P A T R O C I N A D O R E S

4ª Jornada: Ovarense B 58 – Galitos 67

Bom jogo em Ovar

Depois da derrota que sofremos na 1ª volta a expectativa para este jogo era elevada.
Na Arena Dolce Vita em Ovar a nossa equipa realizou o melhor jogo destas 2 fases. Com uma entrada destemida e extremamente concentrados perante uma defesa muito pressionante da Ovarense, chegámos ao final do 1º período com uma vantagem de 3 pontos e logo percebemos que poderíamos sair deste jogo com uma vitória.
No 2º parcial a concentração e a vontade de ganhar manteve-se e chegávamos ao intervalo com uma vantagem de 8 pontos.
Na 2ª parte, devido a algumas desatenções e também por mérito do nosso opositor deixámos o adversário aproximar-se e a meio do 3º período a vantagem era de apenas 1 ponto. Após um desconto de tempo melhorámos no aspecto defensivo e conseguimos de novo uma vantagem de 8 pontos diferença com que chegámos ao fim deste 3º período.
Na entrada para a parte final do jogo e quando se pensava que iríamos tremer, aconteceu precisamente o contrário, os nossos jovens concentraram-se, defenderam a preceito e no final do jogo tínhamos uma confortável vantagem de 9 pontos no marcador.
Nota: no 1º jogo realizado em casa foi dito na crónica que a equipa da Ovarense B se apresentou com 2 jogadores da equipa A o que não corresponde à verdade, após conversa com o treinador da Ovarense foi esclarecido isso e desde já as nossas desculpas para o sucedido.
Paulo Sá
Parciais: 16-19; 10-15; 16-16; 16-17
Marcha: 16-19; 26-34; 42-50; 58-67

Galitos: Guilherme Gonçalves, Marcelo Cardoso, Miguel Pina (2), Hugo Rangel (16), Pedro Mealha (6), Luís Pina (22), João Daniel (14), Nuno Simões, Luís Cupido (3) e Pedro Vieira (4).

4ª Jornada: Galitos B 57 – Oliveirense 66

Depois de um bom jogo, últimos 2 minutos deitaram tudo a perder

A equipa de juniores BB do Galitos recebeu no seu pavilhão, a equipa B daOliveirense, em jogo a contar para a 4ª jornada da 2ª fase do campeonato Regional.
Antevia-se um jogo bastante equilibrado atendendo à última prestação da equipa da Oliveirense no nosso pavilhão. Foi um encontro bem disputado.
No 1º período não fomos suficientemente fortes para contrariar o melhor jogo ofensivo do adversário chegando ao fim deste parcial com uma desvantagem de 6 pts (14-20).
No 2º período rectificámos algumas falhas defensivas o que nos permitiu passar para a frente do marcador 32-28 resultado com que fomos para intervalo.
O 3º período continuou bastante equilibrado chegando ao último parcial com vantagem de 6pts (42-36). Nesta fase decisiva conseguimos, quase até final do mesmo (últimos 2 min.), ter o controle do jogo dispondo de uma vantagem de 10 pontos. Nestes últimos minutos a Oliveirense galvanizou-se e conseguiu empatar a partida quando aproveitou da melhor forma os últimos 4 seg. que dispunha na ultima posse de bola para empatar o encontro (54-54).
Nos 5 minutos extra não fomos capazes de dar a volta ao resultado e acabamos por perder o jogo por 57-66.
Quero realçar a muito boa atitude de todos os nossos atletas, que tudo fizeram para que o resultado fosse outro, temos que ser um pouco mais consistentes e aprender com os erros para que não os voltemos a repetir.
Paulo Santos
Parciais: 14-20; 18-08; 10-08: 12-18: 04-12
Marcha: 14-20; 32-28; 42-36; 54-54; 57-66

Galitos: Tiago Maio (7), Francisco Gonzalez (2), Luís Folque (20), João Limas (2), João Paulo (6), Ricardo Lopes (4), Luís Sousa (9), Ricardo Perdigão (7), Gustavo Sardo e João Ferreira.

Mês de Novembro
MiniGalitos Sub-10 - Destaque Mensal de participação nas actividades da Equipa


Neste mês de Novembro especial destaque para o José Balseiro, o Gonçalo Naia, o Luíz Gonzaga e o Martim Jesus que participaram em todas as actividades. Para além deles, mais 12 atletas participaram em pelo menos 60% das actividades da equipa, entre Treinos e Encontros.

5ª Jornada: Sangalhos 44 – Galitos 57

Vitória apesar da 2ª parte menos conseguida

O início de jogo mostrou de imediato como se iria desenrolar o resto do encontro. As 2 equipas mostravam-se muito “moles” na defesa e demasiadas precipitadas no ataque, pelo que não surpreendia o facto dos primeiros pontos do jogo apenas serem concretizados ao fim de 3m30s! O equilíbrio manteve-se até ao final do 1º quarto mas sempre com ligeira vantagem da nossa parte.
O 2º quarto foi aquele em que tivemos melhor prestação. A nível defensivo aumentámos a pressão no jogador com bola e condicionámos o ataque do adversário. Ofensivamente estivemos bem e ao realizar uma boa circulação de bola, acabámos por encontrar a melhor solução para concretizar alternando o jogo interior com o lançamento exterior.
Com a vantagem de 15 pontos ao intervalo e o ascendente sobre o adversário mostrado na 1ª parte nada perspectivava que na 2ª parte entrássemos com uma atitude tão displicente.
O Sangalhos mudou a defesa e subiu a pressão a ¾ do campo e a nossa desconcentração foi total. Ao utilizar o drible em detrimento do passe na transição defesa/ataque e contra a zona apenas o lançamento exterior como solução sem sucesso, somente conseguimos concretizar 11 pontos no 3º período e nos 2 minutos finais!
O ultimo período foi a continuação do anterior para ainda pior. A prestação ofensiva foi desastrosa, 8 pontos marcados. Não colocávamos em prática nada do que treinámos durante a semana e tentávamos resolver individualmente o que devia ser um trabalho de equipa. Com a defesa em bom plano nada justificava esta atitude no ataque e assim quando atingimos 20 pontos de vantagem (51-31) no início deste período permitimos ao Sangalhos 12 pontos consecutivos e o aproximar no marcador, felizmente sem acabar por comprometer o resultado final.
A vitória foi a única coisa boa deste jogo. A atitude colectiva no ataque foi o lado negativo numa exibição muito cinzenta.
Jorge Dias
Parciais: 11-16; 12-22; 08-11; 13-08
Marcha: 11-16; 23-38; 31-49; 44-57

Galitos: Diogo Peralta (3) Diogo Lima (2), João Silva (5), Élio Maia (12), Nuno Gonçalves (12), João Gama (4), Alexandre Brandão, Gonçalo Pereira (13), André Ferreira (2), Luís Oliveira (4) e Hugo Soares.


3ª Jornada: Galitos B 40 - Gafanha B 47

Galitos perde após 1ª parte irreconhecível

Perante uma equipa do Gafanha forte fisicamente e agressiva na defesa a equipa galinácea teve uma 1ª parte irreconhecível. Não pressionando, participando pouco no ressalto, não correndo para o contra-ataque e “oferecendo” bolas ao adversário. O resultado da 1ª parte, sem surpresa, reflectia a apatia galinácea e a vontade do Gafanha (16-32).
Após o intervalo aparecemos transfigurados em jogo, com agressividade, vontade e corrigindo os pontos mais negativos da 1ª parte.
Na parte final e decisiva do encontro o Galitos só se pode queixar de si mesmo. Conseguiu superiorizar-se ao Gafanha, mas após recuperar e chegar a estar a apenas 3 pontos a 2 minutos do fim, deixou de jogar com a cabeça e começou a jogar apenas com o coração. A equipa de Aveiro teve a oportunidade de se aproximar ainda mais mas com 2 lançamentos debaixo da tabela desperdiçados a equipa viu-se obrigada a arriscar na defesa e acabou por não conseguir a vitória. Os atletas tudo tentaram na 2ª parte para corrigir o mau desempenho e resultado que traziam da 1ª parte mas não foi suficiente para alcançar a vitória.
Mais uma vez, bom jogo na 2ª parte.
Bruno Fangueiro
Parciais: 10-19; 06-13; 10-05; 14-10
Marcha: 10-19; 16-32; 36-37; 40-47

Galitos: Mauro Laranjeiro, Reynaldo Morales (4), Hugo Verde (2), Henrique Romão (6), João Tavares (2), Miguel Ferreira (10), João Pedro, Pedro Pereira, Tiago Monteiro, Bernardo Fernandes (8), Francisco Cacho e André Resende (8).

3ª Jornada: Galitos 53 - Colegio Calvão 57

Trabalho ainda não foi compensado

Partimos para este jogo com bastantes baixas devido a lesões e a doença e como todas no grupo são essenciais esta característica desfavorecia-nos um pouco para esta partida. Mesmo assim, o bom trabalho que temos vindo a desenvolver e o aumento da confiança no grupo não foram suficientes para vencer mas, provavelmente, fizeram-nos aprender e continuar a crescer como equipa.
Um 1º período em que estivemos bem a nível defensivo, a pressionar a meio campo e a fechar as linhas de passe, provocámos alguns turn-overs à equipa de Calvão, cujas recuperações de bola nos permitiram sair várias vezes em contra-ataque, pena que maior parte delas não foram concretizadas.
Desta forma, acabámos o período a perder (2-10), mas poderíamos ter concretizado vários lançamentos fáceis que nos teriam deixado numa posição bastante mais confortável. Apesar disso não desistimos do jogo e conseguimos ganhar o período seguinte (15-11), através da eficácia da pressão que imprimimos a todo campo, onde todas participaram de forma positiva nas várias recuperações de bola e onde estivemos melhor na finalização.
Chegámos ao intervalo a perder por apenas 4 pontos e alertámos para o facto de iniciarmos quase sempre mal o 3º período, sendo necessária calma e concentração para continuarmos o bom empenho defensivo e melhorarmos a finalização para podermos passar para a frente do marcador e não permitir que o adversário se distanciasse.
Os objectivos foram parcialmente alcançados, pois poderíamos ter sido ainda mais eficazes na finalização para podermos passar para a frente do marcador, o que deixaria a outra equipa muito mais desconfortável. Mesmo assim, perdemos o período só por 3 pontos (16-19).
Saímos vitoriosos no 4º período mas não foi o suficiente para podermos vencer. Período forte a nível de ataque e muito equilibrado, com ritmos de jogo satisfatório em relação ao trabalho que temos vindo a desenvolver.
Mesmo no fim o equilíbrio foi evidente e chegámos a criar situações para empatar o encontro mas, não conseguimos passar para a frente do marcador.
A vontade de ganhar têm sido evidentes e as melhorias do grupo a vários níveis também. A vontade só não basta, mas há que acreditar que estamos no bom caminho e que o trabalho vai ter reflexos no rendimento da equipa.
Melhorámos quanto aos níveis de auto-estima, mesmo nos momentos mais difíceis mas, temos de melhorar ainda mais os níveis de concretização.
Nuno Cruz
Parciais: 2-10; 15-11; 16-19; 20-17
Marcha: 2-10; 17-21; 33-40; 53-57

Galitos: Ana Samy (1), Melanie Costa, Sara Torres (12), Ana Carolina Sousa, Andrea Silva, Sara Pinto (9), Sara Souto (8), Renata Santos (4), Joana Reis (8), Karen Silva e Sara Santos (11).

:

Acredito que as pessoas disciplinadas podem fazer qualquer coisa.
Geralmente os jogadores que chegam ao basquetebol universitário já estiveram sujeitos a disciplina, caso contrário não seriam tão bons.
Já tiveram várias vezes que renunciar a muitas coisas para treinar.

Dean Smith
(ex-Treinador de Jordan na Universidade de Norte Carolina,
campeão Universitário)


Acompanha a percurso de todas as equipas aqui no treinadores.galitos.

Para além das crónicas semanais, estão disponíveis no blog links que permite ter acesso aos calendários de todas as equipas que o Galitos tem em competição, bem como os resultados de todas as equipas envolvidas e a classificação de cada grupo/fase.

Na coluna do lado esquerdo, na secção das equipas, estão disponíveis os links.
:

Seniores Femininos mantêm invencibilidade no campeonato


A equipa do Galitos/AAUAv continua sem perder no Campeonato Nacional da 2ª Divisão. Hoje foi a casa do vizinho Esgueira conquistar mais uma vitória, a 4ª consecutiva.

O dia começou com os Sub-14 Mistos a vencerem a vencerem a Ovarense D. Depois de terem perdido em Ovar após prolongamento esta jovem equipa realizou um bom jogo.

Os Sub-16 Masculinos B receberam e perderam com o Gafanha num jogo extermamente equilibrado, só decidido nos minutos finais.

Os Sub-18 BB perderam também em casa frente à Oliveirense. A equipa esteve muito bem durante praticamente todo o jogo entrando nos últimos 3 minutos com uma vantagem de cerca de 10 pontos. Alguma desconcentração e desatenção permitiu que o adversário empatasse e levasse o encontro para o prolongamento. Nesta fase do jogo os adversários foram mais serenos e acabaram por vencer.

:

Feliz Aniversário

A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita a atleta Diana Araújo pelos seus 12 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

Seniores Masculinos averbam 1ª derrota.
Juniores B somam mais uma vitória


Depois de na passada quarta-feira os Sub-20 ter terminado a 1ª volta com uma vitória em Sangalhos, os Seniores Masculinos foram ao Porto perder pela 1ª vez frente ao Vasco da Gama.

As equipas femininas perderam todos os jogos desta tarde.
As Sub-14 a disputar o grupo Nacional não conseguiram ultrapassar o Esgueira depois de terem vencido na 1ª volta em casa.
As Sub-16 foram a Vagos perder e as Sub-19 não conseguiram superar o Colégio de Calvão em jogo equilibrado.

Os Sub-14 A foram a Ovar vencer a equipa B da Ovarense e os Sub-18 A obtiveram mais uma folgada vitória na recepção ao Illiabum.


:

3ª Jornada: Galitos 80 – GICA 56

Excelente 3º período permite bom resultado

Depois de uma vitória folgada na véspera, no domingo recebemos a equipa do GICA.
O GICA apresentou-se com uma equipa bastante alta que, como prevíamos, nos iria dificultar bastante o jogo.
Com um começo bastante equilibrado e com alguma desvantagem nos ressaltos, a equipa ia roubando algumas bolas e através de contra-ataques conseguimos chegar ao fim do 1º período com uma vantagem de 2 pontos.
O 2º período foi praticamente uma cópia do 1º, desvantagem de estatura e conta-ataques rápidos mercê de bolas recuperadas na defesa. O intervalo chegou e a nossa vantagem era de somente 3 pontos.
A história deste jogo começa no 3º período. Após o intervalo e depois de se acalmar os atletas que estavam agitados devido a vários confrontos físicos da 1ª parte a equipa reagiu e por força de uma pressão muito forte na defesa, baralhámos por completo o nosso adversário e conseguimos um parcial de 33-13, que diz bem da eficácia, tanto defensiva como ofensiva do grupo.
O último período foi jogado a um ritmo mais lento e com uma vantagem de 20 pontos limitámo-nos a controlar o jogo até final.
Uma palavra de apreço aos nossos jovens que não se deixaram levar pelas emoções do jogo e privilegiaram o colectivo, sacrificando o individual e com isso conseguimos a vitória neste jogo.
Paulo Sá
Parciais: 15-13; 17-16; 33-13; 15-14
Marcha: 15-13; 32-29; 65-42; 80-56

Galitos: Guilherme Gonçalves (2), Marcelo Cardoso, Eduardo Oliveira, João Lamas (6), Hugo Rangel (17), Pedro Mealha (9), Luís Pina (30), João Daniel (10), Nuno Simões (2), Luís Cupido (1) e Pedro Vieira (3).

2ª Jornada: A D Vagos 20 – Galitos 96

Vitória folgada em Vagos

Neste fim-de-semana de jornada dupla, com visitas a Vagos e recepção ao GICA começou com um bom desfecho. A visita a Vagos revelou-se mais fácil do que esperávamos.
Com uma entrada em campo muito pressionante logo no 1º período vimos que o jogo nos ia correr de feição e conseguimos uma vantagem de 13 pontos.
No 2º período o desnível foi ainda maior e a vantagem acentuou-se, chegando a equipa do Galitos ao intervalo com uma diferença de 37 pontos no marcador (11-48)
Na 2ª parte as coisas não se alteraram e altura de gerir o tempo de jogo e de dar mais minutos aos jogadores, que por razões diferentes jogaram menos tempo durante os jogos anteriores.
De saudar o regresso do Luís Pina, que por lesão esteve ausente durante 3 jogos.
Paulo Sá
Parciais: 3-16; 08-32; 02-16; 07-32
Marcha: 3-16; 11-48; 13-64; 20-96

Galitos: Guilherme Gonçalves (2), João Francisco (2), João Lamas (10), Hugo Rangel (14), Pedro Mealha (8), Luís Pina (20), João Daniel (10), Nuno Simões (9), Luís Cupido (12) e Pedro Vieira (9).

3ª Jornada: Illiabum B 55 – Galitos B 49

Galitos perde em Ilhavo

Os juniores BB do Galitos deslocaram-se a Ílhavo, para o 3º jogo da 2ª fase.
Com um começo pouco agressivo em termos defensivos e com muitas dificuldades em finalizar cestos fáceis depressa atingimos uma desvantagem no marcador de 9 pts, chegando ao fim do 1º parcial com o resultado 10-18.
No 2º período fomos mais eficazes em termos ofensivos e isso permitiu-nos encurtar a distância no marcador (25-29) resultado com que fomos para intervalo.
No 3ª período voltámos a não estar bem, nem defensivamente, nem ofensivamente, pois só conseguimos marcar 4 pts, voltando a deixar que o nosso adversário se afastasse no marcador.
Entrando no último parcial com uma desvantagem de 10 pts, não fomos capazes de inverter essa situação, apenas reduzimos a diferença, terminando o jogo com o resultado 49-55
Paulo Santos
Parciais: 18-10; 11-15; 10-04; 16-20
Marcha: 18-10; 29-25; 39-29; 55-49

Galitos: Filipe Pereira, Tiago Maio (12), Francisco Gonzalez (2), João Limas (9), Luís Sousa (5), Vasco Quintino (9), João Clemêncio (8) e Gustavo Sardo (4).

2ª Jornada: Galitos B 58 - Sanjoanense B 52

Galitos consegue 1ª vitória

O Galitos conseguiu a sua 1ª vitória da época em casa frente à Sanjoanense B.
Após não ter entrado muito bem em jogo, perdendo o 1º período por 10-14, a equipa galinácea melhorou entrando muito forte no 2º parcial, não permitindo espaços à equipa adversária, pressionando muito e correndo rápido para o ataque. Estas foram as chaves para se ter conseguido um 2º período em que a equipa do Galitos não só conseguiu anular a desvantagem que trazia do 1º período como conseguiu ir para o intervalo em vantagem no marcador (31-20).
Na 2ª parte a equipa de Aveiro acusou o desgaste do esforço realizado na 1ª metade, e pese embora não tenha conseguido manter o mesmo ritmo, a verdade é que também não adormeceu e conseguiu sempre manter uma vantagem segura não permitindo que a Sanjoanense se aproximasse no marcador.
Bom jogo
Bruno Fangueiro
Parciais: 10-14; 21-06; 13-17; 14-15
Marcha: 10-14; 31-20; 44-37; 58-52

Galitos: Mauro Laranjeiro (2), Fábio Oliveira, Hugo Verde (13), Henrique Romão (2), João Tavares, Miguel Ferreira (12), João Pedro, Pedro Pereira, Tiago Monteiro, Bernardo Fernandes (6), Francisco Cacho e André Resende (12).

2ª Jornada: Oliveirense 66 - Galitos 51

Melhorias ainda não chegaram para ganhar

Início de 1º período forte com uma defesa a meio campo bastante consistente e organizada que permitiu uma entrada no jogo eficaz e positiva (2-7). Esta característica foi-se mantendo mas, no que diz respeito ao ataque não conseguíamos concretizar as várias oportunidades que eram criadas, mesmo em situação de contra-ataque, que tantas vezes treinamos ao longo da semana. Nesta fase não marcávamos e começámos a permitir alguns contra-ataques por parte da equipa adversária que fizeram que a mesma se distanciasse um pouco.
No início do 2º período continuámos sem reagir e a diferença pontual entre as 2 equipas começou a acentuar-se. Após um desconto de tempo, onde foi pedido à equipa para reagir, para melhorar a sua atitude e entrega na parte defensiva e eficácia na parte ofensiva, as coisas começaram a aparecer e a ganhar forma. Após várias recuperações de bola e boas finalizações, onde se conseguiram criar boas conjugações ofensivas entre os extremos e os postes, o resultado começou a equilibrar e encostámos no marcador (32-29) e não fosse um triplo e um contra-ataque concretizados por parte da equipa adversária nos últimos segundos do período, teríamos ido para o intervalo a perder só por esses mesmos 3 pontos.
A entrada no 3º período ditou a nossa derrota, ao sofrermos um parcial de 20-0, ao qual não conseguimos reagir. Nesta fase permitimos vários contra-ataques, o que fez com que a vantagem pontual se fosse dilatando.
No 4º período e após nova reflexão acerca da entrega em campo e de reforço para acreditarem nelas próprias, no seu trabalho individual e de equipa a atitude tornou a mudar e a vontade de querer agarrar o jogo tornou a estar presente. O grupo ficou mais concentrado, melhorou na recuperação defensiva criando mais equilíbrio entre ataque e defesa, levando o adversário a ter que jogar mais em ataque organizado e menos em contra-ataque. Com várias alternâncias defensivas, fechámos mais as linhas de passe e recuperámos bastantes bolas, o que provocou alguma instabilidade na organização da equipa adversária. Nesta fase se o nosso ataque fosse um pouco mais eficaz, o resultado poderia ter sido mais equilibrado. No último período ganhámos (4-12) mas, poderíamos ter ganho por muito mais.
Esperamos continuar a melhorar duas características que eu acho essenciais para obtermos um pouco mais de sucesso, sendo elas elevar a auto-estima, principalmente nos períodos difíceis e a eficácia no que diz respeito à finalização.
Nuno Cruz
Parciais: 21-12; 16-17; 26-10; 04-12
Marcha: 21-12; 37-29; 62-39; 66-51

Galitos: Mafalda Segura (5), Melanie Costa (3), Sara Souto (6), Joana Reis, Sara Santos (4), Francielle França, Sara Pinto (8), Andrea Silva, Renata Santos (17), Karen Silva (2), Raquel Lamas e Sara Torres (6).

1ª Jornada: Ovarense B 77 – Galitos B 49

Galitos inicia 2ª fase com derrota

Depois da paragem e da reorganização dos grupos, a equipa galinácea iniciava a 2ª fase em Ovar.
Perante uma equipa difícil e bem organizada os miúdos de Aveiro sentiram grandes dificuldades, nunca conseguindo, durante a 1ª parte, jogar de igual para igual.
Se é verdade que a Ovarense foi mais forte que o Galitos, verdade é também que o Galitos só se pode queixar de si mesmo.
A 1ª parte foi pautada por uma grande passividade dos Galináceos que permitiram à Ovarense passear-se no ataque e não sentirem grandes dificuldades na defesa.
À entrada para a 2ª parte a história do jogo foi bem diferente. A equipa de Aveiro entrou aguerrida e com vontade de mudar o rumo ao jogo.
Posicionando-se melhor na defesa, saindo para o contra-ataque e sendo bastante mais colectivos do que tinham sido na 1ª parte, fez com que os Galináceos conseguissem equilibrar o resultado da 2ª parte (30-29).
Bom jogo.
Bruno Fangueiro
Parciais: 27-08; 20-12; 18-12; 12-17
Marcha: 27-08; 47-20; 65-32; 77-49

Galitos: Mauro Laranjeiro, Fábio Oliveira, Hugo Verde (4), Henrique Romão (2), João Tavares, Miguel Ferreira (6), Pedro Pereira, Jorge Anjos, Reynaldo Morales (4), Bernardo Fernandes (6), Francisco Cacho (12) e André Resende (6).

A Selecção Distrital de Sub-14 Masculinos -2008-09


Foto Carlos Padilha

Fizeram parte desta equipa que participou nas Festas e Portimão dois Galináceos, Bruno Fartura e João Padilha.
:

Feliz Aniversário

A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita a atleta Cadetes Mónica Duarte pelos seus 15 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

4ª Jornada: Galitos 81 - Anadia 51

Apesar da má entrada, grande vitória

O nosso mau início de jogo permitiu que o 1ºperíodo fosse dominado pelo Anadia. Após os nossos 2 pontos iniciais, estivemos durante alguns minutos sem marcar, muito precipitados no ataque e na defesa deixámos que o adversário jogasse ao ritmo lento que pretendia. Ao melhorar a nossa concentração conseguimos equilibrar o jogo e acabar o período “encostados” no marcador.
No 2º período entrámos com outra dinâmica. Exercemos forte pressão em todo campo sobre o portador da bola obrigando o Anadia a acelerar o jogo e ao recuperarmos rapidamente a posse de bola obtivemos, em situações fáceis de concretização, um parcial de 18-0, que seria decisivo no desenrolar do jogo.
Na 2ª parte regressámos com a mesma atitude defensiva. A forte pressão na bola e nas linhas de 1º passe não permitia que o adversário se aproximasse do nosso cesto. No ataque, apesar da alteração efectuada pelo Anadia para defesa zona, mantivemos o bom trabalho colectivo que estávamos a realizar e sem precipitações conseguimos encontrar a melhor opção de lançamento e continuar a dilatar a diferença no marcador.
O último período foi jogado com menor intensidade. A nossa equipa manteve ascendente sobre o adversário e até ao final uma boa prestação defensiva não deu possibilidade que o Anadia conseguisse diminuir a diferença no marcador.
Neste jogo registamos uma grande “vitória”. Mostrámos que quando queremos e não desistimos, conseguimos dar a volta às contrariedades.
Jorge Dias
Parciais: 18-20; 26-08; 21-12; 16-11
Marcha: 18-20; 44-28; 65-40; 81-51

Galitos: João Silva (15), Matthew Moreira (28), João Clemêncio (4), André Ferreira, José Sá (2), Vasco Quintino (2), Simão Ratola (21), Pedro Fernandes (6), Luís Sousa e Luís Lobo (3).

3ª Jornada: Esgueira B 58 – Galitos B 27

Um passo atrás…

Neste fim-de-semana passado fomos a Esgueira para jogar contra a equipa B local e fomos com expectativas naturais de vencer o jogo. Tal não aconteceu mas não por falta de vontade de ganhar, vontade essa que nunca nos falta. Imensos factores contribuíram para a nossa pesada derrota, como árbitros inexperientes ou a forma agressiva como a equipa adversária jogou.
Quanto aos pormenores do jogo em si, o 1º e o 4º períodos foram os menos maus, parciais em que conseguimos algum equilibrio, muito devido à atitude agressiva com que enfrentámos a equipa adversária, constituída por elementos mais velhos, mais experientes e fisicamente mais fortes.
No entanto, os 2 pontinhos marcados no 2º período e os 4 do 3º foram decisivos! 6-24 nestes 2 parciais foi algo atípico na nossa equipa, com muito poucos lançamentos concretizados e contra-ataques sofridos uns atrás dos outros.
Temos agora 3 jogos em casa e a vitória tem que estar presente na nossa mente em todos os treinos e jogos.
Daniel Marques
Parciais: 20-13; 12-02; 12-04; 14-08
Marcha: 20-13; 32-15; 44-19; 58-27

Galitos: Rogério Ratola (2), Joana Cura, Rui Pereira (8), Afonso Pereira (4), Pedro Meireles, Alexandre Pereira (8), Luís Almeida (2), Francisco Pinheiro (2), Henrique Rocha, Luís Patrício (1) e João Lebre.

Campeões Distritais Sub-20 - 2008-09

Foto Carlos Padilha

Atletas Campeões Sub-20

António Pedro Gaioso
Carlos Resende
Diogo Peralta
Elio Maia
Gonçalo Pereira
Hugo Carvalho
Hugo Soares
João Silva
João Samico Breda
Luís Oliveira
Nuno Gonçalves
Pedro Pereira
Ricardo Leite
Rui Puga
Rui Oliveira

Treinador João Neto
Director Mário Figueiredo
Seccionista José Samico
Seccionista João Maia
:

Feliz Aniversário

A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita a atleta Sénior Stephanie Costa pelos seus 24 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

Campeões Distritais de Sub-14 - 2008-09

Foto Carlos Padilha

Na passada sexta-feira as equipas Galináceas que sagraram Campeãs Distritais na época passada foram distinguidas na Gala Anual da Associação de Basquetebol de Aveiro.

Atletas Campeões Sub-14
Bruno Fartura
Dikilson Neto
Elizer Bunga
Francisco Cacho
Henrique Romão
Hugo Rangel
Hugo Verde
João Daniel Simões
João Tiago Padilha
João Tavares
Jorge Anjos
Luís Pina
Pedro Mealha
Reynaldo Morales

Treinador - Ricardo Brito
Seccionista - António Fartura
Seccionista - Carlos Padilha
:

Feliz Aniversário

A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita o atleta do MiniGalitos Diogo Camacho pelos seus 5 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.
.

A equipa de Sub-20 do Galitos venceu hoje o Sangalhos fora por 57-44, na 5ª jornada da Fase Inter-Distrital que apura 2 equipas para a Fase Final Regional e para o Campeonato Nacional.

Este foi o ultimo jogo da 1º volta registando os Galináceos 4 vitórias e 1 derrota, que aconteceu no jogo com o Olivais em Coimbra. A equipa está assim em boas condições para obter o apuramento.

Está à venda na secretaria do Pavilhão do Clube dos Galitos o livro lançado no passado 31 de Outubro.


Não deixem de ficar com um registo da vossa passagem pelo basquetebol Galináceo.

  • Basquetebol é no Galitos – 15€ (ainda pode ser adquirido ao preço de lançamento – 12€). Este volume descreve a temporada 2008-09
  • Relatos dos Treinadores – 12€. Referente à temporada 2007-08
  • A aquisição dos 2 livros fica por apenas 18€

Estes livros contêm:
- as fotografias colectivas de todas as equipas;
- as fotografias individuais de todos os jogadores, treinadores e seccionistas;
- as crónicas de todos os encontros realizados com os parciais de jogos e os pontos marcados por cada jogador;

A edição deste ano contem ainda:
- os atletas que receberam os Diplomas – Atleta Modelo e o Prémio – Jogador do Ano;
:
- resumos das apresentações realizadas no âmbito do Plano de Formação dinamizado pelos treinadores na época passada.
:
:

.

Feliz Aniversário

A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita o atleta do MiniGalitos José Miguel Gonçalves pelos seus 6 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

3ª jornada: Galitos 63 – Académica 45

Estudantes ganham aos Estudantes.

Este Domingo a equipa do Galitos/AAUAv, após uma semana em que participou no apuramento dos CNU’s, recebeu em sua casa a equipa da Académica, também constituída por estudantes, desta feita de Coimbra e venceu de forma clara.
Iniciámos o jogo defendendo muito bem, pressionando bastante a equipa da briosa e através de alguns contra ataques conseguimos no 1º período uma vantagem de 5 pontos.
No 2º período, fazendo já alguma gestão uma vez que a equipa se encontrava cansada dos jogos efectuados poucos dias antes, conseguimos dilatar para 8 pontos a vantagem, mas nesta fase desperdiçando bastantes lançamentos fáceis, logo a vantagem poderia e deveria ser maior.
O início da 2ª parte foi demolidor, um parcial de 15-0 ditou o desfecho do jogo. Nesta fase o colectivo defensivamente e ofensivamente funcionava na perfeição.
No último parcial a equipa academista ferida no seu orgulho tudo fez para diminuir a vantagem e nós desleixámos bastante a defesa, perdendo então este período mas nunca estando em causa uma vantagem dilatada no marcador.
Num período difícil, com muitos jogos, a equipa continua a dar uma resposta positiva. Parabéns!
Ricardo Brito
Parciais: 15-10; 09-06; 28-08; 11-21
Marcha: 15-10; 24-16; 52-24; 63-45

Galitos: Elisa Sá (8), Cláudia Conceição (2), Catarina Martins (22), Milene Serrão (5), Catarina Monteiro (6), Rita Pires, Marta Pinto, Daniela Ramos (8), Soraia Magalhães, Catarina Lourenço (10) e Mónica Santos (2).

3º Jornada: Galitos 50 – Colégio Calvão 38

Primeira vitória

Na formação há um longo percurso a correr e só com paciência se consegue alcançar o pretendido. Não é apenas porque neste jogo com o Calvão fizemos a nossa 1ª vitória, mas essencialmente porque o trabalho que temos vindo a realizar, mais tarde ou mais cedo, haveria de dar os seus frutos.
Tudo fazia prever que este jogo fosse equilibrado. Gostava de realçar a atitude da equipa do princípio ao fim, o que mostra que os resultados negativos obtidos até este momento não têm tirado às atletas vontade de treinar e de continuar a aprender.
A equipa do Calvão entrou muito bem no jogo acabando a ganhar o 1º período por 8-13. Tivemos que corrigir a saída de pressão e melhorar nos ressaltos defensivos. Conseguimos melhorar nesses e noutros aspectos e fomos para o intervalo já a ganhar por 1 ponto.
Sabíamos que ia continuar a ser um jogo muito equilibrado na 2ª parte e por esse facto tínhamos de estar muito concentrados nos vários aspectos do jogo.
No 3º período apesar do equilíbrio acabámos a ganhar por 4 pontos. Depois de termos defendido 3 períodos a campo inteiro era a hora de fazer alguns ajustamentos e no 4º período defendemos mais próximo do nosso cesto e conseguimos fazer um parcial 13-5 acabando por vencer por 50-38. Foi um bom jogo com 2 equipas que queriam vencer.
Com muita paciência e muito trabalho nós vamos lá. Força miúdas, acreditem sempre. Parabéns pelo jogo que fizeram.
Armando Mouro
Parciais: 8-13; 17-11; 12-09-13-05
Marcha: 8-13; 25-24; 37-33; 50-38

Galitos: Joana Tavares (12), Catarina Pereira, Inês Ferreira (6), Tania Vieira (2), Beatriz Beer (17), Inês Vieira, Ana Sousa, Lia Delgado (6), Beatriz Pereira (4), Mariana Oliveira (5), Maria Vasconcelos e Mónica Duarte.


Feliz Aniversário

A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita o atleta do MiniGalitos Gonçalo Naia pelos seus 9 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

Feliz Aniversário

A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita a atleta Iniciada Francisca Lourenço pelos seus 12 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

Feliz Aniversário

A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita a atleta do MiniGalitos Ana Carolina Bandeirinha pelos seus 7 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

3ª Jornada: Galitos 90 – D. Leça 72

Bom jogo, excelente vitória

Como prevíamos, foi sem surpresa que defrontámos um Leça muito forte e competitivo. Como sempre foi um adversário muito organizado que nos colocou imensas dificuldades e valorizou grandemente a nossa vitória.
Após um 1º período com muitos pontos, as defesas começaram a criar maiores dificuldades aos ataques. Não tirámos nenhum proveito pelo facto de termos concretizado 25 pontos nos primeiros 10 minutos. O adversário marcou-nos quase os mesmos (23). Sabíamos que tínhamos que corrigir essa situação.
Fomos melhorando ao longo do 2º período a nossa prestação defensiva mas não tanto quanto gostaríamos. Depois de termos alcançado 6 pontos de vantagem por duas vezes, chegámos ao intervalo a perder por um (40-41).
Forçosamente havia que melhorar a defesa ao jogador da bola, fechar tudo quanto eram penetrações para o cesto e não permitir que o adversário se impusesse de novo na nossa tabela. Trazíamos 9 ressaltos defensivos perdidos da 1ª parte! Não se podia repetir. Fomos sendo mais consistentes, conseguindo a partir do meio do 3º período começar a ganhar uma vantagem que não mais deixámos fugir.
À entrada para os últimos dez minutos tínhamos 12 pontos de vantagem e 12 jogadores mais frescos. Soubemos gerir e aumentar a vantagem conquistada e garantir assim a nossa 3ª vitória na competição. Estão de parabéns os jogadores que têm treinado para as conquistarem. Vamos continuar com vontade de lutar pela vitória em todos os jogos e campos.
O MVP da nossa equipa foi Henrique Silva. Marcou 16 Pts, conquistou 10 ressaltos, provocou 5 faltas, distribuiu 3 assistências e recuperou 1 bola.
Sábado pelas 17h00, jogaremos em Gaia, onde vamos defrontar o Vasco da Gama.
João Neto
Parciais: 25-23; 15-18; 28-15; 22-16
Marcha: 25-23; 40-41; 68-56; 90-72

Galitos: Pedro Oliveira (4), Nuno Gonçalves (1), Hugo Assunção (6), Pedro Pereira (13), João Machado, Alexandre Martins (15), Luís Oliveira, Gonçalo Pereira, Diogo Gama (11), Luís Ferreira (3), Henrique Silva (16) e Dinis Amorim (21).

4ª Jornada: Galitos 69 – Sanjoanense 35

Vitória assente no trabalho defensivo
Entrámos em campo para defrontar um dos nossos adversários mais cotados sabendo que teríamos uma tarefa difícil mas possível e que dependíamos fundamentalmente do nosso trabalho.
Foi na defesa que baseámos esta vitória juntamente com a qualidade na saída para o ataque. Os jogadores interpretaram correctamente os conceitos abordados.
Entrámos no jogo com vontade, dominámos o ressalto, roubámos bolas e saímos rápido para o ataque fazendo muitos pontos em contra-ataque. Vencíamos 26-14 no final do 1º período.
No 2º período entrámos nervosos com os primeiros lançamentos falhados, o que não nos permitiu ampliar a diferença, mas cumprimos defensivamente. Ultrapassámos a sempre difícil pressão HxH do adversário que sabíamos ser um dos seus pontos fortes e onde não podíamos cometer erros.
Conseguimos ao longo de todo o jogo limitar a marcação de pontos da Sanjoanense, melhorando período a período, com um contributo positivo de todos, revelando homogeneidade e entrega.
Fundamentalmente conseguimos uma vitória importante revelando melhorias no aspecto que desde sempre marcámos como importante – a defesa – construindo o nosso jogo ofensivo a partir daí, mas vimos que no ataque HxH em ½ campo ainda temos bastante que melhorar, bem como na resposta a algum nervosismo em alguns momentos do jogo. Tudo isto é sem dúvida fruto do trabalho semanal que ainda deve e vai melhorar, sempre assente na vontade, entrega e assiduidade que temos vindo a revelar, sem nunca esquecer que o caminho a percorrer está apenas no início.
Em mais uma semana em que não tivemos todos disponíveis endereçamos as melhoras ao Gonçalo Catarino e ao Pedro Godinho.
Luís Araújo
Parciais: 26-14; 11-08; 18-07; 14-06
Marcha: 26-14; 37-22; 55-29; 69-35

Galitos: Pedro Seabra (12), Miguel Carvalho, Ricardo Perdigão (2), João Martins (4), João Padilha (10), João Lemos (2), Bolon Sauané (16), João Tavares (4), Pedro Santos (7), Bruno Fartura (10) e João Azóia (2).

2ª Jornada: Brandoense B 53 – Galitos 45

Ficámos pela areia com o mar ali tão perto…

Custa perder assim, pois custa, mas não podemos fechar os olhos a tudo o que de bom fizemos nesta partida e aos obstáculos que tivemos de ultrapassar para poder fazer o nosso jogo.
Encontrámos uma defesa muito agressiva e jogadores muito altos em comparação com a nossa equipa mas mesmo assim conseguimos combater de igual para igual, como mostram os parciais do tempo regulamentar.
Todos os jogadores jogaram nesta partida e inclusive participaram todos em momentos chave do encontro. A maneira como toda a equipa assimilou o que era preciso fazer depois daquele desconto de tempo a 2,8 segundos do fim da partida, com o Brandoense a ganhar por 2 pontos foi notável: bola reposta na linha lateral, passe picado para o cesto, corte nas costas e lançamento na passada convertido! Prolongamento!
No prolongamento a história foi outra… Desconcentração foi a palavra de ordem pois do banco vinham pedidos de penetrar em drible para o cesto e o que se via era lançamentos em desequilíbrio e com 5 segundos de ataque! O desconto de tempo a 3 minutos do fim de pouco serviu pois foi exactamente a mesma coisa que se fez em campo no tempo que faltava.
O Brandoense conquista assim a sua 2ª vitoria nesta 2ª fase e adiou a nossa 1ª vitória nesta fase.
Daniel Marques
Parciais: 10-06; 06-10; 19-18; 10-11; 08-00
Marcha: 10-06; 16-16; 35-34; 45-45; 53-45

Galitos: Sofia Garrucho, Joana Cura (4), Miguel Pina (4), Rui Pereira (5), Afonso Pereira (2), Pedro Meireles, Alexandre Pereira (14), Manuel Santos (10), Henrique Rocha (4), Luís Patrício (2) e Rogério Ratola.

Feliz Aniversário

A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita o atleta Cadete Tiago Soares pelos seus 15 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.
:

A história tem demonstrado que os ganhadores mais notáveis, de uma forma geral, enfrentaram obstáculos importantes antes de triunfar.
Ganharam porque se recusaram a que as suas derrotas os desanimassem.
B. C. Forbes
(escritor)

Galitos vence 4 jogos realizados em casa.

As duas equipas de Seniores obtiveram ambas a 3º vitória consecutiva.

A equipa Masculina ultrapassou a aguerrida equipa do Desportivo de Leça apesar de estar a perder ao intervalo.
A equipa Feminina, depois da sua participação nos CNUs esta semana, venceu a equipa da Académica.

Os Iniciados Masculinos A repetiram a vitória da véspera desta vez em casa frente ao GICA.

Os Juniores B voltaram às vitórias frente ao Anadia, ultrapassando este adversário por 30 pontos de diferença.

Os Iniciados Mistos foram a Esgueira perder e as Juniores Femininas também não conseguiram ultrapassar a Oliveirense em Oliveira de Azeméis.


:

4ª Jornada: Galitos 70 – Beira-Mar 52

Bom final da 1ª parte facilita vitória

O jogo praticado pelas 2 equipas foi de fraca qualidade do princípio ao fim.
A nossa equipa esteve desde o início muito apática, defensivamente não exercia qualquer pressão no portador da bola e ofensivamente apenas em acções individuais de contra-ataque conseguíamos concretizar.
No 2º período mantínhamos ascendente no marcador mas com pouca expressão e apenas nos 3 minutos finais, com uma mudança positiva na defesa, aproveitámos da melhor forma os erros provocados ao Beira-Mar e com um parcial de 11-1 chegámos ao intervalo com uma vantagem confortável ultrapassando a “barreira” da dezena de pontos.
No recomeço voltámos com a mesma atitude do início do jogo. Relaxados na defesa e com falta de rigor e objectividade no ataque. Desta forma voltámos a permitir que o Beira-Mar jogasse de igual para igual até final da partida.
Os 2 parciais da 2ª parte (16-12 e 13-13) não podiam traduzir melhor o desenrolar do jogo, baixa intensidade e desacerto na selecção de lançamento.
O resultado é justo mas a nossa prestação mostrou fragilidades que apenas podem ser ultrapassados se melhorarmos os níveis de intensidade de treino.
Jorge Dias
Parciais: 16-12; 25-15; 16-12; 13-13
Marcha: 16-12; 41-27; 57-39; 70-52

Galitos: Diogo Peralta, Diogo Lima (6), João Silva (16), Élio Maia (13), Nuno Gonçalves (18), Rui Oliveira, Alexandre Brandão (3), Hugo Carvalho (10), André Ferreira (4) e Hugo Soares.

Feliz Aniversário

A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita o atleta do MiniGalitos João Diogo Gavaia pelos seus 10 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

Galitos vence os 3 jogos realizados em casa

A tarde começou com a 1ª vitória da equipa de Cadetes Masculinos B. Depois de alguns jogos sem conhecer o sabor da vitória esta equipa venceu o seu 1º jogo da temporada frente à equipa da Sanjoanense.

As Cadetes Femininas também obtiveram hoje a 1ª vitória da época em jogos oficiais frente à equipa do Colégio de Calvão.

Os Cadetes Masculinos A continuam a vencer obtendo a 4ª vitória consecutiva, desta vez frente à forte equipa da Sanjoanense e por números bastante expressivos.

Os Juniores BB deslocaram-se a Ílhavo e perderam contra o Illiabum num jogo equilibrado.

Os Iniciados Masculinos A foram a Vagos vencer de forma clara.

:

Depois de no jogo da manhã ter obtido uma vitória folgada na meia-final, a equipa feminina da Universidade de Aveiro, não conseguiu ultrapassar na final o Instituto Politécnico do Porto no 1º Torneio de apuramento, equipa que se sagrou campeã nacional universitário no ano passado, perdendo por 50-30.
:

A equipa feminina da Universidade de Aveiro composta essencialmente por jogadoras do Galitos/AAUAv venceu esta manhã o Instituto Politécnico de Coimbra na 1ª meia-final por 30-15 apurando-se desta forma para a final do 1º Torneio de Apuramento para a Fase Final do Campeonato Nacional Universitário.
:

A equipa do Galitos/AAUAv para além de disputar o Campeonato Nacional da 2ª Divisão participa também nos Campeonatos Nacionais Universitários. Nesta prova, para além das atletas galináceas que participam na prova da federação integram a equipa da Universidade algumas universitárias que representam outros clubes em termos federados.

No 1º torneio de apuramento, que se está a realizar esta quinta e sexta-feira, a equipa da UA venceu o 1º jogo contra a Universidade do Porto, um dos finalistas da época passada, por 35-31. Foi uma boa vitória apesar do encontro não ter sido nada bem jogado.

O jogo da tarde não teve história com a equipa aveirense a cilindrar o ISMAIA (39-2).

Amanhã, sexta, a equipa da UA joga uma das meias finais às 10h.

3ª Jornada: Ovarense 62 - Galitos 44

Momentos finais do 1º e 2º períodos ditam resultado
Depois de exibições muito positivas nas 2 jornadas anteriores não conseguimos em Ovar manter a mesma prestação e assim perdemos o 1º jogo desta fase.
Começámos bem o jogo, com forte empenhamento na defesa, a obrigar a Ovarense a jogar longe do nosso cesto e apenas a sofrer os primeiros pontos ao 4º minuto. No entanto, na transição para o ataque seleccionámos mal os passes e lançamentos o que não nos permitiu fugir no marcador (0-4). A prestação ofensiva das 2 equipas era fraca e o resultado manteve-se equilibrado até à beira do final do parcial altura em que nos desconcentrámos e permitimos ao adversário um parcial de 11-0 em apenas 1m30s!!
No 2º período a história repetiu-se. Novo equilíbrio no jogo com alternância nos pontos marcados e erros cometidos, até que mais uma vez nos minutos finais ao baixarmos os níveis de concentração e entrega deixámos a Ovarense marcar 9 pontos consecutivos e adquirir uma vantagem que viria a ser determinante no desfecho final.
Na 2ª parte não conseguimos reagir. Tivemos uma produção ofensiva muito fraca, 8 pontos no 3º período e 12 no último, resultado da falta de esclarecimento no ataque e consequente baixa percentagem de lances livres e lançamentos curtos.
Desta forma a Ovarense controlou o jogo até final sem nos permitir aproximar no marcador. Mostrámos que mentalmente não estamos disponíveis para lidar com situações que não nos são favoráveis.
Jorge Dias
Parciais: 19-11; 16-14; 13-08; 14-12
Marcha: 19-11; 35-24; 48-32; 62-44

Galitos: João Silva (11), Matthew Moreira (4), João Clemêncio, André Ferreira, José Sá (10), Vasco Quintino (1), Simão Ratola (6), Pedro Fernandes (1), Luís Sousa (9) e Luís Lobo (2).

1ª Jornada: Gafanha 57 – Galitos 32

Resultado não condiz com boa exibição

Um 1º período equilibradíssimo, com muito boa atitude do Galitos fez com que no final do mesmo o resultado também se mostrasse equilibrado. A contínua agressividade na defesa procurando recuperar rapidamente a bolas permitiu bastantes oportunidades de ataque, pena que nem todas foram concretizadas, o que fez com que não conseguíssemos liderar o marcador, chegando ao final do parcial a perder por 4 pontos (11-15). Nesta fase do jogo obrigámos a equipa do Gafanha a errar com a nossa pressão que se mostrou eficaz.
O desfecho deste jogo começou no 2º período, onde algumas decisões desfavoráveis da equipa de arbitragem, aliados a alguns turn-overs cometidos e alguns cestos fáceis não concretizados permitiram ao Gafanha ganhar alguma vantagem. Ao intervalo perdíamos já por 13 pontos (18-31).
Se o 2º período se mostrou complicado, bem pior foi o 3º, onde a forma como foi permitido defender a uma e outra equipa foi claramente diferente o que fez com que o Galitos deixasse de defender com agressividade, obrigando-nos inclusivamente a alterar a defesa. Esta alteração fez com que a equipa adversária voltasse a cometer erros, não conseguindo marcar pontos durante um período de cerca de 9 minutos. Apesar disso não nos foi possível aproximar no marcador em virtude da equipa adversária continuar agressiva na defesa.
Bom jogo por parte das nossas atletas, onde conseguiram estar mais concentradas e serem mais equipa, tanto defensivamente como a nível do ataque.
Temos de melhorar a eficácia de lançamento e controlar mais a ansiedade para conseguirmos ultrapassar algumas barreiras.
Nuno Cruz
Parciais: 15-11; 16-07; 11-05; 15-09
Marcha: 15-11; 31-18; 42-23; 57-32

Galitos: Mafalda Segura (5), Melanie Costa, Sara Souto (2), Joana Reis, Sara Santos (9), Francielle França, Sara Pinto (2), Andrea Silva, Renata Santos (11), Ana Carolina Sousa, Raquel Lamas e Sara Torres (3).

O Galitos venceu ontem o Beira-Mar por 70-52 na 4ª jornada da Fase Inter-Distrital de Juniores A.


Depois da vitória fora frente à PT Coimbra e do triunfo caseiro frente ao ACERT, o Galitos obtêm assim a 3ª vitória nesta fase e apuramento para o campeonato nacional.


Feliz Aniversário

A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos felicita a atleta Iniciada Rafaela Reis pelos seus 12 anos e deseja-lhe as maiores felicidades.

:

Gala da ABA

Na próxima sexta feira, dia 20 de Novembro de 2009, pelas 21 horas a Associação de Basquetebol de Aveiro organiza a 3ª edição da Gala da ABA no Cine-Teatro António Lamoso (Rua Prof. Egas Moniz), em Santa Maria da Feira, integrada nas comemorações dos seus 77 anos de existência, aproveitando para homenagear os clubes e atletas que mais se distinguiram na da época passada:
  • campeões distritais,
  • clubes que venceram provas nacionais,
  • atletas que representaram as selecções distritais nas Festas Nacionais de Basquetebol
  • atletas que representaram as selecções nacionais.

O Galitos vai receber os troféus de Campeão Distrital de Iniciados Masculinos (Sub-14) e Juniores A (sub-20).

Os Atletas Bolon Sauané (Sub-16), Bruno Fartura e João Padilha (Sub-14) vão também ser distinguidos pela sua participação nas selecções distritais.

2ª Jornada: Gafanha 42 – Galitos 38

“Fizemos uma grande 2ª parte, mas não chegou…”

O Gafanha habituou-nos a ter boas equipas femininas e a deste ano não é excepção. Tínhamos a noção que, mais uma vez, ia ser um jogo difícil. Esta semana treinámos menos que nas anteriores e o adversário não ajudava. No entanto não foi esta a razão que nos levou a uma derrota amarga, mas sim um 2º período pouco produtivo e com muita desconcentração à mistura.
Até não começamos mal. Um parcial de 7-7 e com as nossas atletas altamente motivadas, depois de uma vitória no fim-de-semana anterior.
O 2º período foi desastroso. Um parcial de 15-0 levou-nos para uma posição muito debilitada e praticamente sem hipóteses de recuperar o resultado. Falhámos em quase tudo. Na defesa, no ataque, no ressalto, na transição, etc. O adversário estava muito mais forte que nós e… pura e simplesmente não conseguimos, apesar de nunca termos baixado os braços.
Na 2ª parte tudo mudou. Melhorámos substancialmente em todos os aspectos do jogo e remetemos o adversário para uma posição de igualdade. Numa vontade de mudar a história do jogo recuperámos muitas bolas e obrigámos o Gafanha a errar e sem conseguir construir jogo.
No último período mantivemos a mesma atitude. O jogo tinha mudado e nós já tínhamos equilibrado o resultado.
Chegámos perto do minuto final do encontro a vencer por 4 pontos, mas a nossa falta de experiência levou-nos a cometer 3 erros sucessivos e a permitir ao adversário ganhar o jogo.
Digamos que o Gafanha é um justíssimo vencedor e com todo mérito. Quanto a nós, demos tudo para vencer o encontro, mas o jogo tem 4 períodos e não 3 e nem os 29 pontos concretizados na 2ª parte contra os 20 do adversário nos atribui a categoria de vencedor.
Atrevo-me a dizer que pela nossa atitude fomos uns verdadeiros campeões, que estamos à altura das melhores equipas regionais e que podem contar connosco para lutar até ao último jogo da época.
As lágrimas derramadas no fim do jogo deixa-nos um “amargo de boca”, mas não nos tira, nem a vontade, nem a garra, nem o querer, para continuar a lutar e vencer. Pelo Galitos canta, canta…
Parabéns meninas!
Miguel Coelho
Parciais: 07-07; 15-02; 08-13; 12-16
Marcha: 07-07; 22-09; 30-22; 42-38

Galitos: Bárbara Vitória (2), Bruna Pires (13), Mariana Oliveira (7), Joana Brandão, Alexandra Rosa (2), Rafaela Reis, Adriana Ramos (8), Maria Morais (1), Inês Araújo (3), Angélica Mendes, Ana Afonso e Andreia Araújo.

3ª Jornada: Vale Cambra 46 – Galitos 58

Galitos arranca vitória em casa de adversário sempre difícil

Este jogo obrigava-nos a ter a lição bem estudada e a entrar bem, procurando limitar os pontos fortes do adversário e tirar partido das nossas vantagens.
Assim foi, entrámos fortes, concentrados e agressivos. Fazíamos transições rápidas, mudávamos o lado da bola e explorava-mos o bloqueio directo o que nos permitiu liderar sempre o marcador com um parcial de 14-4.
Apesar da nossa objectividade baixámos a intensidade defensiva e tomamos más decisões no ataque o que permitiu ao adversário aproximar-se fruto da acção dos seu jogador mais influente que marca todos os 12 pontos da sua equipa no 1º parcial.
No 2º período tínhamos de ser ainda mais agressivos na defesa de forma a dilatar a nossa vantagem. Novamente boa entrada, conseguimos limitar o adversário a apenas 5 pontos neste período e os 16 marcados pecaram por escassos mas foram fruto da falta de objectividade em alguns momentos.
O intervalo trazia a mudança do sistema defensivo do ACR o que nos trouxe algumas dificuldades. A equipa colocou em campo o que pretendíamos ainda sem a fluidez necessária, havia pouco espaço para jogar e revelávamos pouca qualidade no passe.
O adversário foi-se aproximando fruto de situações de contra-ataque ou acções individuais. A qualidade da nossa defesa baixou quando tivemos insucesso no ataque.
À entrada do quarto período um parcial de 2-7 deixa-nos apenas com 3 pontos de vantagem e após um desconto de tempo e com uma alteração na disposição no ataque conseguimos finalizar com facilidade, abrindo espaços na defesa contrária, conseguindo lançamentos fáceis após investirmos em penetrações para dividir a defesa.
Passamos, em poucos minutos, de uma situação em que estávamos pressionados para uma situação confortável fruto da assimilação da mudança táctica, de muita entrega e vontade de querer vencer.
Complicámos em alguns momentos as opções ofensivas e a gestão das nossas faltas também são aspectos a melhorar pois condicionam toda a equipa. Mais uma jornada em que todos juntos ultrapassámos com espírito positivo e guerreiro as dificuldades que nos foram colocadas no jogo. Todos, independentemente dos pontos marcados, ressaltos conquistados ou assistências, deram um excelente contributo. A equipa deseja as rápidas melhoras ao Miguel, Perdigão e Fartura que doentes não puderam dar o seu contributo.
Luís Araújo
Parciais: 12-17; 05-16; 17-08; 12-17
Marcha: 12-17; 17-33; 34-41; 46-58

Galitos: Pedro Seabra (11), Gonçalo Catarino (9), Pedro Godinho, João Padilha (9), João Lemos, Bolon Sauné (9), João Tavares, Pedro Santos (12), João Martins (4) e João Azóia (4).

2ª Jornada: Académico 63 - Galitos 76

Saber sofrer é e foi fundamental

No sempre difícil pavilhão do Lima conquistámos no passado Sábado a 2ª vitória perante um adversário que está muito mais forte que na época passada, o que ainda valoriza mais o nosso triunfo.
Iniciámos o jogo tendo pela frente uma defesa zona. Houve sempre equilíbrio no 1º período não tendo nenhuma das equipas conseguido fugir no marcador.
No 2º periodo, pese embora o Académico tenha mantido a mesma defesa, conseguimos através de uma prestação defensiva quase irrepreensível (só sofremos 8 pontos e 6 foram em contra ataque) ganhar uma vantagem de 14 pontos até ao intervalo (23-37).
Recomeçando com uma defesa HxH que já vinha do final da 1ª parte, o Académico tornou-se mais agressivo e conseguiu desta forma manter-se no jogo. Aproveitou uma sucessão de erros do Galitos no ataque e com vários lances livres em ataques consecutivos, mantiveram o marcador em aberto. Foi a nossa pior fase do encontro que se prolongou ainda pelo 4º período. No entanto demos mostras de saber sofrer, e sofre-se a defender. Foi tão só o que voltámos a fazer: parámos o Académico e aproveitámos as posses de bola que dispusemos, acabando por vir ao de cima a nossa maior frescura em termos físicos.
Perante uma equipa com legitimas aspirações soubemos ter uma atitude correcta durante o jogo. Há momentos em que o ataque não sai, mas tem sempre que sair a nossa força como equipa. Parabéns ao grupo, a todos os que jogaram e aos que não jogaram, por mais uma vitória.
O MVP do Galitos foi o Alexandre Martins que marcou 22 Pts, conquistou 4 ressaltos, provocou 7 faltas, distribuiu 6 assistências e recuperou 3 bolas.
No próximo Domingo pelas 16h recebemos o Desportivo de Leça no nosso pavilhão. Gostávamos de o ver por lá! ...
João Neto
Parciais: 15-19; 08-18; 20-15; 20-24
Marcha: 15-19; 23-37; 43-52; 63-76

Galitos: Pedro Oliveira (2), Nuno Gonçalves (4), Alexandre Martins (22), Pedro Pereira (6), João Machado, Jaime Neves, Dinis Amorim (23), Hugo Carvalho (4), António Gaioso (8), Luís Ferreira, Hugo Assunção (5) e Henrique Silva (2).

2ª jornada: ACERT 52 – Galitos 70

Vitória em dia de temporal.

Na passada sexta feira, em jogo antecipado da 2ª jornada do Campeonato Nacional a equipa do Galitos/AAUAv deslocou-se, em dia de forte temporal, ao sempre difícil terreno do ACERT, vencendo justamente um jogo bastante complicado.
A equipa do ACERT entrou no jogo de forma fulgurante não falhando nenhum lançamento e pressionando bastante, surpreendendo-nos de alguma forma.
Após algum descontrolo inicial fomos paulatinamente encontrando-nos, o que não foi suficiente pois terminamos o 1º período ainda a perder por 2.
Entrámos no 2ª período com uma atitude diferente pressionando campo inteiro, recuperando muitas bolas e aproveitando a subida da defesa do ACERT para encontrar os espaços vazios onde apareceu sempre alguém a lançar sozinho. No último segundo deste parcial passamos para a frente do marcador nunca mais o deixando.
Na 2ª parte, com o o tempo a agravar-se a humidade o campo quase o tornava impraticável e só o esforço incansável do funcionário do pavilhão permitiu que o jogo fosse decorrendo, embora com muitas limitações (o jogo acabou por demorar cerca de 2 horas).
A 2ª parte, embora com alguns episódios caricatos, foi de inteiro domínio da equipa galinácea que soube ter paciência para atacar a defesa zona e defender de forma coesa limitando os pontos fortes do adversário.
Terminámos o jogo com a vantagem de 18 pontos. Vencemos um jogo difícil, com uma equipa coesa, com uma atitude excelente dentro e fora de campo.
Agora vamos prepararmo-nos para o 1º Torneio de apuramento dos CNU’s.
Ricardo Brito
Parciais: 17-15; 13-17; 11-19; 11-19
Marcha: 17-15; 30-32; 41-51; 52-70

Galitos: Elisa Sá (12), Stephanie Costa, Cláudia Conceição (2), Catarina Martins (8), Milene Serrão (9), Catarina Monteiro (20), Rita Pires, Marta Pinto, Andreia Migueis (2), Daniela Ramos (2), Catarina Lourenço e Soraia Magalhães (15).

;;
Galitos Basquetebol - Original Posting Rounders 3 Column | Design: Douglas Bowman | Modification: Ricardo Brito/João Cura