindo ao nosso adversário entrar no último período a vencer por 6. 
Por fim no 4º período, os nossos rapazes conseguiram impor o seu plano de jogo, aumentaram a intensidade defensiva e foram mais assertivos em termos de ataque, embora aqui e a ali indisciplinados tendo em atenção as orientações recebidas do banco. Mesmo assim vitória no jogo 
Agradecimento muito especial aos pais que organizaram sozinhos a partida para o jogo e como sempre incansáveis no apoio 
João Mário 
Parciais: 09-02; 10-10; 13-14; 03-16
Marcha: 09-02; 19-12; 32-26; 35-42

Galitos: Afonso Ferreira; Luís Gonçalves; Tiago Sá; Ygor Pereira; João Crespo; Alexandre Wilson; Pedro Nuno; João Gil Matos; Gonçalo Urbano e João Luzia.



“50 anos de minibásquete em Portugal." 

Na cerimónia para assinalar os 50 anos da introdução do minibásquete em Portugal a FPB reconheceu todos os clubes que desde o inicio do projeto (2005) obtiveram sempre o certificado de Escola Portuguesa de Minibásquete, através da entrega simbólica de um diploma. 

O MiniGalitos foi um dos 23 clubes do país que foram sempre certificados, pelo que vai receber o diploma comemorativo dos “50 anos de minibásquete em Portugal". 



V Torneio 
Rodrigo Penicheiro


Realizou-se hoje a 1ª jornada da 5ª edição do Torneio Rodrigo Penicheiro, uma iniciativa da responsabilidade do Illiabum, Galitos, Esgueira e ABA, este ano disputada em Ílhavo no escalão de Sub-16 Femininos.

Neste 1º jogo do dia o Illiabum venceu o Galitos/INTERNATIONAL por 69-53 e no 2º jogo o Esgueira derrotou a Seleção de Sub-14 Femininos por 61-66.

No 1º jogo o Galitos entrou mal dando uma vantagem confortável ao Illiabum, na 2ª parte reagiu aproximando-se no marcador mas sem conseguir dar a volta ao jogo. O 2º jogo foi equilibrado do inicio ao fim.

Amanhã disputa-se o jogo de atribuíção do 3º e 4º classificado às 9h15 entre o Galitos e a Seleção e às 11h15 a final do Torneio entre o Illiabum e o Esgueira
1ª Jornada
  • 15h: Illiabum, 69 x Galitos/INYERNATIONAL, 53
  • 17h: Esgueira, 66 x Seleção de Sub-14 Femininos, 61
Finais
  • 09h15 - Galitos x Seleção de Sub-14
  • 11h15 - Illiabum x Esgueira

7ª Jornada: Galitos/SENDA 37 vs ACR Vale Cambra 53 

Resultado enganador… 

No jogo da 1ª volta tínhamos encontrado dificuldades para suster o poderio físico dos nossos adversários. Ora nesta jornada estávamos mais preparados para esse fator e foi notória a participação muito ativa em todas as disputas de bola, inclusive na luta das tabelas. 
O que faltou então? Para começar o resultado é um pouco enganador e não espelha o que se passou em campo, à entrada do 4º período perdíamos por apenas 5 pontos e tínhamos algumas aspirações a vencer a partida. 
A ansiedade foi a nossa maior inimiga, criámos inúmeras situações de lançamentos fáceis não concretizados e não se incluem aqui os 20 lances livres falhados. 
Agradecimento aos pais, familiares que nos acompanharam e apoiaram os nossos rapazes. 
João Mário 
Parciais: 10-19; 08-08; 13-09; 06-17 
Marcha: 10-19; 18-27; 31-36; 37-53 

Galitos: Jaime Oliveira; José Balseiro; Luís Gonçalves; Tiago Sá; Ygor Pereira; João Crespo; Alexandre Wilson; Tiago Nunes; Pedro Nuno; João Gil Matos; Gonçalo Urbano e João Pedro Luzia.

Trabalhos das Seleções
  
Jogos de Preparação

O Galitos vai colaborar com os trabalhos das Seleções Distritais ao realizar jogos de preparação.

Hoje as Sub-19 Femininos do Galitos defrontam às 16h45 a Seleção Distrital de Sub-16 Femininos e amanhã os Sub-16 Masculinos do Galitos jogam às 15h com a Seleção de Sub-14 Masculinos. Os jogos realizam-se ambos no Pavilhão do Galitos.

Para além destes jogos de preparação, a Seleção de Sub-14 Femininos participa neste fim de semana no V Torneio Rodrigo Penicheiro que se realiza este ano em Ílhavo, juntamente com as equipas de Sub-16 Femininos do Galitos, Illiabum e Esgueira.

8ª Jornada: Galitos/PIZZARTE 38 – Ovarense 50 

Entrada desastrada 
Uma entrada menos conseguida a nível defensivo dilatou o resultado para uma diferença na casa das dezenas, o que nos obrigou a jogar sempre atrás no marcador, não tendo neste dia a inspiração ofensiva necessária para dar volta ao jogo. 
Na 2ª parte estivemos melhor defensivamente sofrendo apenas 20 pontos. 
Jogo em que as defesas foram superiores aos ataques nos últimos 3 períodos. 
Vamos continuar com o nosso trabalho diário e sem fugir dos nossos objetivos iniciais. 
 José Guerreiro 
Parciais: 10-21; 09-09; 06-04; 13-16 
Marcha: 10-21; 19-30; 25-34; 38-50 

Galitos: Catarina Martins; Inês Vale; Maria Cristo; Rafaela Teixeira; Mónica Ré; Andreia Migueis; Raquel Soares; Rafaela Oliveira; Rita Andrade; Mariana Oliveira e Áurea Cardoso.

Encontro Interno de Natal 
do MiniGalitos 

Sub-13 Femininos
 



Sub-13 Masculinos


Encontro Interno de Natal 
do MiniGalitos

Sub-12




11ª Jornada: Galitos/PIZZARTE, 75 x Sangalhos, 29 

Mais uma vitória 

Apesar do desnível do resultado verificado no final, o jogo começou equilibrado conseguindo o Sangalhos estar na frente (8-9) até meio do 1º período. Neste momento, o Galitos mudou de atitude face ao jogo, conseguindo um parcial de 14-0 que marcou a superioridade da equipa da casa para os restantes 3 períodos. 
Na base desta mudança, estiveram a maior agressividade defensiva do Galitos e a qualidade no ataque, com destaque para o maior coletivismo e entreajuda verificados em ambas as fases do jogo. 
Apesar do reconhecimento do desnível entre o valor das equipas, destaca-se a melhor prestação da equipa em aspetos como a % de ressaltos defensivos e ofensivos ganhos, o nº de bolas recuperadas e o nº de assistências, aspetos estes diretamente relacionados com a agressividade e o coletivismo anteriormente referidos. De realçar, ainda, a elevada eficácia de 89% nos lance-livres (16 em 18). 
Finalmente, regista-se a participação das atletas sub-16 na equipa, 5 no total dos jogos até esta data, resultado do trabalho de interação entre as equipas ao longo da semana. 
Miguel Faria 
Parciais: 20-09; 17-04; 20-10; 18-06 
Marcha: 20-09; 37-13; 57-23; 75-29 

Galitos: Bruna Pires; Daniela Hernandez; Diana Araújo; Inês Araújo; Joana Cura; Maria Folque; Maria Loura; Mariana Oliveira; Matilde Açafrão; Rafaela Oliveira e Raquel Monteiro.





Projeto 2003 da ABA 

A ABA vai iniciar a observação de atletas, masculinos e femininos, nascidos em 2003 com vista à formação da Seleção Distrital de Sub-12 que irá participar  na 5ª Festa de Minibasquete que se vai realizar em Paços de Ferreira.

Os primeiros treinos de observação vão realizar-se no dia 27 de dezembro, sábado, em Paços de Brandão das 10h às 12h para o grupo norte e na Escola João Afonso em Aveiro das 15h às 17h para o grupo sul.

 O Galitos vai estar integrado no Grupo Sul e vai ter 4 atletas Galináceos presentes, Catarina Wilson e Lúzia Ferreira, Miguel Silva e Pedro Silva.

 Catarina Wilson                    Luzia Ferreira

Miguel Silva                        Pedro Silva


MINIBÁSQUETE 
50 ANOS 

Conhecidos clubes homenageados 

Nas comemorações dos 50 anos de minibásquete decidiu a FPB reconhecer todos os clubes que desde o início do projeto das Escolas Portuguesas de Minibásquete foram sempre certificados. 

Alentejo 
  • Atlético Sport Clube/B. V. Reguengos Monsaraz Terras del Rei 
Algarve 
  • Imortal Basket Club 
Aveiro 
  • Associação Desportiva Ovarense 
  • Clube dos Galitos 
  • Grupo Recreativo Independente Brandoense 
  • Grupo Desportivo da Gafanha 
  • Clube do Povo de Esgueira 
Coimbra 
  • Associação Académica de Coimbra 
  • Olivais Futebol Clube 
  • Sporting Clube Figueirense 
Guarda 
  • Guarda Basket 
Porto 
  • Guifões Sport Clube 
  • Sporting Clube Coimbrões 
  • Centro dos Antigos Alunos Salesianos 
  • Grupo Desportivo Basquete de Leça 
  • Clube Desportivo da Póvoa 
  • Dragon Force Futebol Clube 
Setúbal 
  • Futebol Clube Barreirense 
  • Grupo Desportivo Escola Secundária Santo André 
  • Seixal Futebol Clube 
Viana do Castelo 
  • Escola Desportiva de Viana 
Viseu 
  • Associação Solidariedade Social Cultural Recreativa Gumirães

Encontro Interno de Natal 
do MiniGalitos

Sub-10 Feminino




Sub-10 C




Sub-10 D
 

Treino de Natal do 

MiniGalitos Pais e Filhos

Sub-10 Feminino


Sub-12

10ª Jornada: Ovarense, 47 x Galitos/PIZZARTE, 45 

Final emocionante… não fomos felizes… 

Apesar do equilíbrio verificado durante a 2ª parte e de um final emocionante, a 1ª metade teve 2 períodos distintos. 
O 1º período foi dominado pela Ovarense já que o Galitos entrou no jogo de uma forma apática e com pouca eficácia ofensiva. 
No 2º houve uma resposta convincente em todos os aspetos, permitindo um parcial muito interessante de 19-10. 
Na 2ª parte o Galitos reentrou mais forte conseguindo uma ligeira vantagem que foi mantida até perto do final. 
Nos minutos finais a eficácia ofensiva decaiu, permitindo à Ovarense passar para a frente já no último minuto. Na resposta, e após um desconto de tempo, as jogadoras do Galitos realizam um ataque muito bem conseguido que é concluído com um triplo que permite passar novamente para a liderança (44-45). 
Com 10 segundos para jogar, a Ovarense dispõe de uma posse de bola durante a qual uma bola quase perdida e disputada por várias jogadoras chega às mãos de uma atleta da Ovarense que isolada converte um triplo sobre a buzina, mudando agora definitivamente o vencedor do encontro. 
Miguel Faria 
Parciais: 15-06; 10-19; 07-11; 15-09 
Marcha: 15-06; 25-25; 32-36; 47-45 

Galitos: Alexandra Malheiro; Bruna Pires; Diana Araújo; Inês Araújo; Joana Cura; Maria Folque; Mariana Oliveira; Rafaela Oliveira e Raquel Monteiro. 


;;
Galitos Basquetebol - Original Posting Rounders 3 Column | Design: Douglas Bowman | Modification: Ricardo Brito/João Cura