P A T R O C I N A D O R E S

Treino de aperfeiçoamento técnico 


Na passada quarta-feira, dia 27 de fevereiro, estiveram presentes no treino de aperfeiçoamento técnico dirigido pelos  treinadores, Tatiana Iourtaeva e Luís Oliveira os seguintes atletas
  • Sub-14 Masc - Eduardo Robalo, Gabriel Cravo, João Costa, Marco Hadjic,  Pedro Neves, Vasco Marques e Vitaly Venislavskyy
  • Sub-16 Masc - Wandilson Afonso, André Neves


Feliz Aniversário


A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita a atleta Sub-14 Fem Bárbara Silva pelos seus 13 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

 
Sub-20 Masculinos vencem Vasco da Gama

O Galitos/WEBER derrotou o Vasco da Gama por 66-56 na 4ª jornada do Campeonato Nacional.
Depois da derrota na semana passada em Leça o Galitos regressou às vitórias sobre uma das equipas mais fortes da Zona Norte.
O jogo foi equilibrado durante os primeiros 30 minutos, ao intervalo liderávamos por 33-31 e no final do 3º período o jogo estava empatado.
Nos últimos 10 minutos os Galináceos foram mais fortes e a meio do último parcial já lideravam por 59-50 controlando a partir daí o resultado até ao final acabando por ganhar bem.

16ª Jornada: Galitos/AAUAv 55 – CAD 48 

Vitória importante. 
Este campeonato tem-se revelado extremamente equilibrado e competitivo e por essa razão não há margem para errar. A equipa do CAD vinha de uma vitória muito importante frente ao 2º classificado (D. Póvoa) e este jogo poderia colocar a equipa de Coimbra na 1ª posição da tabela de forma isolada. Para nós significava continuar no grupo de cima ou perder terreno para os 2 primeiros classificados. Estes eram motivos suficientes para que este jogo fosse de grande importância para as 2 equipas. 
O 1º período foi muito equilibrado e com baixa pontuação, o que demonstra algum nervosismo das 2 equipas. A equipa do CAD ganhou alguma vantagem com um parcial inicial de 0-5 e chegou depois a estar na frente por 4-11. Uma boa reação na parte final do período permitiu-nos terminar os primeiros 10 minutos com o resultado empatado. 
No 2º período as equipas desinibiram-se e soltaram-se mais. O marcador foi registando algumas alternâncias, mas nenhuma equipa conseguiu descolar, apesar da equipa visitante acabar o período na frente por 2 pontos. 
No regresso do balneário entrámos a defender com mais consistência e conseguimos controlar melhor as jogadoras que até aqui tinham sido mais preponderantes na movimentação ofensiva do CAD. A melhoria defensiva e o aumento do controle do jogo permitiram-nos chegar ao final do período já na frente do marcador. 
Dois triplos convertidos no arranque do 4º período deram-nos 7 pontos de vantagem, mas uma boa reação da equipa visitante reequilibrou o marcador. Com apenas 2 pontos de vantagem não nos deixámos perturbar e continuámos a acreditar nas nossas capacidades. Um parcial de 6-0 levou-nos para uma vantagem de 8 pontos que soubemos aproveitar para controlar o jogo até ao apito final. 
Esta vitória foi muito importante porque nos permite continuar no grupo da frente. Foi também uma prova da nossa qualidade e da capacidade que temos para ultrapassar momentos menos bons: se conseguimos jogar desta forma com todas as dificuldades que temos tido para treinar nos últimos tempos, como seria se tudo nos corresse normalmente?! 
É muito importante que a equipa se mantenha unida para conseguirmos continuar competitivos. 
Hugo Fernandes 
Parciais: 11-11; 15-17; 14-09; 15-11 
Marcha: 11-11; 26-28; 40-37; 55-48 

Galitos: Mariana Pinto, Catarina Martins (16), Rita Andrade (4), Inês Afonso (9), Sara Pinto, Maria Cristo (10), Raquel Gonçalves, Andreia Miguéis (10), Cláudia Conceição, Raquel Soares (6), Joana Reis e Bárbara Cordeiro.

Resumo da 2ª Fase do Campeonato Distrital


Por pouco… tínhamos um prémio inesperado… 
Entramos nesta fase do Regional como out-sideres, pois esta fase contava a Campeã e Vice Campeã Nacional, Ovarense e Vagos, e com mais 2 equipas que também eram candidatas ao título regional, Sanjoanense e Gafanha, e nós e o Sangalhos estávamos à partida claramente fora das contas para a fase final. 
O desfecho final acabou por ser esse mesmo, terminámos em 5º lugar a 1 vitória da fase final. 
Tivemos um percurso muito desgastante e com diversos altos e baixos com a falta de experiência, mesmo a jogar em nossa casa, a não nos permitir superiorizar a nenhuma das equipas candidatas. 
As vitorias sobre o Gafanha e Sangalhos foram muito curtas para tentarmos ir um pouco mais longe, mesmo com a vitoria administrativa sobre o Vagos que acabou por nos colocar na corrida, mas na hora da verdade não tivemos hipóteses de vencer jogos mais difíceis acabando no entanto por ficar apenas a 1 vitoria da fase final. 
Não foi desprestígio nenhum ficar em 5º lugar nesta fase, pois batemo-nos bravamente em todos os jogos, mas o poderio físico e a experiência das nossas adversárias foi mais forte. 
Parabéns a todas pelo desempenho que tiveram nesta fase tão dura e exigente. 
José Guerreiro

Feliz Aniversário


A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita a atleta Sub-13 Fem Raquel Costa pelos seus 11 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

8ª jornada: Galitos/INTERNATIONAL HOUSE 92 - Olivais 26 

Mais um jogo para atingirmos o nosso objetivo. 
Dia 24 de Fevereiro, manhã de domingo, recebemos o Olivais de Coimbra. Mais um jogo sem história e difícil de apreciar face à grande diferença existente entre as 2 equipas. 
Podemos dizer que é um jogo sem história, sem qualquer interesse a não ser a de cumprir calendário. Sim marcámos muitos pontos mas não são estes jogos que nos fazem evoluir, que são motivantes para as atletas, no entanto procurámos motivar todas com o objetivo de defender bem para sofrermos menos pontos que no confronto anterior e esse objetivo foi cumprido. 
Faltam 2 jogos para terminar esta fase da competição, um jogo contra o Bolacesto e outro contra a equipa do Académico do Porto. O empenho e a entrega para estes jogos de maior dificuldade deve ser total. 
Vamos treinar bem esta semana para estarmos confiantes e determinadas. 
A todos os pais que nos apoiaram, como sempre muito obrigada o vosso apoio é fundamental. 
Sofia Pinho e Melo
Parciais: 26-06; 18-12; 22-08; 24-00 
Marcha: 26-06; 44-18; 66-26; 90-26 

Galitos: Mariana Gouveia, Matilde Açafrão, Margarida Cura, Ana André, Sofia Ribeiro, Cristiana Rosa, Filipa Silva; Mónica Campos; Linda Nunes; Bárbara Lameiro; Carolina Tavares e Mafalda Solá.

2ª Jornada: CTM Vila Pouca Aguiar 76 - Galitos/QueroImprimir 68 

O jogo que não queria ter jogado com crónica que não queria ter escrito 
Desde que faço parte dos quadros técnicos do clube, Setembro de 2010 e desde a 1ª crónica que escrevi, que a linha seguida seria de forma a quem a lesse, pudesse brevemente viver o jogo efetuado pela equipa. Pela primeira vez isso não vai acontecer, da mesma forma que não teria gostado de realizar este jogo, não quero que quem o leia, o vivencie. 
Vai ser curta de dados, pois ou teria de me alongar por várias páginas ou limitava-me a enunciar a marcha do marcador. 
Neste Sábado, 23 de Fevereiro, efetuámos o 1º jogo fora na Taça Nacional com a visita a Vila Pouca de Aguiar para um jogo “fora de horas”, 21h que nos levou a chegar a Aveiro pelas 3h da madrugada, já que com o atraso dos árbitros e já com 50 minutos de aquecimento, o mesmo começou pelas 21h30. 
O adversário era o atual vencedor do campeonato distrital de Vila Real que conta com 3 equipas e uma equipa B. O objetivo de vencer este jogo ficou para 2º plano com tudo o que se passou na quadra. 
No 1º período estivemos sempre na frente até ao máximo de 15-09, terminando o período com vantagem de 2 pontos. Neste período 9 faltas nossas contra 0 (zero) contrárias. 
No 2º período, equilíbrio até aos 22-21, até que saiu da cartola o momento do jogo: falta dupla por agressão mutua assinalada, mas com árbitro principal a anular decisão e a atribuir expulsão à nossa atleta, que no mínimo vai estar ausente no próximo jogo, dando a possibilidade à adversária de converter lance livre e ter mais posse de bola. Desnorte que levou a um parcial de 00-14 contrário e 13 pontos de desvantagem, amenizados com 3 triplos nossos consecutivos e fomos para intervalo com 5 pontos atrás. 
No reinício, triplo de entrada e 09-03 e voltámos à liderança, adversário faz 00-05 e respondemos com 06-00. Ainda chegámos aos 5 pontos de vantagem (50-45). Mas…. 03-10, e fomos a perder por 2 para o ultimo período. 
No 4º período, sofremos de entrada 02-11 e apesar dos 11 pontos de diferença, com 07-00 voltámos aos 4 de diferença perto do fim (62-66). Até final…. 
Chave do jogo: 28 faltas contra 19 contrárias, 19/8 em lances livres contra 33/20 contrários, além de várias outras decisões desajustadas. 
Continuar a trabalhar e crescer com aquilo que a vida nos dá, é o que se pede à equipa. 
Segue-se a deslocação a Pombal no próximo sábado para defrontar o NDA Pombal às 15h. 
Obrigado aos pais pelo apoio e organização desta longa e cansativa viagem. 
Pelos Galitos… canta…canta…GALO 
Hélder Silva 
Parciais: 13-15; 22-15; 20-23; 21-15 
Marcha: 13-15; 35-30; 55-53; 76-68 

Galitos: Sofia Garrucho; Rafaela Oliveira (26); Joana Cura (21); Tânia Costa (6); Alexandra Rosa (8); Joana Brandão; Diana Araújo (2); Ana Costa (3); Maria Folque; Rafaela Reis; Maria Loura e Mariana Limas (2).

Feliz Aniversário


A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita o treinador dos Sub-18 Masc  Marcelo Azevedo pelos seus 37 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

Feliz Aniversário


A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita a atleta Sub-16 Fem Rafaela Oliveira pelos seus 16 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

Feliz Aniversário


A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita o atleta Sub-14 Masc B Vasco Silva pelos seus 12 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

2ª Jornada: Galitos/ESTRELA DO SUL 53 – Sangalhos 38 


Superiores 
Hoje começámos a nossa participação no Torneio Inter-Associações, recebendo uma equipa que conhecemos bem e que já vencemos 2 vezes. 
Começamos com superioridade clara fazendo um parcial de 08-00, mesmo cometendo inúmeros erros, quer na defesa, quer no ataque. Más leituras nas ajudas, nas trocas e no posicionamento defensivo e ofensivamente com más decisões no momento do lançamento e nas leituras de jogo o que revelava claramente a nossa falta de competição uma vez que o ultimo jogo oficial foi a 12 Janeiro. 
Fomos dominando o encontro e aumentando a diferença que ao intervalo era de 25-18. 
A entrada no 3º período foi muito forte, com um parcial de 13-00 e chegando à diferença de 20 pontos sentenciamos o jogo, fomos mais fortes e mais objetivas nestes momentos e até ao início do 4º período chegamos a dispor de 49-24. 
Após esse período parece que tivemos um clic, para o pior momento do jogo, passamos do 80 para o 8, acabando por deixar as nossas adversarias aproximarem-se e reduzirem a diferença pontual. 
Foi uma vitória justa mas temos de voltar a atingir outro tipo de ritmo competitivo e eficácia em termos ofensivos e a cometer menos erros. 
Parabéns pela vitória e boa atitude. 
Pelo Galitos canta, canta... Galo. 
José Guerreiro 
Parciais: 10-05; 15-13; 17-03; 11-17 
Marcha: 10-05; 25-18; 42-21; 53-38 

Galitos: Adriana Ramos (2); Teresa Magalhães (2); Barbara Cordeiro (14); Inês Ferreira (4); Bruna Pires (8); Margarida Carvalho (3); Adriana Figueiredo (6); Joana Tavares (2); Debora Viaud (4); Catarina Pereira;  Maria Manuel (3) e Mariana Oliveira (5).

1ª Jornada: Galitos/INDASA 58 – Infante Montemor 64 

Jogo intermitente… 
Naquele que era o 1º jogo deste Torneio Inter-Associações queríamos começar com uma vitória e com melhoria da nossa perfomance que nos motivasse para alcançar os objetivos definidos com a equipa. 
No entanto a nossa entrada no jogo foi má, poucos intensivos e agressivos limitávamo-nos a acompanhar os movimentos ofensivos do adversário e a não pressionar. O adversário pressionou a campo inteiro e a nossa equipa era displicente “oferecendo” várias posses de bola ao adversário. No final do 1º período perdíamos por 9-19. 
No 2º período melhorámos, essencialmente em termos de agressividade e de intensidade, fomos mais unidos a defender e criamos mais dificuldades ao ataque adversário. No nosso ataque sentíamos dificuldades perante a defesa zona 2x3 do Infante de Montemor. Ao intervalo perdíamos por 29-31. 
O início da 2ª parte foi-nos favorável, pouco a pouco fomos melhorando a nossa inteligência de abordagem à defesa muito fechada do adversário. Em termos defensivos conseguimos pressionar mais alto, com elevada rotação de jogadores, melhoráramos bastante. No final do 3º período já estávamos na frente por 52-43. O 4º período foi um descalabro total, em vez de aumentarmos a vantagem no marcador, achamos que o jogo já estava ganho e baixámos muito os níveis de concentração, de atitude defensiva, de luta e sacrifício. O que conquistamos durante o 2º e 3º períodos como equipa, anulando uma desvantagem de 10 pontos e criando um vantagem de 9 pontos, pusemos em causa com uma má prestação nos derradeiros e decisivos 10 minutos. 
A equipa do Infante do Montemor continuou na sua defesa zona muito fechada e a nossa equipa que no 2º e 3ºs períodos tinha atacado a zona de forma inteligente, fez o contrário no 4º período, muito lentos, utilizando em demasia o drible, poucos ofensivos, não conseguíamos ter sucesso no ataque. Na defesa sofremos tantos pontos nos últimos 10 minutos como nos 20 anteriores. 
No final do jogo o resultado foi de 58-64, que premiou a equipa mais lutadora, mais ambiciosa, que deu o máximo durante os 40 minutos de jogo. 
O que melhoramos durante esta semana de treinos ainda não é suficiente para recuperar o tempo perdido em termos de trabalho com qualidade. Só há uma forma para mudar o que temos: mais trabalho, mais empenho, mais espirito sacrifício e mais motivação. 
Se semana após semana melhorarmos a nossa qualidade nos treinos não temos a menor duvida que rapidamente voltaremos aos níveis exibicionais e de qualidade que tanto queremos. 
André Leitão 
Parciais: 09-19; 20-12; 23-12; 06-21 
Marcha: 09-19; 29-31; 52-43; 58-64 

Galitos: Rogério Ratola (4), Miguel Pina (2), João Lamas (8), Ruben Costa (5), Vasco Peralta (16), Nuno Lemos, Manuel Santos, Nuno Simões (12), André Carvalho, Rui Pereira, Francisco Pinheiro (2) e Alexandre Pereira (9).

Feliz Aniversário


A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita a atleta Sub-14 Fem Mafalda Solá pelos seus 14 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

 
Sub-19 Femininos vencem Sangalhos
Sub-14 Femininos vencem Olivais
Sub-14 Masculinos A derrotam BCO

As Sub-19 Femininos venceram o Sangalhos  por 53-38 no seu 1º jogo no Torneio Inter-Associações. O Galitos/ESTRELA DO SUL esteve sempre na liderança e a controlar o marcador apesar da equipa adversária ter tentado sempre equilibrar o encontro.

As Sub-14 Femininos venceram o Olivais de Coimbra por 90-26 em mais um jogo do Torneio Inter-Associações. O encontro não teve muita história com o Galitos/INTERNATIONAL HOUSE a superar o seu adversário sem grandes dificuldades.

Os Sub-14 Masculinos A derrotaram o BCO por 48-42 em mais uma jornada da 5ª Fase do Campeonato Nacional. O jogo foi equilibrado apesar do ligeiro ascendente das equipas ter sido repartido, a equipa de Ovar liderou na 1ª metade e o Galitos/SENDA na 2ª.

Os Sub-14 Masculinos B foram a Ílhavo perder com o Illiabum B por 63-51 num jogo equilibrado apesar do ligeiro ascendente da equipa da casa que conseguiu uma vantagem que o Galitos/SPOT não conseguiu reduzir.

Os Sub-13 Masculinos perderam frente ao Esgueira por 3-4 num jogo muito equilibrado que só ficou decidido no 6º e último parcial.

O MiniGalitos/ROYAL SCHOOL esteve presente com 2 equipas de Sub-10 em mais um encontro realizado na Gafanha.

Treino de aperfeiçoamento técnico 


Realizam-se todas as semanas, à quarta e à sexta-feira treinos de aperfeiçoamento técnico com o objetivo de melhorar o desempenho de alguns pormenores da execução dos jogadores.

Os treino são dirigidos pelos treinadores Tatiana Iourtaeva e Luís Oliveira. A participação está aberta a todos os atletas interessados.

Na passada sexta-feira, dia 22 de fevereiro, estiveram presentes os seguintes atletas:
  • Sub-14 Masc - Gabriel cravo, Leonardo Maio, Miguel Teixeira e Simão Verde
  • Sub-16 Fem - Joana Cura


Seniores Masculinos vencem em SJ da Madeira
Seniores Femininos derrotam CAD
Sub-18 Masculinos A vencem Clube Camões
Sub-16 Femininos perdem em Vila Pouca de Aguiar


Os Seniores Masculinos foram a SJ da Madeira derrotar a Sanjoanense por 59-64. A Sanjoanense começou melhor e ganhou alguma vantagem no período inicial mas os Galináceos reagiram e ao intervalo já só perdiam por 34-32. Logo no inicio da 2ª parte o Galitos/WEBER passou para a frente do marcador mas o jogo foi equilibrado até ao final com os Galináceos a só carimbarem a vitória nos últimos minutos.

As Seniores Femininos venceram o CAD de Coimbra, líder da zona norte, por 55-48 em jogo extremamente equilibrado. Depois de um começo menos bom o Galitos/AAUAv manteve sempre o resultado equilibrado no entanto ao intervalo estava atrás por 26-28. Na 2ª metade a toada do encontro manteve-se mas no final do 3º parcial as Galináceas já lideravam por 40-37 acabando por depois controlar o marcador e vencer bem colando-se assim ao 1º lugar onde agora estão 3 equipas empatadas com 4 derrotas.

Os Sub-18 Masculinos venceram o Clube Camões por 101-54 na 2º jornada da Taça Nacional. O jogo não teve muita história dada a superioridade do Galitos/HELLO AVEIRO que ao intervalo já tinha sentenciado a partida.

As Sub-16 Femininos foram a Vila Pouca de Aguiar perder por 76-68 na 2ª jornada da Taça Nacional num mau jogo de basquetebol onde a equipa de arbitragem não esteve nada bem. O Galitos/QUERO IMPRIMIR até entrou bem mas rapidamente a equipa de Vila Pouca passou para o comando de onde não mais saiu apesar das várias tentativas das Galináceas que tiverem 30 faltas e 4 jogadoras excluídas.

Os Sub-16 Masculinos A perderam em casa com o Infante de Montemor por 58-64 na 1ª jornada do Torneio Inter-Associações. A equipa do Galitos/INDASA esteve muito intermitente. Entrou muito mal dando logo 10 pontos de vantagem. Recuperou no 2º período e passou mesmo para a frente no 3º (52-43) mas no último parcial voltou a estar muito mal permitindo a reviravolta no marcador.

Os Sub-14 Masculinos A foram a SJ da Madeira derrotar a Sanjoanense B por 35-61 em jogo em atraso da 5ª Fase do Campeonato Distrital. Amanhã novo jogo com o Galitos/SENDA a receber o BCO às 14h30.

Treino de aperfeiçoamento técnico 


Realizam-se todas as semanas, à quarta e à sexta-feira treinos de aperfeiçoamento técnico com o objetivo de melhorar o desempenho de alguns pormenores da execução dos jogadores.

Os treino são dirigidos pelos treinadores Tatiana Iourtaeva e Luís Oliveira. A participação está aberta a todos os atletas interessados.

Na passada quarta-feira, dia 20 de fevereiro, estiveram presentes os seguintes atletas:
  • Sub-14 Masc - João Costa, João Diogo, José Cozinheiro, Marco Hajdic, Pedro Gonçalves, Vasco Sousa e Vitaliy Venislavsky

Feliz Aniversário


A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita o atleta Sub-20 Masc e Sénior Pedro Seabra pelos seus 19 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

Feliz Aniversário


A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita o atleta Sub-8 Gonçalo Jubero pelos seus 7 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

Feliz Aniversário


A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita o atleta Sub-13 Masc Gonçalo Martins pelos seus 12 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

15ª Jornada: Olivais 57 – Galitos/WEBER 61

 
Segundo período decisivo
A deslocação a Coimbra revestia-se de grande importância para compensar a derrota averbada em casa na 1ª volta.
A nossa prestação na 1ª parte teve “duas faces” quase opostas, onde um começo de jogo lento de parte a parte deu vantagem, ainda que curta, ao nosso adversário. Em 10 minutos de baixíssima pontuação (apenas convertemos 6 pontos) perante uma defesa zona fechada, a opção por lançamentos em áreas afastadas do cesto foi traduzida por completa ineficácia. Felizmente na defesa corrigimos a entrada negativa em campo (2 triplos consecutivos sofridos) dando a possibilidade de nos manter próximos no marcador.
O 2º período foi completamente diferente e decisivo para o desfecho final. Defensivamente mantivemos a concentração de forma a não cometer os erros da 1ª volta, condicionando as penetrações dos bases na “alimentação” do jogo interior e a utilização do lançamento longo. Por outro lado no ataque podemos afirmar que estivemos quase perfeitos! Com paciência utilizámos o cronómetro para escolher situações confortáveis de lançamento, refletindo-se numa excelente percentagem de lançamento e consequentes 28 pontos concretizados.
O sentido do jogo tinha mudado e com a vantagem alcançada de 13 pontos ao intervalo, entrámos na 2ª parte determinados em manter a distância para controlar o resto de tempo em falta, o que veio a correr de feição. O 3º período foi equilibrado e jogado ao ritmo que nos interessava, apesar de termos perdido o parcial pela diferença mínima e da tentativa do Olivais em mudar a situação mantendo uma defesa zona a pressionar todo o campo, sem sucesso.
No derradeiro quarto continuámos ponderados nas nossas decisões ofensivas, talvez até em demasia, o que aliado a uma entrega positiva na defesa que limitava as soluções adversárias, deu-nos a possibilidade de manter um ascendente acima da dezena de pontos até ao minuto final. Com posse de bola e apenas 50s para terminar, uma sucessão de erros permitiram uma reação do adversário (2-10) mas sem colocar em causa a vitória.
Esta foi uma partida onde imperou na nossa equipa um excelente trabalho coletivo mas onde também demonstrámos pouca ambição para “matar” o resultado mais cedo e evitar a atrapalhação verificada no derradeiro minuto.
Jorge Dias
Parciais: 11-06; 10-28; 13-12; 23-15
Marcha: 11-06; 21-34; 34-46; 57-61
Galitos: Diogo Lima, Pedro Seabra, João Casa Nova (5), Hugo Carvalho (4), Matthew Moreira (8), Alexandre Martins (6), Bruno Santos (6), Élio Maia, Luís Oliveira (6), Pedro Santos (3), Leandro Vaz (18) e Bolon Sauané (8).

Galitos organiza Semana do Basquetebol 
em parceria com o Colégio D. José I 

O Galitos e o Colégio D. José I vão organizar uma Semana dedicada ao Basquetebol.

7ª Jornada: Galitos/Spot 39 - Ovarense “B” 43 


Pouco empenho e fraca concentração num jogo muito equilibrado… 
Domingo, 17 de Fevereiro, recebemos novamente a equipa da Ovarense para a 7ª jornada desta 5ª fase. A Ovarense tem sido sempre mais forte e regular que nós, levando-nos de vencido em todos os encontros disputados. 
O adversário apresentou-se algo fragilizado, apenas com 8 jogadores, mas o que podia ser uma vantagem para nós acabou por ser uma vantagem para a equipa visitante. Olhámos para o outro lado do campo e vimos poucos jogadores e convencemo-nos que iam ser “favas contadas”.
Entrámos bem com um parcial de 08-00, mas após desconto de tempo adversário permitimos o mesmo parcial acabando o período empatados. 
Fomos pouco empenhados e concentrados, nada agressivos a defender e pouco pacientes no ataque não procurando boas situações de lançamento. Com a má prestação defensiva não conseguimos correr para o contra-ataque, não explorando as nossas maiores armas. Não fomos capazes de ocupar os corredores corretamente, corríamos como nos apetecia sem fazer quaisquer leituras, fazendo com que o nosso jogo fosse uma tremenda confusão e um vazio de ideias. 
Durante o encontro a fraca percentagem de lançamentos permitiram que o jogo fosse sempre equilibrado, apesar das defesas permissivas os lançamentos não entraram de parte a parte. 
Na fase da época em que estamos já não devíamos cometer muitos dos erros que cometemos de forma tão sistemática, nem devíamos andar preocupados com o empenho e com a concentração. 
Na próxima semana temos a deslocação a Ílhavo e queremos apresentar-nos no nosso melhor. 
Luís Oliveira 
Parciais: 08-08; 14-15; 11-12; 06-08 
Marcha: 08-08; 22-23; 33-35; 39-43 

Galitos: Vasco Silva; Jorge Ferreira; Miguel Pereira; José Balseiro; Eduardo Robalo, Gabriel Cravo; Diogo Pinto; Tiago Sá; Pedro Neves; Leonardo Vasconcelos e Martim Jesus.

2ª Jornada: Guifões 53 – Galitos/WEBER 73 

"No defender é que está o ganho!" 
Deslocámo-nos na 4ª feira, dia 13 de Fevereiro, ao Pavilhão Municipal de Guifões para a 2ª jornada do Campeonato Nacional. 
O 1º período foi equilibrado com cestos de parte a parte sem nunca nos conseguirmos distanciar até meio do parcial, altura em que conseguimos fugir para os 8 pontos. Era o inicio duma prestação bem conseguida da nossa parte. 
 Mantivemos o ascendente no 2º período, com boas rotações defensivas e um parcial de 7-0, onde terminámos com um triplo ao soar da buzina. Nada melhor para irmos para o intervalo. 
Sabíamos que era imprescindível para o nosso sucesso mantermos esta distância ou aumentá-la na 2ª parte para que pudéssemos sair do jogo com uma vitória. 
Sem problemas de faltas, devíamos ter mantido a nossa agressividade defensiva à entrada do 3º período. O Guifões sempre com algumas alternâncias defensivas e a fazer 2x1 no nosso portador da bola logo no meio-campo obrigou-nos a fazer alguns ajustes onde tivemos sucesso. Neste período foi onde fomos mais fracos defensivamente mas felizmente o nosso ataque compensou. 
No último período e já com 15 pontos de vantagem o jogo manteve a mesma tónica, sempre muita pressão no portador da bola por parte do Guifões mas sempre a conseguirmos resolver os problemas. 
Terminámos com uma vantagem de 20 pontos onde, apesar de não termos sido constantes, fizemos coisas boas. 
Temos de ser mais consistentes a defender para que possamos contrariar o poderio ofensivo de outras equipas mais fortes. Foi quando defendemos melhor que conseguimos marcar a diferença. 
É importante continuarmos a trabalhar forte para que possamos alcançar os nossos objetivos. 
Todos têm o seu papel e são importantes para o sucesso coletivo. 
João Silva 
Parciais: 12-20; 07-14; 20-20; 14-19 
Marcha: 12-20; 19-34; 39-54; 53-73 

Galitos: Pedro Seabra (9), Matthew Moreira (10), Bruno Fartura (3), Pedro Santos (13), Gonçalo Catarino (7), João Paulo , João Limas, Miguel Oliveira (10), Francisco Gonzalez (2), Bolon Sauané (8), João Padilha (2) e Marcelo Costa (9).

15ª Jornada: Valongo 47 – Galitos/AAUAv 51 

Vitória do crer e do querer...
Depois do desaire da jornada anterior, tornava-se imperativo vencer este jogo. Após (mais uma!) semana em que não reunimos condições para treinar com qualidade, sabíamos que iríamos encontrar muitas dificuldades na deslocação a Valongo. 
O jogo da 1ª volta e os recentes resultados da equipa adversária deixaram-nos alerta para as exigências desta partida. 
Apesar de não termos treinado convenientemente nestas últimas semanas e de não termos conseguido preparar o jogo, sabíamos exactamente quais os pontos fortes desta equipa e quais as tarefas defensivas a desempenhar. 
A equipa anfitriã começou melhor fruto de grande eficácia nos lançamentos e de alguma apatia defensiva da nossa parte, resultando num parcial inicial de 00-07. 
Na entrada do 2º período começámos melhor e até conseguimos estar na frente por 20-15. A partir daqui e até ao intervalo o jogo decorreu com grande equilíbrio e nenhuma equipa fugiu no marcador.
O nosso regresso do balneário foi muito mau. Durante o intervalo optámos por implementar algumas alterações defensivas com o intuito de perturbar o ataque da equipa adversária através do factor surpresa e conseguir uma boa entrada no jogo, mas a equipa do Valongo adaptou-se muito bem e gorou a nossa aposta. 
Como resultado, acusámos algum nervosismo com a reacção da equipa adversária e até cerca de 2 minutos do final do período só marcámos 2 pontos. A nossa fraca prestação, quer a nível defensivo, quer ofensivo resultou num parcial de 02-11 favorável à equipa da casa. 
A pressão do resultado e os critérios inconstantes nas decisões dos juízes perturbaram a equipa até ao limite de nos ser atribuída uma falta técnica. Este momento serviu para a equipa se unir e ganhar forças acrescidas para dar a volta ao jogo. 
Uma mudança na forma de defender criou imensas dificuldades à equipa da casa e permitiu-nos fazer um parcial de 07-00, levando o jogo para o 4º período com 5 pontos de desvantagem. 
No 4º período, apesar do enorme desgaste físico, a equipa defendeu ainda com mais determinação anulando as 2 jogadoras mais fortes do Valongo e, graças a isso, apenas permitiu que a equipa da casa marcasse 6 pontos neste período. 
No final, com 4 pontos de vantagem, conseguimos a serenidade para manter a posse da bola praticamente até ao último segundo do jogo. 
Este jogo foi muito duro fisicamente devido ao desgaste provocado pelo ritmo, mas também pelo facto de termos treinado com pouca qualidade nestas últimas semanas. 
Além disso, não conseguimos uma maior rotação do banco porque, por um lado o desenrolar do jogo não nos permitiu e, por outro, apenas tínhamos 9 jogadoras disponíveis, provocando um maior desgaste às jogadoras mais utilizadas. 
Esta vitória foi muito importante e resultou de acreditarmos que era possível dar a volta ao jogo, mesmo nas condições adversas em que o fizemos, e da vontade de vencer. 
A equipa está de parabéns pela atitude vencedora. 
Agora é preciso pensar nos próximos desafios para que este resultado tenha um maior alcance. 
Hugo Fernandes 
Parciais: 13-16; 17-11; 11-09; 06-15
Marcha: 13-16; 30-27; 41-36; 47-51 

Galitos: Catarina Martins (17), Rita Andrade (2), Inês Afonso (4), Sara Pinto (2), Maria Cristo (18), Raquel Gonçalves, Andreia Miguéis (2), Bárbara Cordeiro e Raquel Soares (6).

Feliz Aniversário


A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita a atleta Sub-10 Marta Carvalho pelos seus 9 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

Sub-20 Masculinos perdem em Leça

O Galitos/WEBER foi por perder ao Desportivo de Leça por 80-76 na 3ª jornada do Campeonato Nacional - Zona Norte.

Depois de ter ido vencer a Guifões na semana passada o Galitos não conseguiu voltar a vencer fora de casa apesar de ter dominado a 1º parte do encontro chegando ao intervalo a vencer por 33-47.

Na 2ª metade o Leça foi muito mais eficaz e os jogadores Galináceos não conseguitam continuar a jogar ao mesmo nível acabando por perder.

1ª Jornada: Galitos/WEBER 52 – Dragon Force 78 

Não soubemos reagir… 
Iniciamos o campeonato nacional recebendo o Dragon Force na 1ª jornada. 
Começámos o jogo muito precipitados e ansiosos no ataque e na defesa desconcentrados. O Porto começou muito eficaz no tiro exterior fruto também do nosso desacerto defensivo. 
Reentrámos muito bem no 2º período com um parcial de 6-0! Defensivamente mostrávamos mais agressividade mas mesmo assim não chegou para reduzir a grande desvantagem de 27-45. Desde o início até ao intervalo o Porto defendeu com grande garra e cheios de vontade! 
Não soubemos reagir. Entrando mal na 2ª parte, com medo e receio de atacar o cesto, continuando a equipa adversaria muito agressiva na defesa e eficaz no ataque. 
Começámos bem o 4º período, mais agressivos na defesa roubando algumas bolas, mas no ataque nem olhávamos para o cesto para lançar. O Porto já mostrava algum cansaço mas não deixou de ser agressivo na defesa. 
Há que realçar que foi o 1º jogo de uma nova etapa, temos de saber reagir e dar a volta por cima! 
Temos de ser mais agressivos e ter mais vontade de defender! Vamos la malta! 
Miguel Ferreira 
Parciais: 10-25; 17-20; 14-16; 09-17 
Marcha: 10-25; 27-45; 41-61; 52-78 

Galitos: Pedro Seabra (4), Matthew Moreira (6), Bruno Fartura (3), Pedro Santos (19), Gonçalo Catarino (4), João Paulo (1), João Limas, Miguel Oliveira, Francisco Gonzalez (2), Bolon Sauané (9), Pedro Lourenço (4) e Marcelo Costa.

7ª Jornada: Galitos/SENDA 60 - Atómicos 31 


Objetivos cumpridos! 
Após as curtas férias de Carnaval voltámos às nossas rotinas habituais dos treinos e jogos. 
Na 1ª volta ganhámos à equipa de Oliveira do Bairro pela diferença mínima, com muitos erros defensivos e falta do empenho. Por isso o 1º objetivo estabelecido era melhorar o nosso empenho e o 2º era não sofrer mais de 10 pontos por período. 
Nos primeiros minutos tivemos dificuldade na recuperação defensiva, mas cumprimos a meta dos 10 pontos. Entrámos pouco coletivos com penetrações forçadas e pouca organização dentro do campo. Nos primeiros 10 minutos do jogo apenas concretizámos 8 das 21 vezes que lançámos ao cesto. 
Mantivemos os mesmos erros ofensivos durante toda 1ª parte mas por outro lado controlámos o jogo através da nossa boa defesa. Fomos para intervalo com vantagem 15 pontos. 
Melhorámos bastante a organização, continuámos a penetrar mas com o objetivo de assistir um colega conseguindo assim criar lançamentos sem oposição. O bom trabalho defensivo deu frutos; 28 bolas recuperadas e 30 ressaltos defensivos. 
Dominámos a posse da bola, por isso lançamos 72 vez e convertemos 27. No total a nossa percentagem não chega a 20%. E por aí temos muito para melhorar, como na seleção do lançamento e gestão da posse de bola. Recuperámos 28 bolas na defesa e perdemos 34 bolas no ataque! Temos de equilibrar o número das perdas através da melhor gestão da bola. Menos drible desnecessário, mais qualidade técnica e decisão do passe. 
Outro ponto positivo que conseguimos foi a rotatividade. Quase todos jogadores tiveram o mesmo tempo do jogo. Isso é possível quando os níveis da concentração e empenho estão presentes na maior parte das atletas. 
Tatiana Iourtaeva
Parciais: 16-09; 13-06; 10-12; 21-04 
Marcha: 16-09; 29-15; 39-27; 60-31 

Galitos: José Cozinheiro, Vasco Marques, Leonardo Maio, João Diogo, João Afonso, Pedro Gonçalves, André Alves, Simão Verde, João Costa, Rui Jorge, Miguel Teixeira e Afonso Fonseca. 



4ª Jornada: Galitos/Colégio D. José I 5 – Sanjoanense 2 


Ritmo diferente, resultado diferente. 
Recebemos este domingo a equipa da Sanjoanense para disputar mais uma jornada do Torneio Distrital. 
Depois do mau desempenho no 1º jogo em que defrontamos esta equipa em SJ da Madeira, havia alguma expetativa para perceber se seriamos de facto capazes de fazer melhor. E fomos. 
Ainda com algumas faltas de atenção nas recuperações defensivas, mas com muito melhor aproveitamento dos lançamentos perto do cesto e em vantagem numérica, conseguimos impor um ritmo diferente do que havia acontecido na 1ª volta. Mostrámos que somos capazes de fazer coisas boas e que basta estarmos um pouco mais concentradas para termos um bom desempenho. 
A inconstância continua a ser a característica principal dos nossos jogos. Ora cumprimos com o que nos é pedido e temos sucesso, ora desconcentramo-nos e não conseguimos ter sucesso. 
Vamos continuar a trabalhar neste aspeto, insistindo na concentração nas diferentes etapas do jogo, de forma a conseguirmos executar da melhor forma as tarefas que nos são pedidas. 
Catarina Martins 
Parciais: 06-02; 08-00; 03-06; 15-10; 17-06; 13-13 
Marcha: 01-00; 02-00; 02-01; 03-01; 04-01; 05-02 

Galitos: Ana Monteiro, Carolina Vieira, Maria João, Rita Rodrigues, Joana Pereira, Mariana Nunes, Beatriz Santos, Mariana Fonseca, Íris Fartura, Margarida Rodrigues, Raquel Costa, Teresa Teixeira e Inês Fartura.

Feliz Aniversário


A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita a atleta Sub-14 Fem Rita Robalinho pelos seus 14 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

Treinadores do Galitos na 
Formação Itinerante da ABA, 
no Pavilhão de Vagos 

À semelhança do que tem acontecido nas ações anteriores, 3 treinadores Galináceos estiveram presentes na 4ª ação realizada no Pavilhão Municipal de Vagos com os preletores Nuno Ferreira que expôs a sua experiência de 4 épocas consecutivas de participação na EuroCup Women e Orlando Simões que apresentou propostas para melhor o lançamento

A 5ª ação já está programada para Oliveira do Bairro no próximo mês de Março.


7ª jornada : Galitos/International House 62 – Guifões SC 37 


Mais uma etapa! 
Dia 17 de Fevereiro, realizámos o jogo da 7ª jornada do Torneio Interassociações contra a equipa do Guifões . 
Mais uma etapa conseguida neste nosso percurso no torneio. 
A evolução da equipa é notória em todos os aspetos, com as atletas a estarem mais consistentes a defender e mais ativas no ataque. Embora ainda com um longo caminho de aprendizagem pela frente, nota-se a espaços que muitas já se sentem mais confortáveis no jogo, com mais iniciativa, mais dinâmica e menos inibidas, a luta pela bola já se torna uma constante. 
A evolução é contínua e é com agrado que vemos esta equipa com metade das atletas de 1º ano a apresentarem uma evolução muito positiva e um crescimento progressivo. 
Como costumamos dizer sempre, temos de continuar o bom trabalho, o nosso percurso está bem definido assim como o nosso objetivo. 
Esta semana vamos continuar a treinar bem para nos prepararmos para os confrontos que ainda nos esperam até ao fim desta fase do Torneio. 
A todos os que nos apoiaram, como sempre muito obrigada o vosso apoio é fundamental. 
Sofia Pinho e Melo
Parciais: 08-11; 22-09; 14-11; 18-06
Marcha: 08-11; 30-20; 44-31; 62-37 

Galitos: Mariana Gouveia, Matilde Açafrão, Margarida Cura, Ana André, Sofia Ribeiro, Cristiana Rosa, Filipa Silva; Mónica Campos; Linda Nunes; Bárbara Lameiro; Mafalda Solá e Carolina Tavares.



;;
Galitos Basquetebol - Original Posting Rounders 3 Column | Design: Douglas Bowman | Modification: Ricardo Brito/João Cura