P A T R O C I N A D O R E S

7ª Jornada: Sangalhos 4 - Galitos/SPOT 2 


Muitas falhas técnicas ditaram o resultado… 
Domingo de muito frio e chuva foi o que nos reservou esta visita ao pavilhão de Sangalhos.
Começámos bem, com muita atenção a defender e a soltar a bola para o contra-ataque. Conseguimos alguns cestos fáceis de 1x0 e a vitória no parcial não foi surpresa alguma para quem estava a ver o encontro. 
Os 2 períodos seguintes foram tirados a papel químico como se diz na gíria. Mantivemos a mesma bitola na defesa e estivemos sempre na frente até aos últimos segundos. Com todas as condições para ganhar os parciais, fizemos uma série de maus passes, alguns por precipitação, outros por algum nervosismo evidenciado pelos nossos jovens e falhámos cestos fáceis. Quando o resultado ao intervalo poderia ser de 0-3 a nosso favor, perdemos o 2º período no último lançamento dos locais, assim como no 3º, depois de estarmos a empatar deixámos que nos marcassem um cesto mesmo a acabar o tempo. 
Na 2ª parte entrámos mais concentrados e determinados, estivemos a perder 02-10 mas uma reviravolta na atitude permitiu-nos chegar ao fim na frente do marcador. Vitória justa no parcial o que repunha um pouco a verdade do jogo. 
Os 2 últimos tempos foram dominados pelos nervos e por erros consecutivos, quer no passe, quer no número exagerado de lançamentos que falhámos. 
Uma derrota por 4-2 o que não espelha em nada o equilíbrio dentro de campo. 
É mais uma etapa na aprendizagem destes jovens atletas, estamos melhores em alguns aspetos, mas por vezes estragamos tudo por falta de concentração naquilo que estamos a fazer. 
Fica mais uma lição de que os jogos são jogados do 1º ao último segundo e a nossa postura e atitude tem que ser constante durante todo o encontro. 
Paulo Sá 
Parciais: 08-14; 08-07; 09-06; 10-14; 11-08; 10-09
Marcha: 00-01; 01-01; 02-01; 02-02; 03-02; 04-02 

Galitos: Dinis Mota, Nuno Silva, Miguel Silva, Pedro Robalo, Manuel Conceição, Gonçalo Urbano, Rafael Ratola, Raúl Almeida, Gonçalo Carvalho, Jaime Silva, Guilherme Cardoso e Alexandre Wilson.

4ª Jornada: Sanjoanense 70 - Galitos/ESTRELA DO SUL 37 

A falta de experiência não é desculpa 
Mais uma vez entrámos no jogo completamente desconcentradas, principalmente a nível ofensivo, pois as nossas adversárias nem tiveram grande eficácia ofensiva, mas o nosso completo desacerto nos 7 minutos iniciais resultou num diferencial de 00-13, o que complica em muito as nossas tarefas de podermos equilibrar um jogo contra qualquer equipa. 
O jogo resume-se claramente à nossa falta de eficácia junto do cesto (13-42) 31% e na linha lance livre (11-23) 48%. 
O fosso foi sendo maior a cada minuto que passava e apenas no 3º período conseguimos minimizar o número de pontos sofridos (09-11), mas continuámos a concretizar poucos pontos. 
Foi um jogo completamente sem história pelos erros que cometemos ofensivamente, com 29 perdas de bola, muitas a darem contra ataque fácil às nossas adversárias. 
A nossa falta de experiência não pode explicar tudo, concentração nas nossas tarefas e nas tarefas coletivas acima de tudo são o próximo passo. 
Pelo Galitos canta, canta... Galo. 
José Guerreiro 
Parciais: 18-06; 21-10; 11-09; 20-12
Marcha: 18-06; 39-16; 50-25; 70-37 

Galitos: Mariana Oliveira (16); Adriana Ramos; Vanessa Marieiro; Teresa Magalhães (6); Maria Morais; Barbara Cordeiro; Inês Ferreira; Bruna Pires (13); Margarida Carvalho (2); Tânia Vieira e Catarina Pereira.

4ª Jornada: Illiabum 60 – Galitos A/INDASA 67 

Jogo equilibrado… 
Após terminarmos o jogo do dia anterior a horas tardias, deslocámo-nos na tarde de domingo a Ílhavo para o 2º encontro deste fim-de-semana de jornada dupla. 
Ao contrário do dia anterior, entrámos mal, muito lentos a defender, éramos facilmente batidos em situações de 1x1 e tinhamos dificuldade em defender o jogador interior do Illiabum. No final do 1º período perdíamos por 16-23. 
No 2º período e após estar a perder por 22-32, conseguimos melhorar o nível de agressividade defensiva e através de um excelente parcial de 09-00, “encostámos” ao adversário, chegando ao final da 1ª parte empatados a 33-33. 
Na entrada do 3º período, passámos para a frente do marcador, nunca mais a perdendo até final. 
No entanto a 2ª parte caraterizou-se por um enorme equilibrio entre as 2 equipas, mais por demérito nosso que não estivemos bem a defender, usando em demasia as mãos, permitindo ao adversário ir vezes sem conta para a linha de lance livre, permitindo assim estar sempre na disputa do resultado. 
No final, vencemos por 67-60, fruto de estarmos melhor a atacar do que a defender, precisamos estar mais consistentes e equilibrados nestes aspectos do jogo. 
Toda a equipa está de parabéns pelo fim-de-semana que fizemos, vencemos 2 jogos dificeis, com muito empenho e vontade de todos. 
Estes 2 jogos têm de servir de “tónico” motivador para continuarmos a trabalhar com o objetivo claro de “Crescer”, temos muitos jogos pela frente, contra equipas fortes que nos vão permitir evoluir. 
A equipa deseja as melhoras ao atleta Nuno Lemos que se encontra a recuperar de lesão. 
André Leitão 
Parciais: 23-16; 10-17; 14-17; 13-17
Marcha: 23-16; 33-33; 47-50; 60-67 

Galitos: Diogo Santos (3), Rogério Ratola (7), Miguel Pina (13), João Lamas (12), Ruben Costa (4), Carlos Monteiro, Vasco Peralta (4), Rafael Moreira, Manuel Santos (4), Nuno Simões (11), Bruno Soares (2) e Francisco Pinheiro (5).

6ª Jornada: Galitos/AAUAv 55 – Bolacesto 45 

Vitória importante em casa emprestada 
Impossibilitados de usar o nosso pavilhão tivemos de jogar em casa emprestada - este jogo foi realizado no Pavilhão Aristides Hall, na Universidade de Aveiro. 
Sendo assim, apesar de ser uma jornada caseira, este encontro teve as caraterísticas de um jogo realizado fora porque jogámos num local onde nunca treinamos. 
Relativamente à equipa adversária, sabíamos que iríamos defrontar uma equipa homogénea, bastante lutadora e que tem a particularidade de apresentar resultados com médias baixas de pontos marcados e sofridos nos jogos efectuados (53.4 e 54.4, respetivamente). 
A equipa do Bolacesto apresentou um estilo de jogo baseado em processos simples e na capacidade física e técnica das suas jogadoras. 
Nos primeiros 5 minutos mostrámo-nos inseguros na defesa e permitimos que o adversário ganhasse algum ascendente no marcador chegando perto do final do período a ganhar por 06-14. 
Após este mau início, melhorámos a prestação defensiva e reequilibramos a partida. Até ao final do 3º período, o jogo foi bastante equilibrado e nenhuma equipa conseguiu distanciar-se no marcador. 
O equilibro manteve-se na 1ª metade do 4º período. A partir desse momento, intensificámos a nossa defesa e conseguimos perturbar o ataque adversário. 
Aproveitando alguma desorientação ofensiva da equipa do Bolacesto conseguimos algumas posses de bola que nos permitiram acabar em contra-ataque chegando a uma vantagem de 10 pontos que se manteve até ao final do jogo. 
O resultado final confirma os resultados com números baixos verificados nos jogos em que participou a equipa do Bolacesto. Conseguimos uma vitória importante, mas com muita incerteza quase até ao final do jogo. 
De facto, criámos muito mais situações para concretização do que a equipa adversária, mas a equipa do Bolacesto mostrou melhor eficácia. Só a título de exemplo nas diferenças da eficácia entre as 2 equipas fica o registo na linha de lance livre: o Bolacesto fez 8/9 (89%) enquanto nós nos ficámos por uns medíocres 10/20 (50%)!. Um melhor aproveitamento das oportunidades ofensivas que criámos e maior consistência defensiva poderiam colocar-nos no caminho da vitória mais cedo, evitando tanta ansiedade. Apesar disso, estivemos melhor no capítulo da luta nas tabelas conseguindo muitas posses de bola através de ressaltos defensivos e ofensivos. 
Este é um dos nossos problemas, mas parece que estamos no bom caminho para o solucionarmos. Por outro lado, mantivemos um registo de inconsistência na forma como jogamos, quer defensiva, quer ofensivamente. 
Isto pode ser contrariado pela forma como trabalhamos durante a semana e as 2 últimas semanas não foram um bom exemplo. 
A assiduidade e a intensidade nos treinos podem ajudar a ganhar mais consistência e a aumentar a homogeneidade da equipa de forma a podermos colocar mais soluções no campo. 
Hugo Fernandes 
Parciais: 15-16; 11-08; 11-10; 18-11
Marcha: 15-16; 26-24; 37-34; 55-45 

Galitos: Manuela Oliveira, Mariana Pinto (4), Catarina Martins (7), Rita Andrade (6), Inês Afonso (2), Sara Pinto, Maria Cristo (4), Raquel Gonçalves (8), Andreia Migueis (3), Cláudia Conceição, Joana Reis e Raquel Soares (21).

4ª Jornada: Gafanha 59 – Galitos/DUNIK 47


Ganhar 2 períodos não é suficiente para ganhar!

Deslocamo-nos à Gafanha para terminar a jornada dupla deste fim semana.
Uma entrada forte e a comandar o jogo através da defesa pressionante era o objetivo definido para a 1ª parte. Não conseguimos cumprir. Tivemos falhas na recuperação, distração na defesa dos cortes e penetrações. Sofremos 35 pontos em 20 minutos.
As dificuldades não ficaram só na defesa, não demos boa resposta ofensiva para nos mantermos na luta pelo resultado. Passamos por 2 fases diferentes no nosso ataque. Começamos sem ser ofensivos, sem ninguém querer assumir. Depois passamos por outra fase, penetrações forçadas que não davam resultado, porque além de serem más decisões, encontrámos uma defesa muito fechada dentro.
Tentámos corrigir e melhorarmos a reação dos jogadores sem bola às penetrações dos colegas para criar as situações do lançamento. A percentagem não foi suficiente para manter-nos na luta pela vitória. Também organizámos melhor a defesa a meio campo e sofremos só 24 pontos na 2ª parte. 
Ganhamos o 3º e 4º período, mais não foi suficiente para vitória! 
Tatiana Iourtaeva 
Parciais: 16-07; 19-12; 13-15; 11-13
Marcha: 16-07; 35-19; 48-34; 59-47

Galitos: Alexandre Pereira (1), Rui Pereira (15), Tiago Bebiano (2), Henrique Rocha (3), Luís Patrício, Pedro Meireles (3), Tiago Sá (7), João Lebre, Luís Almeida, Leonardo Matias (12) e Emílio Sacchetti (4).



Feliz Aniversário


A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita a atleta Sub-16 Fem. Diana Araújo pelos seus 15 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

 

Sub-20 perdem frente ao Illiabum

O Galitos/WEBER perder hoje pela 1ª vez na abertura da 2ª volta da Fase Distrital do Campeonato Nacional. Depois de ter terminado a 1ª volta com 4 vitórias os Galináceos perderam com o Illiabum por 68-79.
Apesar do Galitos até ter entrado bem o jogo foi equilibrado até meio do 2º período altura em que o Illiabum, fruto do seu enorme acerto no tiro exterior, fugiu no marcador chegando ao intervalo com 16 pontos de vantagem.
No recomeço o Illiabum ainda conseguiu ampliar a vantagem até aos 21 pontos, no entanto os Galináceos não baixaram os braços conseguindo encurtar até aos 8 pontos já no 4º período mas já não deu para consumar a reviravolta.

5ª Jornada: Galitos/WEBER 63 – Sangalhos 50 

Atitude vs Displicência 
Na passada quarta-feira, dia 21 de Novembro, fizemos o nosso 1º jogo em casa, o último da 1ª volta, o qual coincidia com o 80º aniversário do Basquetebol do Galitos. A equipa de Sub-20 endereça desde já os parabéns ao Clube. 
O jogo nem começou mal, apesar de estarmos um pouco displicentes no ataque, defensivamente mantivemos a concentração habitual e por isso tínhamos o jogo dominado. 
No 2º período as coisas modificaram-se, deixámos de ser coletivos defensivamente, deixando os 2 jogadores mais influentes da equipa adversária começarem a tomar o protagonismo. Apesar de ofensivamente ainda mantermos algum coletivismo, diminuímos drasticamente a eficácia, principalmente do jogo exterior. 
A diferença ao intervalo de apenas 1 ponto colocava-nos em alerta máximo. 
O intervalo foi bom conselheiro e entrámos a todo o gás no 3º período, basicamente com outra atitude. Dominámos todos os aspectos e jogámos à velocidade que nos caracteriza e que tanto gostamos. 
Desta forma ampliámos a vantagem por forma a conseguirmos gerir até ao fim do encontro. 
O último período foi um péssimo exemplo de basquetebol, uma equipa sedenta de recuperar jogava precipitadamente e nós com falta de paciência e alguma infantilidade incompreensível jogávamos de forma anárquica, por isso o empate no período é mais do que justificado… 
Continuamos a vencer, mas nem sempre convencendo, falta algo, vamos todos refletir... 
Ricardo Brito
Parciais: 15-08; 10-16; 22-10; 16-16
Marcha: 15-08; 25-24; 47-34; 63-50 

Galitos: Pedro Seabra (13), Miguel Ferreira, Matthew Moreira (8), Marcelo Costa, Pedro Santos (9), Gonçalo Catarino (10), João Paulo, Pedro Lourenço (5), Miguel Oliveira (6), João Limas, Francisco Gonzalez e Bolon Saune (12).


Clinic ANTB
na Estrada


A ANTB vai organizar, em parceria com a A. B. do Porto e o Maia Basket, um Clinic no âmbito da iniciativa "ANTB na estrada", no próximo dia 1 de Dezembro, sábado de manhã, no Pavilhão da Escola Básica 2/3 da Maia.
Os prelectores serão António Paulo Ferreira, Treinador do Galitos do Barreiro e Mário Gomes, Seleccionador Nacional adjunto e coordenador das Selecções Nacionais Jovens. Esta acção de formação prática tem como tema principal "Contributos para o ensino do jogo nos escalões de formação".
Aproveitaremos ainda a oportunidade para realizar uma reunião com os Treinadores, cujo objectivo é auscultar e debater propostas e questões dos Treinadores.
Programa do Clinic "ANTB na estrada"
Pavilhão da Escola Básica 2/3 da Maia (entrada pela R. da Lage, junto ao complexo de ténis e estádio municipal)
  • 9h – Recepção
  • 9h30 – António Paulo Ferreira - “Introdução da defesa zona numa equipa de jovens: mais um conteúdo de formação ou um contributo à "deformação”?.
  • 11h – Mário Gomes - "Treinar o contra-ataque é necessário"
  • 12h30 – Reunião de Treinadores – Intervenção Direcção ANTB - Intervenções Treinadores - Debate"
A acção é aberta a todos os Treinadores de Basquetebol, sendo gratuita para os sócios da ANTB com a situação regularizada e terá o preço de 5 Euros para os restantes Treinadores. Inscrições através do email: antbasquetebol@gmail.com indicando o nome, email e número de sócio (ou nº de CTD), ou no local.

4ª Jornada: Galitos/SENDA 75 – Sanjoanense B 31 


Vitória sem dificuldade! 
Numa tarde fria e chuvosa recebemos a Sanjoanense no pavilhão da Universidade Aveiro. 
Entrámos bem e logo nos primeiros minutos criamos muitas dificuldades ao adversário. Conseguimos ser constantes e agressivos na defesa individual a todo campo, só sofrendo 2 pontos em 10 minutos. Aproveitamos bem as bolas recuperadas com saídas rápidas para contra ataque. 
O 2º período decorreu da mesma forma, defesa agressiva e ataques rápidos. 
Apos do intervalo a Sanjoanense deu uma boa resposta que lhes permitiu vencer o 3º período. 
Corrigimos os erros na defesa e voltamos a ganhar o último período. Conseguimos boa rotatividade e todos jogaram o mesmo tempo dentro do campo. 
Parabéns pelo bom empenho! 
Tatiana Iourtaeva
Parciais: 20-02; 24-06; 12-17; 19-06 
Marcha: 20-02; 44-08; 56-25; 75-31 

Galitos: José Cozinheiro, Simão Verde, Miguel Teixeira, Vasco Marques, Afonso Fonseca, João Pedro, Leonardo Maio, Rui Ribeiro, João Diogo, João Afonso, Pedro Gonçalves e Leonardo Vasconcelos. 



4ª Jornada: Atómicos 64 - Galitos/SPOT 38 


Diferença normal… 
No último fim-de-semana do mês deslocámo-nos a Oliveira do Bairro para defrontar os Atómicos. Vínhamos de um jogo feliz e estávamos preparados para manter a boa réplica, apesar da semana atípica de treinos. 
Entrámos dinâmicos, muito intensos mas muito precipitados, desorganizados defensivamente e algo nervosos na altura de lançar. Corrigimos os erros e conseguimos equilibrar o período mas o adversário acabou o quarto com um parcial de 00-08, resultante de uns turnovers desnecessários por excesso de drible. 
O 2º período manteve a tónica do 1º e o adversário conseguiu aumentar a vantagem, chegando ao intervalo a vencer por 10 pontos, penalizadores para o equilíbrio. 
O 3º quarto foi o mais fraco da nossa parte, sendo decisivo para o desnivelar do resultado final. Não conseguimos parar o jogador em drible, permitimos muitos contra-ataques ao adversário por lançamentos precipitados e má recuperação defensiva. 
O 4º período foi muito confuso de parte a parte, onde se jogou pouco basquetebol. Conseguimos ser competitivos em quase todos os períodos exceto num jogando contra uma equipa A, mais velha e mais experiente que nós. 
Não conseguimos combater a forte estatura física do adversário e permitimos muitos 2ºs e 3ºs lançamentos. Fomos ofensivos durante todo o jogo, provocando muitas faltas aos adversários mas depois não soubemos aproveitar da linha de lance livre (6/27). 
O resultado acabou por ser muito pesado para o que nós fomos fazendo durante o encontro, os jogos decidem-se nos detalhes e nós falhámos no que foi pedido ao longo deste. 
Temos de ser mais disciplinados para podermos jogar melhor. 
Obrigado aos pais presentes!!! 
Luís Oliveira 
Parciais: 18-11; 14-11; 20-08; 12-08
Marcha: 18-11; 32-22; 52-30; 64-38 

Galitos: Vasco Silva; Jorge Ferreira; Vasco Sousa; João Nascimento; João Costa; Tiago Sá; Miguel Pereira; Martim Jesus; Diogo Pinto e Pedro Neves.


4ª Jornada: Anadia 42 – Galitos/DUNIK 57 

Quando ganhar não é suficiente… 
No último fim-de-semana de Novembro deslocámo-nos a Anadia para mais um jogo desta fase. Depois da prestação menos conseguida no último encontro e da boa semana de treinos que fizemos esperávamos ter um desempenho muito diferente dos anteriores, mas depressa se percebeu que a toada ia ser a mesma. 
Entrámos com pouca vontade de melhorar, pouco agressivos e intensos, muito egoístas e sem fazer o que foi pedido. Quando acelerámos um bocadinho e fomos mais agressivos fizemos um natural parcial de 11-00, acabando por ganhar o período com tranquilidade. 
O 2º período foi o voltar ao desastre dos últimos desafios… acabando mesmo por perder o período. Egoístas no ataque e pouco concentrados a defender, foi pouco o basquetebol apresentado nestes 10 min. 
O intervalo parece que não trouxe nada de novo, pois entrámos a sofrer mais um cesto. Apenas a meio do período fizemos o primeiro cesto e com um parcial de 17-03 fugimos de vez no marcador, e pela primeira vez e única demos um ar da nossa graça e jogámos um bocadinho de basquetebol. 
O 4º período foi fraco de parte a parte, acabando o adversário por vencer o parcial. 
Apresentámos 2 faces neste jogo, como tem vindo a ser habitual. Só a espaços é que demonstrámos todas as nossas qualidades. 
Ouvimos pouco e preocupamo-nos muito com as estatísticas individuais. Temos de ter mais respeito por nós e pelos pais que nos têm acompanhado sempre, não chega o basquetebol que fizemos nesta fria tarde. 
Obrigado aos pais presentes!!! 
Luís Oliveira 
Parciais: 09-18; 16-12; 05-17; 12-10
Marcha: 09-18; 25-30; 30-47; 42-57 

Galitos: Tiago Sá (2); João Franco (2); Rui Pereira (7); Pedro Meireles (2); Leonardo Matias (8); Tiago Bebiano (7); Alexandre Pereira (20); Emílio Sacchetti (3); Henrique Rocha (4); Luís Patrício (2) e João Lebre.

4ª Jornada: A.Col.Calvão 5 - Galitos/Colégio D. José 2 

Mais do mesmo. 
À 4ª jornada deslocámo-nos a Vagos, casa emprestada da equipa de Calvão, para disputar mais um jogo do Torneio Distrital. 
E aquilo que se passou não foi nada de novo. Desta vez conseguimos entrar bem, concentradas e empenhadas em pôr em prática o que temos trabalhado nos treinos, acabando por vencer o 1º período. 
A partir daí, mais do mesmo: excesso de drible, faltas de atenção e concentração deitaram tudo a perder nos parciais seguintes e o melhor que conseguimos foi empatar o 3º período. 
É inexplicável o número de lançamentos na passada falhados ao longo do jogo. E muitos deles em situações de “1x0”! 
É preciso mais empenho e concentração durante o trabalho semanal! Sem isso, é impossível chegarmos aos jogos e conseguirmos por em prática o que nos é pedido. 
Catarina Martins 
Parciais: 00-06; 12-02; 07-07; 06-02; 13-02; 15-00
Marcha: 00-01; 01-01; 02-02; 03-02; 04-02; 05-02 

Galitos: Ana Monteiro, Carolina Vieira, Maria João, Joana Pereira, Beatriz Santos, Mariana Fonseca, Íris Fartura, Carolina Tavares, Linda Nunes, Margarida Rodrigues, Cristiana Rosa, Raquel Costa, Teresa Teixeira e Inês Fartura.






4ª Jornada: Anadia F.C. -17 - Galitos/ Internacional house – 104 

Mais um jogo! 
Este domingo realizámos o 4º encontro da 3ª fase distrital contra a equipa do de Anadia. 
Numa tarde chuvosa que convidava mais a ficar em casa, fomos literalmente cumprir calendário. 
O jogo resume-se exatamente a isso, cumprir calendário, tanto é que não temos muito a relatar, apenas que serviu para todas jogarem o mais possível. 
Agora resta-nos a última etapa desta fase, antes de procurarmos conseguir garantir o acesso ao inter-associações. Temos de ter concentração máxima, porque do outro lado vai estar uma equipa exactamente com a mesma ambição. 
Há que trabalhar melhor esta semana para atingirmos os nossos objetivos. 
Mais uma vez sentimo-nos realmente acarinhadas pela grande presença dos nossos pais, muito obrigado, o vosso apoio é fundamental, esperamos ver-vos mais vezes, já no próximo domingo em nossa casa. 
Sofia Pinho e Melo 
Parciais:05-30; 02-35; 02-21; 08-18
Marcha: 05-30; 07-65; 09-86; 17-104 

Galitos: Mariana Gouveia, Bárbara Lameiro, Margarida Cura, Ana André, Rita Rodrigues, Daniela Caldeira, Mariana Limas, Filipa Silva, Mónica Campos, Matilde Açafrão; Sofia Ribeiro e Mafalda Solá.

4ª Jornada: Esgueira 67 – Galitos/Hello Aveiro 73 


Visita a Esgueira, parte II
Esta foi, provavelmente, a semana mais difícil da época até aqui. 
Desgastados da jornada dupla da semana anterior, mentalmente já cansados por todas as tarefas escolares e desportivas, com menos sessões de treino do que o habitual, não conseguimos treinar com a consistência e alegria que nos caracterizam. 
O jogo foi a 2ª parte de uma filme que já tínhamos visto, que no entanto não queríamos que se repetisse. 
Boa entrada ofensiva, fugimos no marcador, entrámos na nossa rotação, relaxámos, adversário galvaniza-se, entusiasma-se e chega ao intervalo na frente face à nossa apatia. 
No recomeço após o intervalo reagimos, passámos para a frente e voltámos a permitir um parcial negativo de 7-0 nos últimos minutos do 3º período. 
Entrámos melhor no 4º período com 11-00 e fugimos de vez no marcador. 
Último período demasiado agitado, em que não tendo nada que ver com a situação, não aumentámos a diferença no marcador como devia ter acontecido. 
Defensivamente, ficámos muito aquém do que já fizemos, especialmente na defesa ao jogador com bola. Estamos melhores a cumprir o que preparamos e pedimos durante a semana, no balneário ou nos descontos de tempo, no entanto ainda temos falhas. 
Temos de cumprir, respeitando o trabalho e as exigências, de forma a revelar mais maturidade. Estes são princípios fundamentais para termos sucesso. 
Luís Araújo 
Parciais: 15-20; 23-14; 17-19; 12-20
Marcha: 15-20; 38-34; 55-53; 67-73

Galitos: David Peralta (3), Tiago Almeida, Hugo Verde (3), Bruno Fartura (9), João Padilha (31), Hugo Rangel, Bernardo Fernandes (6), Emanuel Silva (13), Francisco Cacho (2), Diogo Sousa (6), Pedro Mealha e João Tavares (2).




Fotos: Carlos Padilha

 
Formação Itinerante da ABA

Esta segunda-feira, dia 26 de novembro, a ABA vai retomar a sua Formação Itinerante co a realização da 1ª Ação desta temporada.

A formação vai decorrer em Paços de Brandão às 21h com os treinadores João Costeira e Orlando Simões


3ª Jornada: Oliveirense 60 – Galitos/INDASA 62 


Vitória sofrida em mais um prolongamento… 
Na 3ª jornada desta fase deslocámo-nos ao recinto da Oliveirense, equipa que já tinhamos defrontado na 1ª fase e vencido após prolongamento. Hoje a história voltou-se a repetir. 
Ao contrário dos 2 últimos jogos, entrámos bem, a conseguir comandar o encontro, mais agressivos na defesa e a conseguir condicionar o ataque adversário, tendo melhorado a velocidade da nossa transição defesa-ataque, finalizando várias situações em vantagem. No final do 1º período vencíamos por 14-08. 
No 2º período continuamos a ser superiores em termos ofensivos, mas na nossa defesa fomos algo permissivos, não deslizando de forma correta e defendendo muito com as mãos. O resultado no final da 1ª parte era-nos favorável em 29-22. 
Falámos ao intervalo com os atletas sensibilizando que estando na frente do marcador teríamos que entrar na 2ª parte decididos a “matar” o jogo, mas assim não foi. 
O 3º período foi de muito equilíbrio mais por demérito nosso, chegando a ter 9 pontos de vantagem 33-24, mas através do excesso do número de faltas despropositadas, permitiamos à Olivireirense continuar próxima no marcador. 
No 4º período baixámos muito o nível de agressividade defensiva, dando confiança ao adversário, que lutou e foi encurtando distância. A 4 minutos do fim a Oliveirense estava na frente para 42-47, mas a nossa equipa uniu-se e procurou “remar contra a maré”, num ambiente quente nas bancadas e com uma arbitragem a permitir muitos contatos. Conseguimos “ir buscar o jogo”, levando o jogo a prolongamento. 
Nesse período demonstrámos mais frescura física, acabando por vencer bem por 62-60. Parabéns a todos pela atitude, pelo empenho e pelo acreditar que demonstraram, principalmente na parte final. 
Fizemos um bom jogo, melhor em termos coletivos e ofensivos, fomos mais rápidos a reagir, mas temos que ser mais constantes durante os 40 minutos. 
Agradecemos a presença dos familiares e amigos que na bancada sempre nos apoiaram neste jogo fora de casa às 21h. 
A equipa deseja as melhoras ao atleta Nuno Lemos que se lesionou neste jogo. 
André Leitão 
Parciais: 08-14; 14-15; 13-11; 17-12; 08-10
Marcha: 08-14; 22-29; 35-40; 52-52; 60-62 

Galitos: Rogério Ratola (1); Miguel Pina (5); João Lamas (11); Ruben Costa (4); Vasco Peralta (15); Nuno Lemos (8); Nuno Simões (11); Bruno Soares; Diogo Santos (4); Francisco Pinheiro (3); Rafael Moreira e Carlos Monteiro.



Feliz Aniversário


A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita o atleta Sub-10 do MiniGalitos Diogo Camacho pelos seus 9 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

Seniores Femininos derrotam Bolacesto 
Sub-18 Masculinos vencem em Esgueira
Sub-16 Masculinos A vencem em Ílhavo

As Seniores Femininos regressaram às vitórias ao derrotar o GD Bolacesto por 55-45 em jogo disputado em casa emprestada, no Pavilhão Aristides Hall da Universidade de Aveiro. A equipa de Gaia esteve melhor durante a 1ª parte com o Galitos/AAUAv a só conseguir passar para a frente no minutos finais (26-24). Na 2ª parte esteve sempre no comando acabando por vencer bem.

Os Sub-18 Masculinos foram a Esgueira infringir a 1ª derrota ao seu adversário ao vencer por 67-73. O jogo foi muito equilibrado com o Galitos/HELLO AVEIRO só a meio da 2ª parte é que conseguiu ganhar uma vantagem que soube gerir até aos minutos finais.

As  Sub-19 Femininos foram a SJ da Madeira perder com a Sanjoanense por 70-37. O Galitos/ESTRELA DO SUL voltou a entrar mal na partida concedendo uma vantagem significativa ao adversário que aproveitou para ir ampliando ao longo do encontro.

Os Sub-16 Masculinos A, depois de terem vencido após prolongamento ontem à noite, foram a Ílhavo derrotar o Illiabum por 60-67. A equipa de Ílhavo esteve no comando do marcador durante praticamente toda a 1ª parte com o Galitos/INDASA a empatar perto do intervalo. Na 2ª metade os Galináceos passaram para a frente e geriram o resultado sem no entanto ter conseguido uma vantagem confortável.
Os Sub-16 Masculinos B, depois da vitória ontem em Anadia foram à Gafanha perder 59-47.


Os Sub-14 Masculinos A venceram a Sanjoanense B por 75-31 em jogo realizado no Pavilhão Aristides Hall da Universidade de Aveiro. O Galitos/SENDA entrou bem resolvendo o encontro logo na 1ª parte.

Os Sub-14 Masculinos B foram a Oliveira do Bairro perder com os Atómicos por 64-38. Frente a uma equipa A os jovens do Galitos/SPOT não conseguiram superar o adversário apesar de terem equilibrado vários momentos do jogo.

As Sub-14 Femininos foram a Anadia vencer por 17-104 num jogo sem grande história como o próprio resultado demonstra tal a diferença entre a equipa do Anadia FC e o Galitos/INTERNATIONAL.

As 2 equipas de Sub-13 perderam ambas. A equipa feminina em Vagos frente ao Colégio de Calvão por 5-2 e a masculina em Sangalhos por 4-2.

O MiniGalitos participou em mais 2 encontros de Sub-10 com uma equipa em Ílhavo e outra no Beira-Mar.

;;
Galitos Basquetebol - Original Posting Rounders 3 Column | Design: Douglas Bowman | Modification: Ricardo Brito/João Cura