P A T R O C I N A D O R E S

Torneio Internacional do Illiabum:


Competição muito positiva ao terminar a época


A convite do Illiabum Clube tivemos a oportunidade de participar neste Torneio, onde pudemos mais uma vez colocar em prática o que temos vindo a trabalhar. Forem dois dias muito longos e intensos com 8 jogos, experiências positivas e convívio. De referir que os jogos foram reduzidos com apenas 3 períodos de 8 minutos cada.
Neste Torneio participámos, como já temos vindo a fazer neste últimos meses, com um grupo composto por todos os atletas nascidos em 94 (de 1º ano) perspectivando desta forma a próxima época.
Tivemos com este Torneio mais uma experiência positiva no nosso percurso, com um contributo muito interessante de todos os jogadores.
Nem sempre estivemos bem e todos temos de perceber aquilo que não fizemos bem e perceber também quais os nossos pontos fortes e quais as nossas limitações. Esforçamo-nos, lutamos, divertimo-nos e partimos agora de férias para voltarmos em Setembro a olhar para a nova época.
Bom Trabalho
Luís Araújo

3ª Eliminatória: Illiabum 36 – Galitos B 36

Desempate nos lances livres


Defrontávamos de novo o Illiabum, agora para o 3º e 4º lugar do Torneio, de novo com alguma rivalidade no campo.
O Illiabum foi controlando o jogo no 1º período, sempre à procura de lançamentos exteriores, tendo nós demorado a entrar no ritmo.
No 2º período estabilizámos, defendendo de forma mais equilibrada e com mais dinâmica no ataque, procurando as nossas vantagens. A partir daqui o marcador teve sempre alternância até o Illiabum fugir para uma diferença de 8 pontos com poucos minutos para jogar.
Pouco a pouco e com muito ânimo conseguimos empatar o jogo com um parcial de 6-0. O tempo termina com o jogo empatado e recorreu-se a lançamentos livres para o desempate. A morte súbita deu a vitória ao Illiabum.
Luís Araújo
Parciais: 13-9; 11-14; 12-13;
Marcha: 13-9; 24-23; 36-36;

Galitos: Pedro Seabra (6), Gonçalo Catarino (3), Francisco Mata, Miguel Fer-reira, Miguel Carvalho, Jorge Paula (2), João Lemos (4), Alexandre Oliveira, João Tavares (6), Pedro Santos (7), Bolon Sauané (8) e João Azóia.

2ª Eliminatória: Balogal 39 – Galitos B 27

Nova derrota com equipa espanhola

Queríamos novamente enfrentar o Balogal para termos mais um jogo que pretendíamos equilibrado.
Entrámos mal no jogo, algo receosos, pouco activos sendo penalizados por falhar cestos fáceis que permitiram lançamentos em contra ataque ao nosso adversário.
Ficámos muito ansiosos e acelerados com o adversário a fugir no marcador, e passámos a jogar muito depressa. Foi bom porque fomos lutadores e não desistimos, mas cometemos mais erros.
O jogo não correu como desejávamos mas foi, para nós, o jogo mais intenso do Torneio, onde conseguimos lutar contra uma situação desfavorável. Depois do 1º período empatamos os restantes.
Luís Araújo
Parciais: 16-4; 11-11; 12-12;
Marcha: 16-4; 27-15; 39-27;

Galitos: Pedro Seabra (4), Gonçalo Catarino, Francisco Mata, Miguel Ferreira, Miguel Carvalho, Jorge Paula, João Lemos (2), Alexandre Oliveira (3), João Tavares (1), Pedro Santos (12), Bolon Sauané (3) e João Azóia (2).

1ª Eliminatória: Vit. Guimarães 24 – Galitos B 29

Nova vitória frente ao Guimarães

Começamos o 2º dia de Torneio agora com os jogos a eliminar. A prestação do dia anterior dava-nos o 2º lugar e jogámos com o Guimarães.
Entrámos bem no jogo, mas revelámos alguma intranquilidade permitindo ao adversário equilibrar o jogo, só conseguimos fugir no marcador nos últimos minutos.
Luís Araújo
Parciais: 8-12; 10-08; 06-09;
Marcha: 8-12; 18-20; 24-29;

Galitos: Pedro Seabra (9), Gonçalo Catarino (3), Francisco Mata, Miguel Fer-reira (2), Miguel Carvalho, Jorge Paula (1), João Lemos, Alexandre Oliveira, João Tavares, Pedro Santos (5), Bolon Sauané (9) e João Azóia.

5ª Jornada: Vit. Guimarães 39 - Galitos 45

Vitória no 5º jogo do dia


O dia ia longo e cansativo, mas entrámos no jogo muito bem, simples, com boas opções. Saíamos rápido para o contra ataque, dominámos completa-mente o 1º período e terminámos com 19 pontos marcados.
O 2º período traz demasiada apatia, muito presos nos movimentos e per-missivos na defesa, apenas 6 pontos marcados deixaram uma má imagem, que tentamos limpar no último período com o adversário já mais empolga-do.
Luís Araújo
Parciais: 10-19; 17-06; 12-20;
Marcha: 10-19; 27-25; 39-45;

Galitos: Pedro Seabra (6), Gonçalo Catarino (7), Francisco Mata (2), Miguel Ferreira (2), Miguel Carvalho, Jorge Paula (3), Alexandre Oliveira (8), João Tavares, Pedro Santos (9), Bolon Sauané (8) e João Azóia.

4ª Jornada: CD Póvoa 47 – Galitos B 24

Derrota com equipa forte

Depois do último jogo da parte da manhã a expectativa era alta para este jogo com o CD Póvoa, uma equipa experiente e enérgica.
Ainda com a digestão a meio entrámos mal no jogo, sem o ritmo exigido. Perante as dificuldades tornamo-nos precipitados nas nossas decisões oferecendo muitos contra ataques e cestos fáceis ao adversário.
O resultado final foi volumoso apesar de tentarmos contrariar a vantagem física dos jogadores adversário.
Poderíamos ter feito melhor.
Luís Araújo
Parciais: 15-8; 14-07; 18-09;
Marcha: 15-8; 29-15; 47-24;

Galitos: Pedro Seabra (5), Gonçalo Catarino (2), Francisco Mata (2), Miguel Ferreira, Miguel Carvalho, Jorge Paula, João Lemos (3), Alexandre Oliveira, João Tavares (2), Pedro Santos (4), Bolon Sauané (4) e João Azóia

3ª Jornada: Illiabum 21 – Galitos B 23

Vitória sobre clube organizador

Este foi talvez o nosso melhor jogo. Com uma defesa HxH muito agressiva e concentrada conseguimos condicionar o ataque do Illiabum.
Foi um jogo onde assistimos a alguma rivalidade entre as duas equipas que fez com que existisse um ritmo intenso. Todos os nossos jogadores deram um contributo muito positivo e revelámos momentos de bastante maturidade na procura das melhores soluções.
Luís Araújo
Parciais: 6-12; 10-06; 05-05;
Marcha: 6-12; 16-18; 21-23;

Galitos: Pedro Seabra (5), Gonçalo Catarino, Francisco Mata, Miguel Ferreira (3), Miguel Carvalho, Jorge Paula (4), João Lemos, Alexandre Oliveira, João Tavares (3), Pedro Santos (3), Bolon Sauané (5) e João Azóia.

2ª Jornada: Barca Basket 27 – Galitos B 35

Primeira vitória do torneio

Mais tranquilos e adaptados ao ritmo a partir deste jogo passámos a fazer uma gestão diferente, permitindo aos jogadores jogarem um período com-pleto.
A equipa do Barca Basket revelou-se lutadora e agressiva, nunca desistindo, mas conseguimos colocar em campo bons princípios, quer no ataque quer na defesa. A nossa rotação permitiu dominar o jogo no 3º período
Luís Araújo
Parciais: 7-6; 11-11; 09-18
Marcha: 7-6; 18-17; 27-35

Galitos: Pedro Seabra (7), Gonçalo Catarino (2), Francisco Mata (2), Miguel Ferreira, Miguel Carvalho, Jorge Paula, João Lemos (4), Alexandre Oliveira (4), João Tavares (4), Pedro Santos (2), Bolon Sauané (10) e João Azoía (2).

1ª Jornada: Balogal 24 – Galitos B 23

Galitos perde com Espanhóis

Entramos nervosos e ansiosos, ainda a adaptarmo-nos às regras do Torneio (3 períodos de 8 minutos, com cronómetro a correr), o que nos acelerou um pouco.
A equipa espanhola que defrontávamos também demonstrava alguma intranquilidade. Colocámos em prática a defesa zona e todo o jogo foi jogado com transições rápidas, com ambas as equipas a privilegiarem o contra-ataque, cometendo muitos erros.
O jogo foi sempre equilibrado tendo no final a vitória sorrido ao nosso adversário.
Luís Araújo
Parciais: 6-3; 10-08; 08-12
Marcha: 6-3; 16-11; 24-23

Galitos: Pedro Seabra (6), Gonçalo Catarino, Francisco Mata, Miguel Ferreira, Miguel Carvalho, Jorge Paula, João Lemos (2), Alexandre Oliveira, João Tava-res, Pedro Santos (11), Bolon Sauané (4) e João Azóia.

3ª Jornada: Ovarense B 55 – Galitos C 41

Derrota no último jogo da temporada

O Galitos, deslocou-se há arena de Ovar para a 3ª e ultima jornada do Tor-neio de Encerramento.
Iniciámos o jogo com os níveis de concentrarão muito baixos, sofrendo um parcial de 6-0, conseguindo no entanto reagir e equilibrar o jogo chegando ao fim do 1º período com uma desvantagem de 3 pts (14-11).
No 2º período não fomos capazes de impor o nosso jogo e vimos o adversá-rio fugir no marcador (26-19) resultado com que fomos para intervalo.
No 3º período continuamos a não conseguir travar a acções ofensivas da Ovarense e a desvantagem que tínhamos veio a aumentar para 16 pts
No derradeiro período, conseguimos equilibrar o jogo vencendo o parcial por 2 pontos acabando o jogo com o resultado de 55-41.
Paulo Santos
Parciais: 14-11; 12-08; 17-08; 12-14
Marcha: 14-11; 26-19; 43-27; 55-41

Galitos: Tiago Maio (11), João Frade (2), Jorge Paula (3), Luís Sousa (7), Fran-cisco Mata (4), João Clemêncio (14) e André Resende.


2ª Jornada: Vagos 48 – Galitos C 78

Vitória folgada em Vagos

O Galitos deslocou-se ao pavilhão do Vagos para a 2ª jornada do Torneio de Encerramento iniciando o jogo muito concentrados e com uma boa atitude defensiva.
Conseguimos um parcial de 0-6 que nos permitiu controlar o jogo durante o 1º período, isto apesar da reacção do adversário que corrigiu alguns erros e veio a equilibrar o resultado 12-16.
No 2º período estivemos sempre em vantagem no marcador o que fez jogar com calma e manter sempre o jogo controlado, conseguindo inclusivamen-te aumentar a nossa vantagem no marcador para 8 pts 28-36, resultado com que fomos para intervalo.
O 3º período foi fantástico em termos de atitude e entrega, muito fortes defensivamente e com saídas rápidas para o ataque obtendo muitos pontos fáceis, fizemos um parcial de 18 pts sem resposta, resolvendo desta forma o jogo.
Entrámos no 4º e ultimo período com uma vantagem significativa (28 pts), continuando a controlar as acções da equipa adversária, apesar de não termos ampliado essa diferença, terminámos o jogo com uma vantagem de 30 pts 48-78.
Paulo Santos
Parciais: 12-16; 16-20; 10-30; 10-12
Marcha: 12-16; 28-36; 38-66; 48-78

Galitos: Tiago Maio (30), Francisco Vieira (2), Jorge Paula (5), Pedro Seabra (18), Luís Sousa (14), Francisco Antunes (2) e João Clemêncio (9).

Vai realizar-se no próximo sábado, dia 4 de Julho, a Festa de Encerramento da época 2008/09, da Secção de Basquetebol.

A festa decorrerá no Pavilhão a partir das 10.00 horas, com a presença de todos os elementos que compõem a Secção (Atletas – Minis incluídos, Pais, Treinadores, Seccionistas, Directores e Fisioterapeutas).

O programa de actividades inicia-se com o habitual treino de Minis das 10h às 11h seguido de vários jogos entre os atletas do Clube e uma equipa formada pelos treinadores, seccionistas, directores e pais dos atletas.

O almoço terá o seu início por volta das 13.00 horas, sendo a ementa Porco no Espeto (a “multa” dos Atletas é uma sobremesa).

Aparece

Clinic de Formação

Mais uma vez o Galitos esteve representado por treinadores dos seus quadros numa iniciativa da Federação Portuguesa de Basquetebol, mais concretamente no Clinic de Formação promovido pela Escola Nacional de Basquetebol.

Este Clinic, que neste ano voltou a realizar-se em Cantanhede, contou com a presença de um bom grupo de prelectores que partilhou os seus conhecimentos e as suas experiências com os cerca de duas centenas de treinadores.

Plano de Formação – GALITOS 2009

Depois da excelente organização da Fase Final Regional de Sub-14 Masculinos no passado fim-de-semana, por parte da Secção de Basquetebol, que culminou com o Galitos a sagrar-se Campeão Regional as iniciativas não param.

Assim, na passada quarta-feira realizou-se no Gabinete de Fisioterapia do Pavilhão do Galitos a 5ª e última acção desta temporada, do Plano de Formação – Galitos 2009.

Esta acção foi dinamizada pelos Fisioterapeutas Baltazar Moutela e Pedro Alves e abordou os cuidados imediatos a ter nas lesões dos tecidos moles. Os treinadores Galináceos aprenderam ainda a fazer ligaduras funcionais nas articulações dos pés e joelhos as estruturas mais afectadas no basquetebol.

Com esta acção encerrou-se o programa desta temporada com um balanço extremamente positivo, não só pela qualidade e pertinência das várias 8 intervenções realizadas ao longo destas 5 acções para também pelo elevado número de pessoas que participaram nas mesmas.

Para o ano fica o desafio de dar continuidade a este Plano de Formação.

Sub-10 participam no
“v convívio de Minibasket Matos Pacheco”


No último fim-de-semana, dias 20 e 21 (sábado e domingo), estivemos presentes em S. Romão do Coronado, no V Convívio de Minibasquete “Matos Pacheco” uma organização do F.C. do Porto em que estiveram presentes 33 Clubes nos escalões de Sub-12, Sub-10, Sub-8 e Mini Feminino.
O Galitos que participou com o seu grupo de Sub-10 efectuou 3 jogos com as equipas do FC Porto (A e B) e Gafanha. Foi um fim-de-semana cansativo pelo excessivo calor que se fez sentir, mas bastante gratificante para os nossos jovens que tiveram a ocasião de conviver ainda mais entre si e com atletas de outras equipas.
Foi uma excelente organização, nada faltando a todos os atletas presentes desde muita água a apoio alimentar. Penso que todos gostaram e foi para mim uma surpresa a amizade que demonstraram entre todos, que culminou num dos momentos livres, numa engraçada sessão de anedotas que sinceramente estava longe de imaginar ser possível de acontecer com jovens destas idades. Como é diferente esta juventude de agora.
Por fim fazer um agradecimento a todos os Pais pela colaboração no acompanhamento e transporte dos seus filhos e o apoio que nos deram na bancada com a sua “claque”, sem o qual não seria possível estar presente neste evento.
Carlos Bio

Galitos: André Alves, David Castro, Matilde Açafrão, Ana Marques, João Diogo, João Afonso, Alexandre Wilson, Rui Ribeiro, Luís Gonçalves e Miguel Brito.



Resumo da Fase Final Regional a 6 Equipas


A fase final de Sub-14 masculinos realizou-se de 19 a 21 de Junho no Pavilhão do Galitos.
Em 1º lugar realçar a excelente organização por parte do Clube e do enorme desportivismo de todas as equipas presentes.
A equipa do Galitos partiu para esta fase final como a equipa teorica-mente favorita mas por muitos não considerada a melhor equipa.
A jogar em casa a equipa Galinácea iniciou na sexta-feira contra a equi-pa da Sanjoanense, 6ª equipa a conseguir o apuramento. Vencemos justamente, embora encontrássemos dificuldades que à partida não seriam de esperar, mas de facto esta equipa evoluiu muito desde a altura em que a defrontámos na 2ª Fase do Regional.
Na 2ª jornada seguiu-se a Oliveirense com quem tínhamos perdido durante o Campeonato Nacional. Desta vez fomos mais fortes embora esta equipa revelasse uma grande atitude pois fisicamente era talvez a mais fraca da prova e bateu-se com as melhores.
A grande surpresa da prova apareceu-nos pela frente à 3ª jornada. Inte-ligentemente conseguimos vencer o jogo de uma forma mais fácil do que esperaríamos, tendo em conta os anteriores desempenhos do Bran-doense na Fase Final, conseguindo gerir o nosso esforço para a longa jornada do dia seguinte onde iríamos defrontar equipas muito fortes fisicamente.
No último dia defrontamos logo de manhã a forte equipa da Ovarense, que embora tenha ficado aquém do esperado por todos, mostrou neste jogo ter equipa para lutar pelo título, o que só dignificou a nossa vitória. Foi um jogo emotivo decidido no último minuto acabando por se ajustar a vitória à equipa mais feliz e serena no fim do encontro.
Esta jornada ficou marcada pela dificuldade da equipa de arbitragem em controlar o jogo, adoptando uma atitude que não foi a mais adequada prejudicando um dos jogos mais emotivos desta fase final e que, ao exemplo de todos os outros, poderia ter sido vivido em ambiente de Festa.
Na última e decisiva jornada defrontámos a 2ª classificada no apuramen-to para esta Final a 6 e vencemos de forma justa tendo sido superiores em todos os aspectos de jogo e durante todo o encontro.
O Clube dos Galitos recuperou desta forma o título regional perdido a época passada para a Sanjoanense e mostrou que continua a ser umas das referências da Formação da região.
Parabéns a todos os que se envolveram na organização da Fase Final (pais, seccionistas, directores, coordenador) pois foi vivida em ambiente de Festa e que embora cansativa não faltou nada, inclusive a incansável presença do Fisioterapeuta Baltazar Moutela que não só nos ajudou na recuperação física dos atletas como no tratamento das diversas mazelas que foram aparecendo nas restantes equipas.
Dar os parabéns aos treinadores e atletas que revelaram uma boa pre-paração para esta Fase Final e um grande Fair-Play que deveria ser um exemplo para todos os que assistem aos jogos.
Por ultimo um sentido abraço de Parabéns aos meus atletas que com espírito de sacrifício e muito trabalho ao longo do ano perceberem que só assim se evolui e por fim se obtém sucessos.
Para o ano há mais...
Ricardo Brito

5ª Jornada: Galitos 61 – Sangalhos 44

Galitos recupera título alcançado há 2 anos.

O ultimo jogo desta Fase Final colocava frente a frente 2 equipas que já esta época se tinham defrontado por 4 vezes (2 no Regional e 2 no Nacional) em que, apesar dos jogos terem sido sempre bem disputados, a vitória sorriu sempre para a equipa do Galitos.
Apesar de algum nervosismo inicial pelo facto de sermos considerados os favoritos para vencer esta Fase Final, entrámos a defender muito bem a campo inteiro, causando muitos problemas no portador da bola e fazendo com que se perdesse muito tempo na organização ofensiva da equipa bairradina. Em termos ofensivos aparecemos muito estáticos e só conseguimos estar na frente do marcador devido a alguns ataques rápidos em que surpreendemos a equipa adversária que recupera para trás sempre muito bem.
Nos 2º e 3º períodos, a exemplo do que fizemos com a Ovarense, entramos muito bem ganhando sempre alguma vantagem, que neste jogo chegou a ser de 15 pontos logo no 3º período.
Pensou-se que o jogo terminaria ai, mas o Sangalhos não se conformou e aproveitando o facto de nós estarmos com alguns jogadores condicionados com faltas, para recuperar e colocar novamente algum equilíbrio no jogo.
O último período fomos demolidores apenas permitindo 4 pontos ao Sangalhos e efectuando movimentos colectivos muito interessantes.
O jogo termina com a vitória do Galitos que, após um ano de interregno, recupera o Ceptro regional.
Estão todos de Parabéns.
Ricardo Brito
Parciais: 11-09; 17-14; 18-17; 15-04
Marcha: 11-09; 28-23; 46-40; 61-44

Galitos: Luís Pina, Reynaldo Morales, Hugo Verde (11), Henrique Romão, João Tavares, João Padilha (21), Dikilson Neto (8), Jorge Anjos, Hugo Rangel, Pedro Mealha (2), Francisco Cacho (2) e Bruno Fartura (17).

4ª Jornada: Galitos 55 – Ovarense 52

Galitos vence a penúltima jornada em jogo emotivo.

Na penúltima jornada a equipa Galinácea jogou contra a equipa fisica-mente mais forte do Campeonato mas que fruto das derrotas do dia anterior já se encontrava arredada do título.
A Ovarense apresentou-se estranhamente muito mais motivada que nos outros jogos já disputados, iniciando o encontro com uma defesa campo inteiro muito agressiva, por vezes de forma excessiva, mas que foi muito agradável de ver. O Galitos algo intimidado perdeu pela 1ª vez nesta fase final o 1º período.
O 2º parcial continuou na mesma toada embora desta feita fruto de uma melhoria defensiva da nossa parte conseguimos dar a volta ao marcador e chegar ao intervalo a vencer por 2 pontos.
No inicio dos 3º e 4º períodos a equipa do Galitos ganhou sempre um certo ascendente mas logo contrariada por uma Ovarense eficaz no tiro exterior e que de facto mostrou uma garra que até então não se tinha visto.
O último minuto foi “electrizante” com cestos de parte a parte, com o jogo a decidir-se nos lances livres dos últimos segundos.
De realçar de facto a atitude competitiva da Ovarense que se tivesse estado assim noutros jogos poderia ter ido mais longe e dar os Parabéns aos atletas do Galitos porque na altura decisiva estiveram serenos para decidir sempre bem, ganhando um jogo bastante emotivo.
Ao contrário do que tinha acontecido até este momento, a equipa de arbitragem teve muita dificuldade em controlar o jogo, primeiro permitindo demasiados contactos e depois exagerando no rigor que tiveram para com as duas equipas o que acabou por prejudicar o jogo, numa Fase Final que foi sempre vivida em ambiente de grande Festa.
Parabéns às duas equipas pela entrega. Segue-se a final desta Fase contra o nosso conhecido Sangalhos.
Ricardo Brito
Parciais: 11-13; 15-12; 15-16; 14-11
Marcha: 11-13; 26-25; 41-41; 55-52

Galitos: Luís Pina, Reynaldo Morales, Hugo Verde (7), Henrique Romão, João Tavares, João Padilha (23), Dikilson Neto (12), Jorge Anjos, Hugo Rangel, Pedro Mealha (2), Francisco Cacho (4) e Bruno Fartura (7).

3ª Jornada: Galitos 53 – Brandoense 47

Galitos vence claramente apesar da diferença pontual ser enganadora.

Tal como já esperávamos o Brandoense apresentou-se forte e equilibrou o 1º período fruto de uma luta bastante forte nos ressaltos, procurando ainda as melhores soluções de lançamento, utilizando muito tempo de ataque. Chegámos ao fim deste parcial a vencer por apenas 2 pontos mas estávamos a realizar um bom jogo em termos ofensivos, muito desinibidos e eficazes.
Mas o factor surpresa terminou no 2º período. Tendo alterado a rotina habitual na constituição dos 5 na 1ª parte e alertando para os pontos fortes da equipa adversária que tinha neste 2º parcial os seus elementos mais fortes, condicionámos bastante defensivamente a equipa adversá-ria. Ao estarmos irrepreensíveis no ressalto e novamente eficazes no ataque, disparámos no marcador e já vencíamos ao intervalo por 10 pontos.
No inicio da 2ª parte a equipa Galinácea, bastante motivada, realizou um dos seus melhores períodos da fase final e chegou aos 19 pontos de diferença.
Optou-se neste momento por fazer descansar os atletas mais utilizados até então pois nesta maratona de basquete interessava chegar bem fisicamente ao ultimo dia (de realçar nesta fase o excelente trabalho de recuperação do Fisioterapeuta Baltazar Moutela que em muito contribuiu que nenhum atleta estivesse condicionado nos jogos que efectuou).
Esta opção custou-nos a vantagem já adquirida. No 4º período o Brandoense marcou mais pontos que nos 2 períodos anteriores juntos), estando no entanto, o jogo sempre controlado pois o que nos interessava era a vitória e sem custos físicos.
Vencemos justamente por 6 pontos mas estávamos preparados para as duas fortes equipas que tínhamos pela frente no dia seguinte. Estávamos muito motivados.
Ricardo Brito
Parciais: 16-14; 16-08; 15-06; 06-19
Marcha: 16-14; 32-22; 47-28; 53-47

Galitos: Luís Pina, Reynaldo Morales, Hugo Verde, Henrique Romão (2), João Tavares, João Padilha (18), Dikilson Neto (7), Jorge Anjos, Hugo Rangel, Pedro Mealha, Francisco Cacho e Bruno Fartura (26).

2ª Jornada: Galitos 50 – Oliveirense 37

Galitos vence a única equipa aveirense com quem tinha perdido em jogo do Campeonato Nacional

Na 2ª Jornada desta Fase Final defrontámos a única equipa do nosso distrito contra a qual tínhamos perdido, mas no Campeonato Nacional e por esse facto era com algum receio que se encarava este jogo, apesar da pesada derrota que a Oliveirense tinha sofrido no 1º Jogo desta Fase.
Ao contrário do que seria de esperar, na 1ª parte não houve equilíbrio. Apoiados numa defesa forte (só permitindo 2 pontos no 2º período) e em rápidas saídas para o contra ataque chegámos ao intervalo a vencer por 17 pontos.
Na 2ª parte a Oliveirense lutou bastante mas a equipa Galinácea, fisicamente mais forte, acabou por dominar o ressalto não permitindo muitos 2º lançamentos e mesmo não sendo muito eficaz nos lançamentos, a eficácia no contra ataque permitiu resolver os nossos problemas ofensivos. Nesta fase aproveitou-se para gerir os atletas pois nessa tarde jogávamos contra o Brandoense que na 1ª Jornada mostrou-se bastante forte.
O jogo terminou com mais uma vitória justa e seguimos em frente moti-vados para o jogo seguinte.
Ricardo Brito
Parciais: 15-09; 13-02; 11-12; 11-14
Marcha: 15-09; 28-11; 39-23; 50-37

Galitos: Luís Pina (2), Reynaldo Morales, Hugo Verde (3), Henrique Romão (2), João Tavares, João Padilha (18), Dikilson Neto (10), Jorge Anjos (2), Hugo Rangel, Pedro Mealha, Francisco Cacho (3) e Bruno Fartura (10).

1ª Jornada: Galitos 70 – Sanjoanense 55

Galitos entra com pé direito na Final 6.
A jogar em casa a Fase Final o Galitos defrontou no encontro inaugural a Sanjoanense, a 6ª e última equipa a conseguir o apuramento.
O jogo iniciou-se com clara supremacia do Galitos em todos os aspectos terminando o 1º período já a ganhar por 12 pontos. Reentrámos novamente muito bem chegando mesmo a uma diferença de 21 pontos a meio do 2º parcial, mas inexplicavelmente os atletas relaxaram, forçando situações no ataque e perdendo algumas bolas na transição o que nos fez perder este 2º período, desperdiçando assim uma grande vantagem de que já dispusemos.
Após o intervalo a equipa regressou com vontade mas a Sanjoanense começou a acreditar na mudança de resultado e conseguiu equilibrar o jogo fruto de vários contra ataques em que demonstrámos alguma dificuldade em recuperar defensivamente, no entanto sempre com o Galitos no comando do marcador.
O 4º período foi novamente de domínio Galináceo que acabou por vencer com toda a justiça contra uma equipa que lutou dignamente pelo melhor resultado.
Foi um começo bom sendo importante para a maratona de jogos que se segue.
Ricardo Brito
Parciais: 19-07; 15-17; 21-21; 15-10
Marcha: 19-07; 34-24; 55-45; 70-55

Galitos: Luís Pina, Reynaldo Morales, Hugo Verde, Henrique Romão (4), João Tavares (3), João Padilha (24), Dikilson Neto (8), Jorge Anjos, João Daniel, Pedro Mealha, Francisco Cacho (2) e Bruno Fartura (29).

Fase Final Regional de Sub-14 Masculinos




Galitos é Campeão Regional

Num jogo extremamente emotivo, apesar do Galitos ter comandado o marcador desde o início, a equipa Galinácea sagrou-se campeã regional de Iniciados Masculinos, repetindo assim o título neste escalão dois anos depois.


Classificação final


Nos outros dois jogos o Brandoense confirmou o 3º lugar ao vencer a Sanjoanense última classificada sem vitórias e a Oliveirense venceu a Ovarense garantido assim o 4º lugar.



;

Fase Final Regional de Sub-14 Masculinos

4ª Jornada

No final da 4ª jornada apenas duas equipas podem aspirar a ser campeãs. Galitos e Sangalhos, ainda invictos, discutem entre si o título de campeão distrital no último jogo da prova.


Classificação no final da 4ª jornada


A jornada desta manhã começou colocando frente a frente as duas equipas ainda sem vitórias. Num jogo equilibrado a Oliveirense conseguiu estar melhor vencendo por 7 pontos de diferença.

Os outros dois jogos foram extremamente equilibrados. O Galitos teve de lutar até final para vencer uma Ovarense extremamente motivada por apenas 3 pontos de diferença e o Sangalhos bateu o Brandoense também por 3 pontos ao converter um triplo em cima do apito final.

Depois dos jogos intensos e desgastantes da manhã as duas equipas defrontam-se à tarde para a atribuição do 1º lugar. Um bom jogo em perspectiva.


:

Fase Final Regional de Sub-14 Masculinos

3ª Jornada


Na última jornada do 2º dia de competição apenas 2 equipas continuam invictas – Galitos e Sangalhos, com 3 vitórias cada.

O Brandoense sofreu a 1ª derrota enquanto que a Ovarense obteve a sua 1ª vitória. A Oliveirense e a Sanjoanense continuam sem ganhar.


Classificação no final da 3ª jornada


Depois de 2 vitórias o Brandoense perdeu com o Galitos por apenas 6 pontos, apesar de no início da 2ª parte a diferença pontual ter estado nos 20 pontos.

Tal como no jogo da manhã, o Sangalhos venceu a Oliveirense mas voltou a estar atrás no marcador no início da 2ª parte.

A Ovarense conseguiu a sua 1ª vitória frente à Sanjoanense e por números folgados.



:

Fase Final Regional de Sub-14 Masculinos

2ª Jornada

Nesta 2ª jornada todas as equipas que venceram na véspera voltaram a ganhar, no entando todos os jogos foram mais equilibrados.

O Sangalhos venceu a Sanjoanense por 9 pontos de diferença depois de estar grande parte do jogo a perder.

O Brandoense venceu a Ovarense por 11 pontos de diferença num jogo equilibrado e o Galitos, sempre por cima, venceu a Oliveirense por 50-37.


:


:

Fase Final Regional de Sub-14 Masculinos

1ª Jornada


No último primeiro dia de competição o Galitos abriu a competição vencendo a Sanjoanense por 15 pontos de diferença.
No 2º e 3º jogo do dia o Sangalhos venceu a Ovarense e o Brandoense registou o resultado mais folgado ao derrotar a Oliveirense por 67-49.



;



  • 1ª Jornada – Sexta-feira – 19 de Junho
19.00h – Galitos - Sanjoanense
20.30h – Sangalhos - Ovarense
22.00h – Oliveirense - Brandoense


2ª Jornada – Sábado – 20 de Junho
09.00h – Sanjoanense - Sangalhos
10.30h – Ovarense - Brandoense
12.00h – Oliveirense -Galitos


3ª Jornada – Sábado – 20 de Junho
15.30h – Ovarense - Sanjoanense
17.00h – Sangalhos - Oliveirense
18.30h – Galitos - Brandoense


4ª Jornada – Domingo – 21 de Junho
09.00h – Sanjoanense - Oliveirense
10.30h – Galitos - Ovarense
12.00h – Brandoense - Sangalhos


5ª Jornada – Domingo – 21 de Junho
15.30h – Oliveirense - Ovarense
17.00h – Brandoense - Sanjoanense
18.30h – Sangalhos - Galitos


Euforia? Não.

Decepção? Muito menos.
Não se pode competir em nenhuma destas condições. O que é preciso encontrar são os termos precisos para alcançar a estabilidade emocional, para equilibrar os pratos da balança.
Pepu Hernández
(ex-seleccionador de Espanha, campeão do mundo em 2006)

Torneio Nacional – 2ª Fase


Iniciámos esta 2ª fase do Torneio Nacional logo com a outra equipa de Avei-ro. Este encontro tinha, alem da soma 2 pontos da vitória, a interessante luta pela a decisão do local onde se realizaria a Fase Final Regional. O Gali-tos venceu em casa com toda a justiça colocando-se em vantagem nesta disputa.
O fim-de-semana seguinte foi a 1ª das 3 jornadas duplas que tínhamos pela frente nesta fase do campeonato e que nos levaria ao Porto 2 vezes para defrontar a já conhecida e forte equipa do Académico e do Leça. Dois jogos completamente diferentes resultaram numa derrota (mais uma vez no pro-longamento) frente ao Académico e uma vitória frente ao Leça num jogo onde não estivemos bem (provavelmente o nosso pior jogo da época).
Logo no fim-de-semana seguinte a 2 jornada dupla, recebendo em casa uma das teóricas candidatas ao titulo Nacional, o F.C. Porto. Perdemos, embora em certos momentos equilibrássemos o jogo, com o Porto a vencer de forma clara, fazendo nós a 1ª derrota em casa desta época.
Logo depois veio a difícil deslocação à Figueira da Foz jogando contra o Ginásio, campeão de Coimbra e frente à qual já tínhamos perdido em Dezembro no Torneio do Gafanha. Era assim mais uma jornada difícil. Fize-mos um excelente jogo estando na frente praticamente todo o tempo, per-dendo de forma algo ingénua após prolongamento por apenas 3 pontos.
Terminada a 1ª volta estávamos em posição difícil para o apuramento mas matematicamente ainda possível.
A 2ª volta inicia com nova vitoria frente ao Sangalhos ficando praticamente decidido o local da Fase Final Regional, o Pavilhão do Galitos.
Na ultima jornada dupla vencemos os dois jogos em casa, frente ao Acadé-mico e Leça, desta feita de forma clara não deixando duvidas em relação à evolução da equipa e à sua superioridade frente a estas equipas.
As duas últimas jornada decidiriam quem se apuraria para a Fase Final Nacional, com o FC do Porto já apurado.
Ao contrario do que aconteceu noutros jogos desta Fase, contra o Galitos o FC Porto não descansou nenhum dos seus atletas mais fortes, jogando este jogo como se de uma final se tratasse. Estivemos bem embora não fosse o suficiente para sair deste jogo com uma vitória.
Na última e decisiva jornada quem vencesse (Galitos-Ginásio) apuraria para a Fase Final Nacional, que era um dos nossos objectivos. Mas a vantagem de jogar em casa, após o excelente jogo realizado na Figueira, não foi sufi-ciente, com o Galitos a acusar demasiado a pressão não conseguindo jogar da mesma forma que tinha feito até então em quase todos os jogos efec-tuados. Perdemos de forma contundente com aquela que viria a ser a futura Campeã Nacional. Este facto não retira algum amargo de boca por deixar escapar na ultima jornada em casa um dos objectivos traçados por nós.
De qualquer forma terminando desta maneira o Campeonato Nacional não deixa de ser gratificante e fazermos um balanço positivo desta 2ª fase do Nacional após realizar muitos jogos com excelentes equipas num tão curto espaço de tempo.
Parabéns a todos pelo Campeonato Nacional realizado e um especial agra-decimento aos pais dos atletas no acompanhamento e apoio à equipa nesta Fase.
Resta-nos agora preparar com afinco a Fase Final Regional a disputar no nosso Pavilhão…
Ricardo Brito

:
:


Os feitos no passado não são garantia de êxito no futuro

Pat Williams
(no livro Com la fuerza de Jordan)

;

:


Fase Final Regional de Iniciados Masculinos

No próximo fim-de-semana realiza-se no pavilhão do Galitos a Fase Final Regional de Iniciados Masculinos.

Depois da fase regional de apuramento para o Campeonato Nacional e Torneio Inter-Associações, as equipas aveirenses participaram nestas competições.

À 2ª fase destas provas passaram 7 clubes da ABA, 2 no Campeonato Nacional (Galitos e Sangalhos) e 5 no Torneio Inter-Associações (Brandoense, Ovarense, Oliveirense, Sanjoanense e Illiabum), dos quais os 6 melhores classificados ficaram apurados para a fase final regional.

O Galitos por ter sido a equipa aveirense melhor classificada no campeonato nacional ganhou o direito de disputar esta fase final no seu pavilhão.

Serão 3 dias com muito basquetebol, com a realização de 15 jogos. Os encontros serão reduzidos (4 períodos de 8 minutos)

  • 1ª Jornada – Sexta-feira – 19 de Junho
19.00h – Galitos - Sanjoanense
20.30h – Sangalhos - Ovarense
22.00h – Oliveirense - Brandoense
  • 2ª Jornada – Sábado – 20 de Junho
09.00h – Sanjoanense - Sangalhos
10.30h – Ovarense - Brandoense
12.00h – Oliveirense -Galitos
  • 3ª Jornada – Sábado – 20 de Junho
15.30h – Ovarense - Sanjoanense
17.00h – Sangalhos - Oliveirense
18.30h – Galitos - Brandoense
  • 4ª Jornada – Domingo – 21 de Junho
09.00h – Sanjoanense - Oliveirense
10.30h – Galitos - Ovarense
12.00h – Brandoense - Sangalhos
  • 5ª Jornada – Domingo – 21 de Junho
15.30h – Oliveirense - Ovarense
17.00h – Brandoense - Sanjoanense
18.30h – Sangalhos - Galitos

Dirigir é explorar o melhor de cada um, criar um ambiente propício ao esforço, convencer a todos os elementos do grupo, colocá-los em andamento, motivá-los…
É imprescindível gerar confiança ou transmitir ilusão e é fundamental delegar. Estas tarefas são impensáveis sem credibilidade.
Pepu Hernández
(ex-seleccionador de Espanha, campeão do mundo em 2006)


Minigalitos – Festa de Encerramento da ABA



Na passada terça-feira, dia 10 de Junho o MiniGalitos participou na festa final do Minibasquete da Associação de Basquetebol de Aveiro com cerca de 3 dezenas de jogadores das suas 3 equipas.

Os jovens atletas disputaram vários jogos e divertiram-se nas restantes actividades disponíveis, numa boa organização do GICA que comemora nesta temporada 100 anos de existência.

As actividades do MiniGalitos vão continuar até meados do próximo mês estando previsto a realização de um Torneio no dia 12 de Julho no encerramento da época dos jovens galináceos.



A Secção de Basquetebol do Clube dos Galitos vai, mais uma vez, organizar umas Férias Desportivas, a IX edição.

As Férias desportivas vão decorrer em duas semanas distintas, de 6 a 10 de Julho e de 13 a 17 de Julho, podendo os interessados participar em qualquer uma das semanas ou em ambas.

As actividades irão decorrer das 9h30 às 17h30 no Pavilhão e na Piscina do Galitos, havendo no entanto um leque muito variado de actividades que vão desde a praia, à Casa da Juventude, ao Museu da Cidade, à Decathlon, entre muitas outras.

Podem participar todos os jovens, rapazes e raparigas, dos 6 aos 14 anos.

As Inscrições podem ser realizadas em qualquer dos seguintes contactos:
  • Na Secretaria da Secção de Basquetebol no Pavilhão do Clube dos Galitos das 18h às 20h
  • Tel: 234 421 464
  • Tm: 91 34 21 382
  • e-mail: basquetebol@galitos.pt

É imprescindível actuar como equipa para triunfar, porque com um jogador especial pode-se dominar um jogo e desperdiçar mil campeonatos.

Para vencer é necessário o contributo de todos.


Pepu Hernández
(ex-seleccionador de Espanha, campeão do mundo em 2006)

6ª Jornada: Ginásio Figueirense 71 – Galitos 39

Péssima entrada condiciona resultado

A deslocação ao recinto do Ginásio antevia-se difícil mas acabou por ser demasiado penosa para a nossa equipa por culpa própria.
A entrada em jogo de forma displicente e apática, levou-nos a cometer demasiados erros no ataque, com percas de bola despropositadas. A ausên-cia de agressividade na defensa ao portador da bola, nas linhas de passe ou nos cortes para o cesto permitiam aos adversários lançamentos demasiado fáceis.
O Galitos após o cesto concretizado nos segundos iniciais esteve até ao 10º minuto sem marcar pontos e terminou o 1ºperíodo com o resultado de 4-19, que viria a ser determinante para o desenrolar do jogo.
A atitude da equipa não melhorou e o Ginásio foi dilatando a vantagem no marcador atingindo um diferencial de 26 pontos ao intervalo,
No recomeço o Galitos ainda pareceu mostrar que queria mudar o sentido do jogo, melhorando defensivamente e realizando alguns contra-ataques que permitiram um parcial de 10-0 mas a perspectiva de recuperação ter-minou aqui, pois os nossos erros iniciais voltaram e rapidamente desistimos do jogo, deixando que o resultado se avolumasse até ao final.
Jorge Dias
Parciais: 19-04; 24-13; 11-14; 17-08.
Marcha: 19-04; 43-17; 54-31; 71-39.

Galitos: André Ferreira (4), Luís Seixo, Anísio Mané (5), João Silva (8), Pedro Santos (7), Bolon Sauané (10), João Limas (4), João Costa (1).

Juniores B terminam a temporada a ganhar


No último jogo da época o Galitos foi à Bairrada vencer o Sangalhos por 63-69. Na última jornada do Torneio de Encerramento de Juniores B a equipa terminou da melhor forma.



:

3ª Jornada: Anadia 55 – Galitos 28

Fim de época

Ao contrário do que aconteceu nos últimos 2 jogos disputados com esta equipa de Anadia, não conseguimos vencer.
Além de estar de facto imenso calor, o que nos levou a ter uma viagem bastante atribulada e cansativa, não estivemos ao nosso nível.
Continuamos a entrar no jogo com pouca atitude e sem grande determina-ção para ganhar, tal como havia acontecido nos últimos jogos, revelando-se estes factores decisivos para as derrotas registadas.
Contudo tivemos aspectos positivos, tendo sido o ataque onde temos regis-tado melhores desempenhos e onde o trabalho desenvolvido nos treinos tem tido mais reflexo.
Relativamente aos aspectos não estivemos bem, faltando mais atitude e empenho.
Andreia Migueis
Parciais: 16-03; 08-10; 10-05; 21-09
Marcha: 16-03; 24-13; 34-19; 55-28

Galitos
: Sara Figueiredo (4), Sara Solá, Renata Santos (11), Joana Reis (1), Joana Carvalho, Lia Delgado (12), Inês Vieira e Ana Lia.

2ª Jornada: GICA 75 – Galitos 32

Galitos perde em Águeda
Iniciamos a partida com algumas dificuldades em atacar o cesto em virtude de termos andado a trabalhar e a introduzir novos conceitos
Assim, no final 1º período estávamos em desvantagem por 16-9.
No 2º período mantiveram-se as nossas dificultardes em atacar o cesto che-gando ao intervalo a perder por 17 pontos de diferença (32-15).
Na 2ª parte tentámos levantar a cabeça e seguir em frente, mas, além das coisas não correrem bem no ataque os aspectos defensivos não estiveram muito melhor, tendo dificuldade em contrariar a supremacia do GICA nos ressaltos principalmente da sua atleta mais alta, aspecto que ainda foi mais evidente no 4º período, como ilustra o resultado neste parcial (26-8). Não fomos capazes de contrariar as dificuldades colocadas pela equipa adversa-ria deixando que esta jogasse à vontade.
Andreia Migueis
Parciais: 16-9; 16-06; 17-09; 26-08
Marcha: 16-9; 32-15; 49-24; 75-32

Galitos: Sara Figueiredo, Renata Santos (16), Joana Reis, Maria Inês Ferreira (5), Beatriz Beer (6), Lia Delgado (5) e Inês Vieira.

MINIGALITOS – Sub-10

Pela 1ª vez tivemos 12 atletas

Realizou-se no passado dia 24 de Maio mais um Encontro de Sub-10 orga-nizado pelo nosso Clube em que somente esteve presente a equipa do GD da Gafanha com somente 5 atletas.
Pelo facto de apenas estarem 2 equipas optámos, pela primeira vez, por dividir os nossos atletas em 2 equipas equilibradas de 6 jogadores cada. Cada uma disputou um jogo de 4 períodos, com o Gafanha tendo sido os 2 jogos equilibrados.
No final destes jogos, reformulámos a divisão dos grupos, juntando os 6 atletas com mais tempo de prática que disputaram 2 períodos de jogo 3x3 entre si e os 6 atletas com menos tempo de prática do outro que também realizaram 2 períodos de jogo 3x3 entre si.
O objectivo de realizar mais dois momentos de jogo equilibrado foi perfei-tamente conseguido
Carlos Bio
Galitos: Simão Verde; André Alves; David Castro; Matilde; João Resende; Ana Mar-ques; João Afonso; Alexandre Wilson; João Diogo; Martin Jesus; Maria Velhinho; Carolina Velhinho e João Vasco.

.


:

;;
Galitos Basquetebol - Original Posting Rounders 3 Column | Design: Douglas Bowman | Modification: Ricardo Brito/João Cura