P A T R O C I N A D O R E S

Illiabum 65 – Galitos 67

Galitos ganha final contra equipa da casa

Depois da vitória na 1ª jornada frente à Sanjoanense, o Galitos entrou decidido a vencer o torneio mas encontrou uma forte oposição da equipa da casa que também se apresentou extremamente motivada.

O jogo começou muito vivo com as duas equipas a imprimirem grande velocidade nas transições defesa-ataque chegando ao final do 1º período empatadas a 21 pontos. Apesar de ligeiro ascendente do Galitos, o Illiabum manteve o equilíbrio na partida fruto dos 4 triplos concretizados neste 1º parcial.

No 2º período a toada do jogo manteve-se, muita rapidez nas diferentes acções, no entanto nesta fase ambas as equipas não tomavam as melhores decisões, baixando claramente a marcação de pontos. Ao intervalo o Galitos vencia por apenas 3 pontos.

Na 2ª parte os Galináceos, mantendo o ritmo do jogo intenso, melhoraram as suas acções ofensivas conseguindo uma vantagem que no final do 3º período era já de 14 pontos.

No último período a vantagem manteve-se na casa dos 10 pontos até à entrada dos 5 minutos finais. Nesta fase final da partida o Illiabum, que nunca baixou os braços, reagiu e com 3 triplos consecutivos (marcou 10 em toda a partida) conseguiu empatar o jogo, no entanto o Galitos acabaria por vencer um jogo que foi extremamente intenso apesar de nem sempre bem jogado.

A equipa está de parabéns pelo troféu conquistando necessitando de continuar a treinar com intensidade para atingir os objectivos a que se propõe, necessitando para isso de ser mais consistente ao longo dos 40 minutos.

João Cura

Parciais: 21-21; 07-10; 10-21; 27-15

Marcha: 21-21; 28-31; 38-52; 65- 67

Alinharam: Filipe Pereira, Bolon Sauné, Francisco Vieira (2), Marcelo Martins, João Clemêncio (6), André Occhialini (15), José Sá (9), Luís Sousa (4), João Limas (15), Pedro Santos (6) e Luís Folque (10).

Galitos 55 – PT Coimbra 65

Bom teste apesar da derrota
Após a vitória frente ao CAA Salesianos, a equipa do Galitos defrontou a PT Coimbra tendo em vista a sua preparação para o campeonato que se avizinha. Após uma atribulada semana de treinos, onde fomos assolados por uma série de lesões, a equipa reagiu bem e fez um excelente treino na passada sexta-feira onde conseguiu assimilar o que lhe havia sido pedido.
No 1º período onde ficámos um pouco receosos pela maior estatura do adversário, acabámos por pecar em certos pormenores de entre-ajuda o que ditou um resultado desfavorável de l 7-19.
No 2º período reagimos bem, corrigimos certos pormenores e realizámos boas jogadas faltando apenas algum acerto na finalização.
Após um intervalo retemperador e mais algumas correcções, tivemos no 3º período um claro ascendente que se traduziu em pontos e em belíssimas jogadas deixando os nossos atletas deveras entusiasmados, reflectindo-se num maior apoio vindo do banco.
No derradeiro período, conseguimos encostar ficando a apenas dois pontos do adversário, que tremeu. Contudo, após duas más decisões ofensivas ficámos mais uma vez distanciados ditando um resultado final de 55-65.
Não sendo o resultado o mais importante, ficaram as boas assimilações e pequenos pormenores para corrigir, sobretudo na defesa, tendo em vista um bom campeonato que começa já no próximo fim de semana frente à Ovarense.
Agora é continuar o bom trabalho, treinar com entusiasmo, ganhar mais entrosamento e espírito de entre-ajuda e realizar uma excelente época!

Gonçalo Pacheco


Parciais: 07-19; 11-08; 21-17; 16-19.
Marcha: 07-19; 18-27; 39-46; 55-65.

Galitos: André Ferreira (4), João Almeida (1), João Silva (24), Mathew Moreira (12), Ricardo Mota (6), Vasco Quintino (3), Luis Seixo, Simão Ratola, Aníso Mané, Bernardo Casqueira (5), Gustavo Sardo.




Galitos 84 – FC Porto 99

Galitos perde contra FC Porto no seu 1º jogo de preparação
Este domingo de manhã a tradicionalmente forte equipa do FC Porto deslocou-se ao pavilhão do Galitos para a realização de um jogo de preparação.
Com uma entrada em jogo algo receosa, o Galitos cedo deixou a equipa do FC Porto ganhar alguma vantagem no marcador. No 1º período perdemos algumas bolas por precipitação e tivemos algumas dificuldades na recuperação defensiva. O FC Porto com um jogador de 1.90 dominou as tabelas neste período permitindo muitos pontos de contra ataque.
No 2º período fruto das correcções implementadas, a defesa campo inteiro foi mais eficaz recuperando muitas bolas e permitindo jogar em contra-ataque.
Ao intervalo a equipa saiu do balneário muito mais motivada devido á grande recuperação efectuada no 2º período e com uma excelente atitude entrou no 3º período com um parcial 14-7 igualando a partida, o FC Porto reagiu com a entrada dos seus jogadores mais influentes e equilibrou o jogo acabando a vencer novamente no fim deste período. No 4º período o Galitos mesmo com alguns jogadores a acusar algum cansaço voltou a equilibrar o jogo mas a maior homogeneidade do adversário permitiu que saísse deste jogo de preparação com a vitoria por 15 pontos.
Foi um jogo equilibrado a partir do 2º período que permitiu aferir da nossa evolução. Temos de continuar a trabalhar afincadamente como até aqui para continuarmos a evoluir.
O Campeonato regional aproxima-se.

Ricardo Brito

Parciais: 13-35; 30-15; 24-28; 17-21
Marcha: 13-35; 43-50; 67-78; 84-99

Alinharam: Luís Pina, Reynaldo, Hugo Verde (4), Henrique Romão (2), João Tavares, João Padilha (27), Dikilson (14), Jorge Anjos, João Daniel, Francisco Cacho (5) e Bruno Fartura (32).


“Não interessa se é mini ou senior, o treinador deve parar, intervir e corrigir”

Vaselin Matic

Galitos 53 – Sanjoanense 49

Galitos vence Sanjoanense e apura-se para a final do torneio do Illiabum

Com uma boa entrada em jogo o Galitos cedo consegue uma vantagem no marcador que no final do 1º período era de 9 pontos (13-4). Face às aparentes facilidades encontradas a equipa relaxou e desconcentrou-se, deixando de ser agressiva na defesa e no ressalto e perdendo várias bolas, em drible e por passe sem a intervenção da defesa adversária. A Sanjoanense aproveitou fazendo um parcial muito bom chegando ao intervalo a vencer por 7 pontos.
Na 2ª parte o Galitos voltou a concentrar-se aumentando novamente o ritmo de jogo e rapidamente equilibrando a partida, perdendo por apenas dois pontos no final do 3º periodo.
No último parcial a toada do jogo manteve-se com o Galitos a ganhar uma vantagem de 7 pontos que geriu até final, vencendo de forma justa.
Apesar do equilíbrio verificado e das várias alternâncias no marcador o jogo não foi bem jogado valendo apenas pela emoção. Temos condições e devemos fazer mais, não podendo ter momentos de tanta desconcentração que, em jogos equilibrados, são decisivos no desfecho final.
João Cura
Parciais: 13-04; 11-27; 16-11; 13-07
Marcha: 13-04; 24-31; 40-42; 53-49


Alinharam: Filipe Pereira, Bolon Sauné (4), Francisco Vieira, Matthew Moreira (19), João Clemêncio (2), André Occhialini, José Sá (8), Luís Sousa, João Limas, Pedro Santos (7), Luís Folque (11) e Vasco Quintino (2).

Mais 2 semanas...

Depois de 2 semanas intensas na preparação da nova época a equipa sénior feminina efectuou dois jogos de preparação, com a equipa de juniores do Esgueira e com as seniores do Colégio de Calvão.

Galitos\AAUAv 37 – Esgueira 52
No 1º jogo o Galitos teve um mau inicio, notando-se algum nervosismo e falta de entendimento levando a que o adversário se começasse a distanciar. O Esgueira com um ritmo forte e físico terminou a 1ª parte a vencer por 11 pontos.
Na 2ª parte o Galitos voltou mais forte e acertou nas marcações começando a dominar as duas tabelas conseguindo a chegar a apenas 5 pontos de desvantagem, mas o cansaço acumulado fez com que o Esgueira fugisse novamente no marcador e ganhasse por 37-52.

Parciais: 11-16; 06-12; 12-12; 08-12.
Marcha: 11-16; 17-28; 29-40; 37-52

Alinharam: Stephanie (4), Mariana (2), Vanessa (10), Soraia (10), Catarina, Andreia (11), Sofia.

Galitos\AAUAv 29 – Colégio de Calvão 56
No 2º jogo de preparação o Galitos recebeu e perdeu frente a uma forte equipa, que irá participar numa divisão superior.
A elevada estatura da esquipa adversária fez-se sentir na 1ª parte, não dando grandes hipóteses, perdendo por completo a luta das tabelas. Falta de agressividade e de clarividência fez com que o Calvão fosse para o intervalo com um vantagem de 29 pontos.
Na 2ª parte tudo foi diferente, mais acerto nas marcações, muita agressividade e confiança na hora do lançamentos, fez com que o Galitos reduzisse a desvantagem, vencendo o 3º período por 2 pontos e empatando o 4º.
De louvar a atitude na 2ª parte que acabou por ser bom teste frente a uma forte equipa. Entrada Entrar em jogo de forma mais concentrada é um dos aspectos que o Galitos tem de melhorar .

Parciais: 04-17; 05-21; 10-08; 10-10.
Marcha: 04-17; 09-38; 19-46; 29-56.

Alinharam: Stephanie (2), Mariana (2), Soraia (10), Vanessa (2), Andreia (9), Sofia (2), Maria (2) e Irina.

De realçar que apesar das derrotas, os jogos serviram para entrosar as atletas que jogam pela primeira vez juntas e que os resultados pouco ou nada interessam, apesar do Galitos ainda ter muito para trabalhar de forma a fazer um campeonato tranquilo.

Bruno Monteiro

Voltamos a colocar vídeos técnicos.
Este é um vídeo com trabalho técnico de drible, que nos apresenta um exercício onde são exercitados vários pormenores técnicos a melhorar.
Pode ser utilizado pelos atletas no seu trabalho individual ou pelos treinadores, incluído numa sessão de treino.
Bom trabalho


“Devemos defender de forma que o ataque faça o que nós pretendemos. Sergio Valdeomillos

Inicio das actividades
É com muito prazer que temos o gosto de informar que o "MINIGALITOS" está de volta!
Com o regresso às aulas, iniciou-se também mais uma época para o Minigalitos que já contou com a presença de cerca de 30 crianças.
Mais uma vez vamos tentar, criar condições para que o Galitos possa continuar a ser uma referência neste escalão.
Para que tudo isto seja possível contamos com a ajuda e participação activa de todos os encarregados de educação, assim como de todos os monitores e dirigentes que estarão mais ligados a este projecto de formação.
Aproveitamos a oportunidade, para informar que na próxima quarta-feira dia 24 de Setembro, se realizará pelas 18.15hrs a primeira reunião com os encarregados de educação das crianças dos minigalitos.
Contamos com o apoio de todos!
Paulo Quina


Salesianos 36 – Galitos 48

A equipa do Galitos teve este domingo o seu primeiro jogo-treino, visitando o CAA Salesianos. A tarde começou com a reunião dos jogadores no clube dos Galitos, mas depressa se iniciou a viagem para o Porto que foi repleta de boa disposição e entusiasmo, devido ao facto de voltar a competir.

Chegando aos Salesianos começou então o jogo. O início foi muito fechado com ambas as equipas a revelarem muita agressividade e logo empenhadas na defesa, isso explica o marcador, que aos três minutos de jogo apresentava 1-0 para o Galitos.

O 1º período acabou com o Galitos a perder (17-8) mas sem nunca desistir, isso levou a uma reviravolta no jogo durante o 2º período uma vez que os Salesianos ficaram sem marcar até bem perto do final desse mesmo período (18-2), o que fez com que o Galitos ganhasse alguma vantagem que foi mantida e aumentada até ao final do jogo.

Relativamente ao ritmo de jogo, ao contrário do que seria de esperar, pois a elevada agressividade levou a uma grande rotatividade, revelou-se, desde o início até ao fim muito intenso com diversas faltas, poucos pontos e alguns momentos de tensão para ambos os lados.

Por fim, no que toca à prestação dos intervenientes da partida, os Salesianos demonstraram ser extremamente agressivos e eficientes nos bloqueios e ressaltos, quanto aos jogadores do Galitos por sua vez tiveram momentos de bom nível mas também perderam várias bolas sem lançamento, provocados por alguma ansiedade, que poderiam ser evitados. De uma maneira geral foi um bom jogo, intenso e agressivo, importante na nossa preparação. Também igualmente importante na nossa preparação, mas neste caso para a viagem, foi o lanche servido no bar do Salesianos, pois levou a um ambiente de descontracção muito importante para deixar para trás o nervosismo e ansiedade acumulados no jogo, dando assim à viagem de regresso a boa disposição que caracterizou o início da tarde.

André Ferreira

Parciais: 17-08; 04-18; 08-08; 08-14.

Marcha: 17-08; 19-26; 28-34; 36-48.


Alinharam: André Santos (14), João Almeida (2), João Silva (9), Gonçalo Pacheco (9), Ricardo Mota (4), André Ferreira (4), Luís Seixo, Simão Ratola (4), Anísio Mané, Bernardo Casqueira (4).

A nova equipa de seniores femininas do Clube dos Galitos iniciou os trabalhos na passada semana, apesar de ainda faltarem alguns elementos. Os treinos têm corrido bem, com bastante empenho e vontade de treinar.Esta semana espera-se a integração de mais atletas, culminando o trabalho com 1º jogo treino - Domingo às 16h com as Juniores do Esgueira.



“A bola é a tua 2ª namorada” Jesus Mulero

Galitos – Basket Vila Real


Primeiro jogo ao fim de 10 de treinos

A equipa do Galitos, dando continuidade à sua preparação, realizou o 1º jogo treino, recebendo e vencendo a equipa do Basket Clube de Vila Real.

Os Galináceos entraram no jogo algo desconcentrados, tanto a atacar como a defender, falhando alguns cestos fáceis e não sendo agressivos na defesa. Só a partir de meio do 1º quarto é que a equipa começou a colocar em prática aquilo que vem treinando – ser agressiva na defesa e sair rápido para o contra-ataque.

Fruto desta melhoria na forma de abordar o jogo a equipa já vencia ao intervalo por cerca de 20 pontos.

Na 2ª parte, o ritmo de jogo aumentou uma vez que o Galitos melhorou claramente a sua defesa e a saída para o contra-ataque passou a ser mais eficaz com o resultado a dilatar-se até final do encontro.

Para 1º jogo não foi mal, no entanto é necessário melhorar ainda muitos aspectos, tanto defensiva como ofensivamente, de forma a tornarmo-nos mais consistentes como equipa.

João Cura

Parciais: 25-15; 29-13; 33-08; 31-17

Marcha: 25-15; 54-28; 87-36; 118-53


Alinharam: Filipe Pereira (2), Bolon Sauné (10), Pedro Figueiredo (2), Matthew Moreira (14), João Clemêncio (13), Francisco Vieira (2), José Sá (20), Luís Sousa (6), Marcelo Martins (11), Pedro Santos (8), Luís Folque (11) e Vasco Quintino (17).




Depois do início de todas as equipas é a vez de começar a actividade do MINIGALITOS.
Nesta quarta, dia 17, às 18h tem inicio a actividade dos mais novos. Os treinos irão decorrer às quartas e sábados.


Quarta – 18h às 19h
Sábado – 10h às 11h15


Com a grande novidade do ressurgimento do basquetebol feminino no Clube, quase trinta anos depois do seu desaparecimento. O Galitos vai apresentar três equipas femininas: Seniores, Cadetes e Iniciados, com a equipa de Seniores a concretizar-se através de uma parceria com a Associação Académica da Universidade de Aveiro. Relembre-se que o Galitos foi pioneiro no basquetebol feminino a nível nacional, disputando o 1º campeonato nacional com o Belenenses na década de cinquenta.
As Cadetes e as Iniciadas têm aparecido em número assinalável dando para já garantias que a aposta da Secção de Basquetebol do Clube neste sector é para continuar.


“A virtude de um jogador que joga do lado contrario da bola é a PACIENCIA!

Luis Casimiro

No passado fim-de-semana realizam-se os dois primeiros jogos de preparação da temporada no pavilhão do Galitos.
No sábado, os seniores masculinos receberam e perderam com o Maia, equipa que participa na Proliga.
No domingo, os cadetes A masculinos venceram o Basket Clube de Vila Real de forma folgada.

Com Motivação, foi assim que vi a equipa entrar nesta nova época onde o que se espera, não será certamente… facilidades. Todos estão conscientes do trabalho árduo que teremos de realizar para atingir os objectivos definidos pelo grupo, mas com humildade e confiança no trabalho colectivo as dificuldades serão com certeza menores.
Ora, falando em termos concretos, os jogadores empenharam-se em compreender e interiorizar as novas propostas, viu-se algumas falhas o que é perfeitamente natural para um grupo que ainda se está a tentar entrosar, mas á medida que se ia aprofundando os papéis de cada um tudo se foi tornando mais fácil e todos conseguiram incorporar-se da melhor forma possível.
Outro novo conceito que foi interiorizado foi o da flexibilidade e relaxamento no final dos treinos e em 3 anos que estou nos Galitos tal conceito não foi aplicado em anos anteriores, acho que é de louvar pois todos sabemos os benefícios da flexibilidade, no antes e no depois de uma actividade física intensa.
Neste ano, apareceu mais um conceito, o do reforço e preocupação pelo físico.
Em quase todos os treinos foi-nos proposto exercícios de reforço muscular, sendo muito benéfico para todos os elementos da equipa que ficam assim preparados para todos os esforços que as situações de jogo exijam.
Mais uma novidade foi o facto de todos os jogadores baterem palmas no final do treino congratulando-se entre si pelo bom trabalho realizado. Pessoalmente, achei um pouco estranho no início, mas compreendi essa necessidade de todos se sentirem unidos e de criarem um bom espírito de grupo. Em relação aos jogadores que vieram para o clube, integraram-se perfeitamente, todos nós colaboramos para que a sua adaptação ao clube e à equipa fosse rápida e se sentissem bem no clube que vão representar na presente época.
Agora que todos já estão mais integrados na equipa vamos continuar a trabalhar para conseguir melhorar o colectivo e conseguir bons resultados contra as equipas que vamos ter pela frente.
Temos uma equipa capaz, com vontade e equilibrada e que sabe o que quer, e que vai entrar, certamente, para ganhar os desafios que vão aparecendo no nosso caminho.

André Santos



“Para mim existem 3 traylers, o 1 é o mais importante para decidir a velocidade do contra ataque”

Vaselin Matic

Depois de todas as equipas estarem já em plena actividade, realizando diariamente a sua preparação no pavilhão do clube, surgem os primeiros jogos de preparação.
Assim no próximo fim-de-semana realizam-se dois jogos no pavilhão do Galitos. No sábado os seniores masculinos recebem o Maia às 18h e no domingo os cadetes A masculinos recebem o Basket Clube de Vilareal às 16h.
A preparação começa a intensificar-se tendo em vista o início das diversas competições, com as diferentes equipas a treinarem-se com afinco e com praticamente todos os seus elementos já integrados.

Encontram-se abertas as inscrições para o curso de árbitros e oficiais de mesa a realizar em Novembro/Dezembro. Os interessados deverão ter mais de 14 anos.
Captar novos juízes para a arbitragem é uma necessidade imperiosa para o desenvolvimento da modalidade.
Os interessados deverão contactar a Associação de basquetebol de Aveiro através do mail mailto:arbitros@abaveiro.pt ou por telefone através do número 234424655.


“O jogador deve jogar entre linhas, se eu não vejo a bola, a bola não me pode “ver”.

Luis Casimiro

O basquetebol do Galitos retomou o trabalho na semana passada, tendo-se iniciado os treinos de praticamente todas as equipas.
Os atletas compareceram em grande número, apesar de alguns ainda se encontraram para fora em férias, com grande entusiasmo e vontade de treinar.
As duas equipas de Iniciados Masculinos, as duas de Cadetes Masculinos e a Feminina e os Juniores B treinaram durante toda a semana.
Os Seniores Masculinos e os Juniores A começaram na quinta feira, as Seniores Femininas e as Iniciadas dão esta semana inicio ao trabalho e os Minis começam as suas actividades no dia 17 de Setembro.
Um arranque de época com muitas novidades e grande actividade.

Deixamos aqui os horários desta semana de trabalho.



“Não acredito em defesas conservadoras”

Sergio Valdeomillos

Comité Central da FIBA aprova alterações históricas nas Regras Genebra/Suíça e Pequim/China, 26 de Abril de 2008 - O Comité Central da Federação Internacional de Basquetebol (FIBA), seu organismo máximo, reuniu-se nos dias 25 e 26 de Abril para aprovar algumas modificações nas Regras Oficiais de Basquetebol, seguindo recomendações da Comissão Técnica da FIBA (um grupo de especialistas que lidam com as regras da modalidade). As decisões tomadas pelo Comité Central marcam a tentativa de unificação futura das diferentes regras existentes, visando uma regulamentação única para o basquetebol em todo o mundo. Confira-se abaixo o resumo de todas as alterações aprovadas, que inclui modificações históricas como a extensão da linha de três pontos (em vigor desde 1984) e a mudança no formato trapezoidal da área restritiva para rectangular (em vigor desde os anos 50).
.
Regras Oficiais de Basquetebol 2008:
Todas as alterações abaixo apresentadas entram em vigor a partir de 01 de Outubro de 2008, ou seja, após os Jogos Olímpicos de Pequim.
.
Art. 4.3 Equipamentos
Deixa de ser permitido o eventual uso de t-shirts por baixo da camisola oficial de jogo.
.
Art. 25.2.3 Jogador que cai no chão
É uma jogada legal quando um jogador, que segura a bola, cai e desliza no chão.
.
Art. 28.1.3 Bola passada para a zona de ataque
A bola passa para a zona de ataque de uma equipa quando, durante o drible da defesa para o ataque, ambos os pés do driblador e a bola estão em contacto com a zona de ataque.
.
Art. 30.1.2 Regresso da bola à zona de defesa
Não será mais violação se um jogador, saltando da sua zona de ataque, estabelecer uma nova posse de bola para sua equipa enquanto ainda estiver no ar e cair então na zona de defesa da sua equipa.
.
Art. 31 Interferência e intervenção ilegalSe um jogador tocar a bola, tendo passado a mão ou o braço através do cesto de baixo para cima, é uma intervenção ilegal (e não uma simples violação), com todas as consequências aplicáveis pela regra.
.
Art. 36.1.4 Falta antidesportivaSe um jogador defensor provocar contacto com um adversário por detrás ou lateralmente, numa tentativa de parar um contra?ataque e for o último defensor entre o atacante e o cesto, então o contacto deverá ser julgado como antidesportivo.
.
Art. 38.3.1 Falta técnicaUma falta técnica poderá ser sancionada contra um jogador por rotação excessiva dos seus cotovelos (sem que ocorra contacto).
.
Regras Oficiais de Basquetebol 2010:
As alterações abaixo mencionadas entrarão em efeito como segue:
Para competições de alto nível - Nível 1 - (principais competições oficiais da FIBA: Torneios Olímpicos, Campeonatos Mundiais Masculinos e Femininos, Campeonatos Mundiais Sub?19 e Sub?17 Masculinos e Femininos e Campeonatos Continentais Masculinos e Femininos): a partir de 01 de Outubro de 2010, isto é, após os Campeonatos Mundiais da FIBA em 2010. o Para as competições de nível médio - Nível 2 - (todas as demais competições oficiais da FIBA, bem como as competições de alto nível das federações nacionais): a partir de 01 de Outubro de 2012, ou seja, após os Jogos Olímpicos de Londres em 2012.
.
Art. 2.2.3 Linhas de lance-livre e áreas restritivasAs áreas restritivas serão áreas rectangulares marcadas no campo de jogo. A área restritiva (três segundos) deverá ser um rectângulo (não mais um trapézio)
.
Art.2.2.4 Área de três pontos
A distância da linha de três pontos será de 6,75 m (e não os actuais 6,25 m).
.
Art.2.2.6 Linhas para reposição lateralAs duas pequenas linhas deverão ser marcadas fora do campo, no lado oposto ao da mesa dos oficiais e das áreas de banco, com o seu bordo mais distante afastado 8,325 m do bordo interior da linha final; por outras palavras, alinhadas com o topo da linha de três pontos. Durante os últimos dois minutos do jogo e de período suplementar, a seguir a um desconto de tempo concedido à equipa que tenha o direito a uma reposição de bola na sua zona de defesa, a reposição de bola subsequente será realizada do lado oposto ao da mesa dos oficiais, da "linha de reposição lateral" e não, como agora, no prolongamento da linha central.
.
Art.2.2.7 Semicírculos de não cargaOs semicírculos nos quais não serão consideradas as cargas ofensivas deverão ser marcados no campo de jogo, sob os cestos, com o seu bordo interno a 1,25 m do ponto central do cesto (no piso). Uma falta ofensiva por carga nunca deverá ser assinalada caso o contacto do atacante ocorra com o defensor que permaneça dentro do semicírculo de não carga.
.
Art. 29 Vinte e quatro segundosSe a reposição for efectuada na zona de defesa, se determinado pelas regras respectivas, o aparelho de 24 segundos deverá ser retomado aos 24 segundos. Se a reposição for efectuada na zona de ataque, se determinado pelas regras respectivas, o aparelho de 24 segundos deverá ser retomado como se segue:
- Se o relógio mostra que faltam 14 segundos ou mais no momento em que o jogo é parado, o aparelho de 24 segundos não deverá ser mexido e permanecerá o mesmo tempo.
- Se restarem 13 segundos ou menos no aparelho de 24 segundos no momento em que o jogo é parado, o relógio deve ser ajustado para 14 segundos.


“Jogos grandes são ganhos nos ressaltos e nos lances livres”

Vaselin Matic


A equipa feminina Galitos\AAUAv, que resulta de uma parceria entre Clube dos Galitos e A Associação Académica da Universidade de Aveiro vai iniciar a preparação da época desportiva na próxima segunda-feira, dia 8 de Setembro.
Os horários da primeira semana de treinos é o seguinte

Dia 8 - 18h - Pavilhão Arestides Hall
Dia 9 - 21h.45 - Pavilhão do Galitos
Dia 10 - 20h - Pavilhão Arestides Hall
Dia 11 - 21h.45 - Pavilhão do Galitos

A todas as atletas interessadas, se tiverem alguma dúvida podem contactar, treinadores.galitos@gmail.com, ou basquetebol@aauav.pt.


“Generosidade! Tenho de trabalhar para o meu companheiro.

Luis Casimiro



A equipa de seniores masculinos inicia a sua preparação no dia 4 de Setembro, quinta-feira.

Neste primeiro dia a equipa reúne-se às 21h iniciando o treino às 21h45.



“Depois de converter um cesto não posso relaxar, devo logo começar a pensar na acção seguinte – a defesa.”
Sergio Valdeomillos

;;
Galitos Basquetebol - Original Posting Rounders 3 Column | Design: Douglas Bowman | Modification: Ricardo Brito/João Cura